O Ex-Gay

Antes de tudo o processo do segundo nascimento:  ARREPENDIMENTO REGENERAÇÃO 

O planeta está dividido entre pessoas mortas espiritualmente e não mortas espiritualmente. Corações transformados e corações não transformados. Pessoas [apenas] com o passageiro fôlego de vida e pessoas com este mesmo fôlego + o Espírito Santo 
(a marca dos Céus). As primeiras estão existindo, as do segundo grupo já VIVEM 
(já encontraram e tomaram posse do sangue imortal).

O homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura 1 Cor 2:14

O Arrependimento só acontece por meio de Eclesiastes 3:1. Por isso não adianta querer pular, só acontece no TEMPO DE DEUS. Quem não respeita isso vira um fanático religioso depois um herege como Lanna Holder (nesta atuação geração). Entrega ela & cia nas mãos de Deus, ok?!

Quem te convence do Plano Perfeito da Salvação de Deus, o Criador, é o Espírito dEle que paira pela Terra. 

Agora você pode continuar lendo :-D


Então... 

É um termo polêmico, mas pela praticidade vou considerá-lo. 




Eu sou formado em comunicação social. Sou o caçula de quatro irmãos. Além de mim, dois homens e uma mulher. Consegui me entender somente ao entrar no que vocês chamam de "vida madura". Na vida homossexual tive três namorados e um marido. A minha relação mais duradoura foi o casamento. Fui abusado pela primeira vez aos cinco anos. Estuprado entre os oito/nove e me assumi como gay aos 15 anos de idade. Antes destes atos não havia atração pelo mesmo sexo. Vivi cinco longos anos conhecendo tudo que eu tinha direito no mundo homossexual. Deixar de ser gay ERA UM SONHO. E DEUS era a minha única esperança. Graças a Ele eu não cresci no sistema religioso e opressor. O próprio me atraiu aos poucos, foi se apresentando até ganhar meu coração. Vi nEle a possibilidade de realizar o meu sonho. Será que fui agraciado? 
  
Continue lendo...

- Para ler somente a história pule os asteriscos (*) 







Tudo começou quando eu tinha cinco anos de idade. Esse menininho ai da foto. O parente que está ao meu lado foi quem me abusou. Essa foto caracteriza exatamente a fase do abuso. 


Esse parente convivia na mesma residência que eu. Fui usado como "brinquedo" para sexo oral. Eu, sinceramente, não sabia o que estava fazendo. Eu era apenas uma criança inocente. Como demonstra a foto um pouco tímido e isso sempre me deixou exposto a homens com "descontrole" sexual.


Isso foi a causa da minha homossexualidade? De grande parte. Eu penso em algumas possibilidades que podem, inclusive, juntas, terem construído a minha antiga personalidade gay.
  
Se você me perguntar se gays nascem biologicamente assim vou te responder que não. A própria ciência não tem comprovação empírica do caso. E espiritualmente, é possível? A Bíblia  diz que nascemos em pecado e em Tiago 3:10 é dito que a boca tem poder: "De uma mesma boca procede bênção e maldição. Meus irmãos, não convém que isto se faça assim". Preste atenção na palavra "maldição". Mas por que estou falando disso? Porque você vai saber quais palavras foram ditas antes do meu nascimento.   

A primeira possibilidade - "Premonições Erradas" 

É que antes de eu nascer, de acordo com relatos da minha família, meu pai faltava com educação para com o meu irmão mais velho. Ele era uma criança naturalmente meiga e, por isso, meu pai o apelidava de "viadinho", "gay", e o afirmava que deveria virar homem. 

O grande problema da história é que meu irmão não era gay. Nunca foi gay! Antes de casar, foi mulherengo até de mais. Essas palavras de maldição, porém, foram soltas dentro de casa. E por ali ficaram. Fui o último a nascer.  

Se as palavras têm realmente poder no mundo espiritual, as que meu pai soltou dentro de casa comprovam isso, já que ainda não haviam gays na família até o meu nascimento. 

Para piorar essa situação a minha mãe disse que quando estava grávida de mim, queria muito uma menina, para, então, ter dois casais de filhos. Ela até chegou a fazer mantas nessa esperança. Pior! Ela me revelou recentemente (em maio de 2013) que quando o médico disse que eu era um homem, ela o respondeu: "ah, eu queria uma menina". Ela disse que sempre se culpou por isso, após me assumir homossexual.



Putz... você leu bem o que ela falou mesmo depois de eu nascer? Isso não se faz! Parem com essas previsões e desejos, deixe a vida fluir naturalmente. Parem de querer decidir o sexo dos bebês no período de gestação. Vocês são os cuidadores, e não o Criador. Mostrem que são seres maduros com a frase abençoada "SEJA O QUE DEUS QUISER". Lembrem-se que as mulheres conseguem apenas com o psicológico até barrigão de grávida com produção de leite (gravidez psicológica). Imagine a influência que uma mãe tem numa vida em formação. 


É DISSO QUE ESTOU FALANDO: 

"Quem se deu bem mesmo com essa história foi a dona Eliane. Que finalmente conseguiu ter as duas filhas com que TANTO SONHOU". Tanto sonhou!

"Minha vida toda sempre pensei em ter filha mulher, nunca pensei em ter filho homem"




Quando descobrirem que vão ser papai e mamãe sejam humildes, ajoelhem-se e orem por arrependimento. Arrependimento e misericórdia por todas às vezes que caçoaram, sorriram de alguém por futilidade principalmente da adolescência. Isso não é uma prática religiosa, nem simpatia, é um ato de fé para que seu filho seja abençoado com muita saúde. 

* Cuidado com as palavrasprincipalmente na fase de construção de personalidade. 

Se seu filho ou filha é alvo de piadinhas (palavras de maldição) ensine-o a repreender todas essas palavras pelo poder que há no nome, no sangue e na carne do Senhor Jesus Cristo. 

A segunda possibilidade - Ausência de afetividade e presença paterna e excesso de ambas por parte da mãe 

Pouco não é suficiente e muito é de mais. Foi o que aconteceu. Os meus pais se separaram quando eu tinha uns dois anos de idade. Nunca tive a presença de um homem adulto dentro de casa. Convivi mais com minha mãe e irmã.

* Se você é pai ou mãe solteira não deixe de permitir vivências do sexo oposto com o seu filho. Sempre na medida certa. 


Outra possibilidade - Erotização Precoce 


O maior exemplo disso: o abuso que sofri. O Ministério da Educação propõe censuras à novelas, filmes e a todo conteúdo adulto inapropriado para menores porque, segundo estudos, influencia no desenvolvimento das crianças. Se cenas fortes contribuem para uma possível distorção na mente ainda em desenvolvimento, imagina então o ato em si, né verdade! 

Não havia como falar, aos cinco anos, que já fazia sexo oral em um homem e muito menos pedir ajuda. Eu realmente não entendia o que estava fazendo! Sabia, porém, que ninguém podia saber, porque ele fazia escondido. Apenas amadureci naquela prática.

Como já sabem, eu era pirralho enquanto meus irmãos adolescentes. Eles assistiam filmes pornôs e, claro, aprendi a ver aquilo também, escondido. Como eu já fazia sexo oral, nos filmes, era o que me atraia.  

* Ter feito sexo tão jovem com homem criou uma barreira instantânea em minha mente em relação as mulheres. Um bloqueio sentimental e sexual. Foi como se elas tivessem deixado de existir. 

* Acredito que apenas uma dessas coisas que aconteceram seria suficiente para me fazer gay. Contudo, por obra do destino todas aconteceram o que, com o tempo, me fariam até acreditar por momentos que seria impossível deixar de ser homossexual.

Em casa, os abusos não duraram muito tempo. Nem me recordo se foram muitas vezes, mas, desde então, já era uma criança homossexual.

Aos meus oito anos de idade (foto) um vizinho começou a praticar o mesmo comigo. Eu lembro que com ele foram muitas vezes. Lembro também que um dia ele me levou para uma caçamba abandonada e me colocou para fazer sexo oral nele. A esse ponto eu não só sabia o que estava fazendo, como gostava de fazer, já que foram várias vezes e eu aprendi a gostar. Ele era adolescente, uns 17 anos.

Em um desses encontros eu fui penetrado pela primeira vez. Não foi uma transa, foi apenas uma penetração, mas capaz de me fazer sangrar.

Cheguei em casa chorando. Minha mãe me perguntou o que tinha acontecido e eu menti. Disse a ela que tinha batido minha cabeça na parede. Fui correndo ao banheiro e foi onde confirmei que não era mais "virgem", como gay. Aos oito anos de idade, aqueles anéis do ânus, haviam sido rompidos. Não foi muito sangue, mas essa memória terrível é viva na minha cabeça. 



Passou essa fase. Também começou uma nova. Dessa vez com um coleguinha de escola. Na quinta-série, 11 anos (foto), e uma brincadeira chamada "casinha". Eu e ele, o de azul na imagem, que na época tinha 13 anos, aprendemos juntos a transar como gays. Eu sempre passivo. Já tinha computador na minha casa e fácil acesso a vídeos pornôs. Foram dois anos, vários encontros, e sexo à flor da pele com tão pouca idade.


Durante esse período me apaixonei por dois professores. Eu vivia me apaixonando! Não podia ver homens bonitos, com jeito de homens, que eu já fazia toda uma fantasia na minha mente. 

Um grande problema que aconteceu com tudo isso, foi que meus estudos foram por água abaixo. Por que? Porque só conseguia pensar em sexo. Eu só pensava em sexo oral, anal, em "apaixonar-se" por homens. Não ligava para estudar. Não digo que eu deixei de estudar, ou que reprovei. Não é isso, senão, jamais teria terminado a faculdade ainda jovem. Sempre fui esforçado - nos trabalhos não nas provas - e conseguia passar, mas não fixava conteúdo algum na mente. 

Após esses dois anos, já com quinze anos, eu me entendia, e me rotulava como gay. Só que fui um pouco ao extremo. Aproveitei uma viagem da minha mãe para me assumir na escola. No segundo ano do ensino médio. No colégio sempre fui mais chegado às meninas e sempre odiei futebol, porque nunca tiveram paciência para me ensinar. 

Eu passei a frequentar as aulas maquiado, sobrancelha feita, lentes de contato, roupas apertadinhas. Não era um travesti, mas um viadinho afeminado. Minha mãe ficou dois meses fora, e foi o período que frequentei as aulas assim. Todos ficaram surpresos, pois, até então, eu era um menino tímido, com jeito de gay, mas não falava nada disso para ninguém.

Minha mãe retornou. Eu parei com o "show" na escola. Parei só de passar lápis de olho, o restante das viadagens continuaram. Eu era viciado nelas.

Foi nessa idade que conheci um bar GLS que todos que moram aqui em meu estado vão no "começo de carreira". Xiii. Não prestou! 

Logo na primeira vez que fui, eu transei com um cara nas árvores. O bar funcionava mais de uma vez na semana, e, claro, eu não deixava de ir nunca. Lá o meu currículo de transas se tornou extenso. Sempre conhecia alguém e rolava. Não tinha pudor. Não tinha cuidado. Eu havia me tornado um pervertido sexual.




Os quinze anos foi realmente uma idade muito conturbada. Em um dia de discussão eu me assumi para minha mãe. Disse a ela que não gostava de mulheres, que tinha experimentado (mentira) e que não tinha gostado. Eu gostava de homens e não tinha como fugir dessa realidade. Não havia contado nada sobre o meu passado de criança. Claro! A reação dela? Chorou durante uns dois meses. Depois disse que me amava de qualquer jeito, pois sou filho, mas é evidente que ela não aceitou isso. Levou-me à psicóloga, mas saiu de lá com raiva. Motivo? A médica já nos atendeu falando assim, sobre mim, "esse ai é a bichinha!, não é doença mãezinha, é normal!". Por conta disso, minha mãe disse que a psicóloga era sapatão. Claro: fez eu sorrir bastante, Haha.








Como já deu para perceber minha vida sexual foi um caos. Talvez esta seja a parte mais pesada de tudo que você vai ler da minha vida. Acha que fazer sexo oral e anal quando criança me fez crescer um homossexual certinho? Não foi bem assim!

O sexo homossexual era a única coisa que ocupava inteiramente a minha mente. Quando criança, após os abusos. Após a primeira penetração. Tudo que eu podia e, às vezes, até o que eu não podia, colocava em meu ânus. Eram objetos de saciedade: latas de spray, refrigerante, desodorante, legumes e frutas como banana, pepino e tudo que tinha formato peniano. Eu lembro que, no banho, sempre me machucava com o rodo. Algumas vezes chegou a sangrar.

Quanto maior e mais grossa fosse a coisa, mais o desejo tomava conta de mim. Por vezes eu preferi não arriscar. 

Eu sei que neste momento você pode até rir lendo isso, porque parece mesmo engraçado, mas, por favor, caia na real, porque com certeza tem um monte de homens fazendo isso neste exato momento. E porque não dizer crianças né!

Além dessas loucuras, eu tinha outros desejos distorcidos. Eu me masturbava vestido de mulher. Ficava excitado ao vestir as roupas da minha mãe e irmã, colocava saltos e maquiagem no rosto. Às vezes nem chegava a me vestir, conseguia sentir excitação só de imaginar.

Também gostava de cheirar as cuecas dos meus irmãos. Às vezes raras que fui para casa do meu pai, cheirava os sapatos dele. O cheiro de homem, de pênis, era o vício da minha mente.

O meu desejo por pênis era tão grande e incontrolável que até meu pai eu conseguia desejar. Num dos poucos dias que dormi na casa dele coloquei minha mão por dentro da cueca dele na esperança que ele fosse fazer sexo comigo, mas, claro, ele retirou e fingiu que nada daquilo aconteceu. A barreira que havia entre a relação de pai e filho ficou ainda maior, e eu tenho vergonha disso até hoje.

Eu era um compulsivo, viciado, por sexo com homens. Isso até o fim da minha adolescência. Não porque queria, mas porque a vida havia me tornado.

* Coisas mais impensáveis chegaram a acontecer, mas prefiro não relatar, não vão te engrandecer em coisa alguma. Você que já viveu ou vive debaixo da compulsão sabe bem do que se trata. Os filmes pornôs são a escola.




Recapitulando: aos cinco eu não entendia o que fazia. Aos 11 já sabia. Aos 15 me entendia como gay e também aos 15, no finalzinho da idade, reconheci essas práticas e desejos como pecado. 

Como? Eu tinha uma amiga crente na escola. Ela não pegava no meu pé, mas me convidou algumas vezes para ir à igreja e eu aceitei o convite - nunca tive preconceito. Meus olhos foram abertos para vida cristã. No começo, ela falava de Deus e eu considerava um absurdo. Cheguei ao ponto de chamar o Deus da Bíblia de malvado e injusto, porque era a visão que eu tinha, e que a maioria tem antes de conhecê-lo. 

Eu comecei a ler a Bíblia sozinho e a essência do livro entrou dentro de mim. A princípio eu fiz o que todos fazem. Por esforços pessoais deixei de praticar os atos pecaminosos, joguei meus filmes pornôs fora e estava completamente disposto a mudar de vida aos quinze anos. Isso porque eu não aguentava mais tanto sexo e tantas paixões platônicas. Fiquei dois meses nessa, mas não aguentei. O desejo sexual falava muito mais alto do que Deus naquele período. 

* Foi apenas o momento do RECONHECIMENTO e não do ARREPENDIMENTO. O reconhecimento é a principal semente que o mal vai fazer de tudo [TUDO] t.u.d.o para matar, pois se ela crescer vai então gerar o arrependimento genuíno e logo logo a pessoa nasce de novo! 


🙌 💝

Não estava realmente na minha hora! Eu apenas conheci o Deus da Bíblia. Eu ia à igreja, mas ainda era gay. A minha esperança era a mudança. Eu perguntava para Deus o porquê eu tinha que ser homossexual. O porquê de as pessoas me ofenderem e, principalmente, o porquê de eu ser uma coisa que --> eu não gostava. 

E, num dia, em casa, abri a Bíblia procurando exatamente essas respostas. Eu estava indignado com Deus. Eu acredito fielmente que foi o Espírito Santo que a fez abrir em Eclesiastes 3:1. O que diz? O tempo de Deus. Há tempo para tudo debaixo do Céu

Este versículo entrou como uma espada afiada dentro de mim. Foi quando então falei e escrevi numa carta, que tenho até hoje, para Deus: 


"Pai, se isso é errado, me mostra na prática"
"Me mostra por que o comportamento gay é criticado" 
"Deus, me deixa viver a vida gay" 
"Me deixa ter namorados" 
"Me deixe casar por um período de dois anos!" 
(Pedi dois anos porque considerava tempo suficiente) 


Eu estava muito indignado com Deus porque ia à igreja mas ainda era gay. Os sentimentos e desejos continuavam ali. A Bíblia ainda não se fazia real em meu viver. 😢 

Eu, então, guardei aquele versículo fervorosamente dentro de mim. Quem disse que a parábola da semente tem que acontecer restritamente dentro de uma igreja? Homens? Puff!!! Fui viver, de fato, a minha história homossexual. E... "plin"!








Ainda nessa fase, já nos últimos meses dos quinze anos (é que faço aniversário bem no fim do ano). Ainda nessa fase eu tive o meu primeiro namorado. O conheci indo para o bar. Não no bar, mas no caminho. Ele era professor de Direito, tinha entre 30 e 35 anos e não se importou com a minha idade. Ele dizia já está acostumado com garotos mais novos. Ele me pediu em namoro. Como nunca havia namorado, aceitei. Curiosidade de saber como era. O problema é que o cara no dia do meu aniversário inventou de ir à minha casa. Fazer? levar um urso de presente.

Putz... Sinceramente! Eu não sei qual é pior. Assumir-se para família, ou levar o primeiro namorado. No meu caso, foi a segunda opção. Minha mãe me surpreendeu. Ela aceitou o cara numa boa. Claro: ele tinha carro, era professor, etc. A mãe fica preocupada né! Minha mãe e ele ficaram bem amigos, mas não durou muito tempo. Ele era "feio", não me agradava sexualmente e já não achava legal namorá-lo. O traí. Logo após terminamos pela internet.








Então meu novo namorado era o cara com o qual traí o ex. Eu fiquei pouquíssimo tempo com ele também. Por que? Cara... ele tinha uma energia muito pesada. Eu tinha medo ao ficar sozinho com ele. No fim do nosso relacionamento, ele desejou que eu morresse de Aids. Sobre a energia dele, eu não estava enganado. 








Ele tinha o mesmo nome que o meu, por isso, namorei com ele. Coisa de adolescente. Tinha tudo para dar um bom relacionamento na fase em que eu vivia, mas ele era hiper tímido, quase não falava, e parecia que não existia. Também não durou muito tempo.


Lembra que eu pedi para Deus, naquele momento de revolta no qual já descrevi, que ele me desse um marido por dois anos? Pois é, esse cara apareceu. 

Então! Lembra do bar? do parque? Marcamos um encontro nesse parque. O conheci pela internet, no Manhunt, uma rede social gay. Na primeira vez que nos vemos tivemos uma sintonia muito forte. Claro que, no primeiro dia, transamos ali mesmo.

Depois continuamos a nos falar pela internet. Em menos de um mês estávamos morando juntos. Como? Nem me pergunte, o cara era rápido, sabe aquelas pessoas hiperativas? Então! No primeiro mês de namoro, ele já quis morar junto, na verdade nem namoramos.

Tivemos inúmeras brigas, pois eu sou um cara muito tranquilo, manso, e realmente éramos caras distintos que dividíamos a mesma casa, uma mesma vida.

Me apaixonei? De mais! Lembra que eu pedi a Deus para experimentar uma verdadeira paixão entre dois homens? Foi com esse cara que aconteceu. Já havia me apaixonado inúmeras vezes platonicamente. Vivia em uma procura desesperada por alguém que gostasse de mim e que eu pudesse retribuir com o mesmo carinho. Finalmente havia encontrado.

Eu tinha encontrado mesmo. Eu fui louco pelo cara. Eu chorava por qualquer coisinha, adorava sair com ele, mostrar ele às pessoas, à minha família, adorava ter uma vida de gay casado com ele. Eu, no entanto, sabia que não era para sempre! Eu era obrigado a ouvir isso, da parte dele: "Eu te amo para sempre, eu te quero para sempre". 

Ele esperava que eu dissesse o mesmo, e claro, eu não o decepcionava, mas dentro da minha mente, eu falava, "não será para sempre, repreende isso Deus". Haha! Doideira lembrar disso, mas era assim que acontecia. É porque eu amo muito Deus, chega dói, a ponto de não existir ninguém capaz de diminuir esse amor.






Essa tão temida doença anda lado a lado com o mundo gay. Lembro até hoje cada expectativa ruim que eu sofria por esperar os resultados dos exames. O primeiro? Nossa! Era quase certeza que tinha alguma coisa, fiz com uns 17 anos, e já havia transado várias vezes sem camisinha, principalmente no sexo oral.

Mas o que tem isso a ver com o marido? Então. Nós nos juntamos sem namorar como vocês já sabem. Eu não sabia muito da vida dele, nem ele da minha, mas por paixão nem duvidávamos de nada. Já tínhamos transado inúmeras vezes sem camisinha. Depois de um tempo, que já estava mais racional que emotivo, fiquei encucado. Perguntei a ele quando havia feito exame pela última vez, e a resposta foi: "Nunca fiz exame".

Putz... Fiquei desesperado! Já havia feito de tudo com um cara que nunca fez exame de Aids antes. Sabe quando o semblante da face cai?! Putz... O cara é bonito, safado, e ai! Um gay que nunca fez exame de HIV com quase 25 anos de idade é uma situação um tanto desagradável. Na verdade: terrível!!!

Consegui que ele fizesse! O resultado? Positivo! Reagente. 

E ai? E agora?

Já estávamos juntos há pouco mais de um ano quando ficamos sabendo que ele tinha HIV. E ai?

A princípio eu iria terminar com tudo! O cara tinha ferrado minha vida, destruído, como pude entregar o bem de mais valioso que tinha, a minha própria vida, para um cara que já havia "fodido" com inúmeros caras e sem fazer exame? O rostinho lindo! Esse foi o grande problema. Apaixonei primeiro pela beleza, depois pela pessoa.

E foi exatamente por paixão que resolvi continuar. Falei a ele: "a gente passa a transar com camisinha e vamos ver no que dá".

Até aqui a história tá bonitinha né, mas calma! Ai vem a parte dramática. De fato nunca mais transamos sem camisinha. Na mente dele, porém, eu tinha que me aceitar, pois já estávamos há muito tempo juntos, transando sem camisinha, o que eu poderia fazer? Aceitar tal situação.

Ele disse que eu tinha que me conformar, pois eu teria que perdoá-lo e viver como ele, um portador do vírus HIV. No mesmo momento eu respondi: "TÁ REPREEEEEEEENDIDO EM NOME DE JESUS. EU NÃO TENHO E NUNCA VOU TER ISSO, EM NOME DE JESUS!!!" 

Foi algo espontâneo que falei. Um êxtase de fé! Mas, e o exame? Eu tinha que fazer né! O mais rápido possível, para, então, "começar o tal tratamento", como ele. 

Foi o pior de todos. Foi uma agonia terrível para fazê-lo, mas, enfim, tive que ir. Na situação em que estava, o resultado saia na hora, é feito com um aparelho que tem duas tarjas. Elas ficam vermelhas depois de colocar o sangue lá. Mas uma fica vermelha se o resultado for negativo, e as duas ficam vermelhas se o resultado for positivo.

O pior é que a primeira tarja fica vermelha de qualquer forma, a grande expectativa está na segunda! Passou pela primeira... Muito FOD# Cara! Só de lembrar...

Na minha mente, dentro de mim, eu não falava, eu gritava para Deus não deixar aquele exame dar positivo. A aflição foi terrível. Eu sabia que já tinha feito muita coisa errada, que estava vivendo uma vida errada, mas que Ele sabia que eu iria mudar, porque não aceitava aquela vida. Acho que Ele ouviu meus gritos na mente, viu? Quer dizer, Ele ouviu, com toda certeza!

Uhuu!!! Não teve segunda tarjinha. O resultado deu negativo! Não reagente. Glórias ao único Deus 👆👆👆 Ufa... (Posso garantir: uma das melhores coisas da vida).

Caraaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa foi um dia muito marcante na minha vida. Eu tive a certeza de que Deus existia mesmo, e que além de existir Ele me livrou de uma doença terrível. Nossa! Desde aquele dia eu me apaixonei mais ainda por Deus. Ele se tornou vivo, real e querido. Passei a ter uma relação como pessoa com Ele. Deixou de ser uma imagem religiosa. 

E o marido? Minha personalidade é de uma pessoa pacífica. Apesar de tudo, eu não consegui terminar com ele, pois eu ainda estava apaixonado. Eu o perdoei pelo que fez, mas nunca mais transamos sem camisinha. Na cabeça dele era o fim. Era um motivo muito grande para nós terminarmos, pois ele tinha HIV e eu não. Pense que situação!

Ele passou a me paparicar de mais e se mostrava completamente louco por mim. Até porque eu o respeitava mesmo com aquilo. Tenho certeza que ele se perguntava: "será que outra pessoa irá viver comigo tendo isso?" Enfim... E por que terminamos?

Bem. Num belo dia, depois dessas situações nem um pouco agradáveis, ele resolveu viajar com umas amigas. Eu nunca fui muito ciumento, deixava a pessoa valorizar o caráter e sentir-se livre. Ele ficou uma semana nessa viagem, nos falávamos pela net, depois ele voltou.

O problema é que alguns meses depois da viagem, encontrei um SMS enviado pelo celular dele, escancarado! O SMS estava salvo no chip. Sabe, era tipo assim: "vem para cá, me comer todinho, para gente gozar bem gostoso". Foi nesse nível. 

Foi o fim para mim né! Aceitei um cara com HIV e simplesmente isso não valia nada. Além de eu aceitar um cara com isso, eu tinha que aceitar também uma traição, pense!

Não falei no mesmo dia que vi, falei uns três meses depois, quando, de fato, nos separamos. O que eu fiz? descontei! O traí. E fiz isso para que ele soubesse. Cheguei em casa muito depois do meu horário de sempre. Ele sacou na hora, e claro, eu assumi, e ele também! Disse que tinha feito mesmo, que tinha mandado a mensagem mesmo, e, então, por mais difícil que tenha sido, por mais dolorido, terminamos.

Lembra que eu pedi dois anos para Deus? Pois é, só não durou porque eu não quis. Foi um ano e oito meses. Faltava muito pouco para os dois. Só que eu mesmo falei para Deus: "Pai, eu não aguento mais! Eu não quero mais os dois anos, está suficiente".

Essa relação... Não acho que foi ruim, foi necessária, foi exatamente o que pedi para Deus. Ele não ama o pecado, mas sim o pecador. Ele é capaz de tudo por você. Viu? Ele me deixou viver como gay! Poderia ter tirado a minha vida naquela fase, mas não tirou. Eu vi muitos conhecidos entrando na sepultura com suas mentes gays. Eles se foram levando na bagagem o que o Criador diz que o aborrece. Ele me deixou viver como gay! Não tirou a minha vida naquela fase, pois Ele sabia quem era eu por dentro, meus reais anseios como ser humano. Como criação dEle!

* Cheguei a fazer outros exames. Esperei um ano passar para ter certeza. O certo é não duvidar, mas somos humanos e sempre temos uma pulguinha atrás da orelha. De fato, foi um milagre, nenhum dos outros exames deu positivo. Aleluia!!! 




Após o casamento, como eu ainda não havia nascido de novo, continuei no mundão. Ia à festas todos os finais de semana, transava com muitos caras, e, de novo, a procura de um "par romântico". 

Eu sabia, no entanto, que o marido havia sido o último, porque foi do jeito que eu tinha conversado com Deus, mas eu ainda tinha uma mente/coração gay (o que não tenho hoje 🙌) e achava que ainda ia encontrar um cara especial. 

No ápice do cansaço emocional comecei a fumar muita maconha. Todo dia em casa eu tinha que fumar. 

Comecei a fazer algo diferente, sozinho e com "brinquedos". 


E então já não estava mais me importando tanto com homens. Foram duras emoções! 

Obs.: Trata-se de uma experiência pessoal e não de sugestão. 





É importante lembrar que durante todo esse processo em minha vida eu estava aguardando as respostas das perguntas que tinha feito a Deus, lá nos 15 anos. E, também, eu sempre orava pedindo que Ele me transformasse, que me tirasse daquela vida, pois eu não aceitava aquilo. 

Eu também pedia aos crentes que eu conhecia que orassem por mim. Até que um dia, ainda nessa fase que fumava maconha, eu simplesmente acordei diferente. Quer dizer, muito diferente: outra pessoa! O que quero dizer é que algo aconteceu no mundo espiritual que me fez acordar com outra mente/coração. 

A primeira coisa que eu falei quando acordei foi: "o que estou fazendo com a minha vida!" E, de repente, eu caí na real e percebi que havia  acordado ex-gay! Haha! Muita loucura falar isso, mas foi assim mesmo. Eu sei que você precisa de muita fé para acreditar nisso, mas quem convence não sou eu, mas o Espírito Santo.

Do mesmo jeito que você está lendo, foi como aconteceu: de forma inesperada! Eu sempre quis, mas nunca passou pela minha cabeça o dia, a hora, o momento. 

Essa experiência aconteceu numa semana de trabalho. Lembro que não conseguia me conter de tanta felicidade. O sorriso no meu rosto era estampado. Apesar da cara inchada, eu estava radiante! Sim, eu estava parecendo um louco, falando sozinho, perguntando: como, como, como!? É incrível! haha! Eu posso garantir, foi o melhor dia de minha existência.


Eu de fato vivi o que está escrito na Bíblia: eu NASCI DE NOVO!

Surgiu uma NOVA CRIATURA. Meu espírito foi vivificado naquele dia. É notório: você sente que ele destravou. Chorar é nossa primeira reação no nascimento natural. E por incrível que pareça também no espiritual. Choro sem motivo! Sem explicação! Eu chorei por quatro noites seguidas. Era só chegar em casa que chorava. Havia uma atmosfera gloriosa que ativava o choro. É 
o contato sobrenatural com o Criador. A Bíblia, pela primeira vez, se fez real em meu viver. E eu posso garantir para você, eu sou testemunha fiel de que Deus existe, de que a Bíblia é sobrenatural. Negar isso é negar a você um direito que a Bíblia garante a todos. Ela só nos faz esta proposta: acredita em mim? Quem tem fé vai com tudo e sempre se dá bem.

Graças a Deus naquela manhã eu não conseguia mais admitir que o meu corpo seria defraudado novamente. Aquele desejo homossexual que dominava a minha vida deixou de existir como mágica. E o melhor de tudo: não foi exorcismo em igreja. Não foi jejum, rituais religiosos. Nem padre, nem pastor, nem rabino. A Glória foi e é toda do Pai. Foi em minha casa, no meu quarto, na minha mais íntima existência. 

Não tinha mais vontade de transar com homens, de me apaixonar por eles. A atração havia desaparecido. A atração homossexual desapareceu! Era meu sonho se tornando realidade. Era a Bíblia se mostrando como um livro espiritual. Uma absurda e transbordante doideira! 



Naquele dia, acordei com uma vontade sobrenatural de ler a Bíblia. Vontade muito prazerosa! Eu li o Novo Testamento todo em uma semana. Conseguia ler livros gigantes em uma única madrugada. Eu chorava feito uma criança ao ler o Livro Sagrado. Chorava, chorava, chorava. Ufa... Foi como se estivesse lavando minha alma.  

Quando você nasce de novo é inerente: o choro sem motivo. Sem motivo e sem explicação mesmo! Se alguém pergunta: por que choras? A resposta é: não sei! Não sei e não consigo parar! Lágrimas que fluem naturalmente do mais íntimo de nosso ser. Além do surgimento de uma vontade gigantesca de amá-lo, de servi-lo, de viver para Deus. É o encontro da criatura com o Criador. O Nascer de Novo não é e nunca será uma experiência superficial. Um simples: "aceitei Jesus", "batizei-me na água". Não é ensinado! O Nascer de Novo é um DOM dado por Deus. Ele destrava seu espírito e a carne é derrotada. Quem você era na carne não existe mais. Esse alguém que você era na carne começa a morrer durante o crescimento espiritual da nova criatura que surgiu. Você sente o seu antigo eu morrendo, mesmo você estando vivo. A Nova Criatura era quem a carne sufocava. A Nova Criatura é de outro mundo não deste. Por isso a Bíblia usa o termo: "peregrinos na terra dos viventes". Hebreus 11:13  

* Você nasceu para isso: para nascer de novo. Se assuma pecador. Entenda que esta natureza carnal não agrada a Deus e que para deixar de pecar é necessário nascer de novo. Só assim você será como Ele quer. Não se martirize, não se culpe por ser quem você é na carne. É óbvio que Ele sabe das suas fraquezas. É por meio delas que Ele se revela a nós! Apenas seja simples, humilde, reconheça a soberania dEle e tudo que Ele diz e deixou escrito. Ele só quer isso de nós! Seja sincero: "Pow Deus, eu já reconheci que sou pecador. Agora estou esperando o Nascer de Novo". Guarde como ouro essa esperança no coração! Enquanto você estiver na carne você vai viver pecando. Depois que seu espírito destravar vai saber como Cristo andava sem viver pecando. Eu te garanto!

Pessoas conhecidas que nasceram de novo que você pode acompanhar: Sarah Sheeva, Rodolfo Abrantes, Chris Durán e Mylla Karvalho. Claro que há muitos outros, estes são só exemplos que eu já tive um sentimento espiritual.  

Gente... foi tão séria essa questão do choro que um dia pedi para minha mãe dormir comigo. Ela não é crente e sem entender aquilo, sem entender o fenômeno incrível do nascer de novo, pediu para minha irmã parar de falar de Apocalipse para mim. Haha! Foi inesquecível aquela semana de maio. 

* Deus havia respondido todas as minhas perguntas do passado, me deixando viver como gay. No meu coração estava escrito que eu odiava aquela vida.  

Como toda história com Deus também tem um louvor que marcou este momento em minha vida. Conquistando o Impossível de Jamily. Muitas vezes eu ouvi esta música sob o efeito da maconha, nem imaginava o que estava por vir. 

Minha carne era exclusivamente homossexual. As mulheres não faziam diferença alguma. Para minha carne era impossível deixar de ser gay. O milagre, foi ter conquistado, por meio da fé, o que para minha carne era impossível como canta Jamily: 





Certo dia, ainda durante toda esta experiência, não havia ninguém em casa. Aproveitei para queimar os "presentinhos do mal". 

Só para você tentar entender o quão sobrenatural que foi, lembra do meu parente que me molestou? Então, no mesmo dia em que eu estava queimando as coisas, ele apareceu do nada aqui em casa. Sim, parece que foi um encontro marcado por Deus, mas marcado para quê? Para o perdão! 

Eu nunca havia falado a esse parente que lembrava do que ele havia feito comigo, mas naquele dia em que estava cheio do Espírito fui levado a pedir perdão e conceder perdão. 

Ainda bem que o Espírito me deu coragem, ousadia, pois sem Ele jamais faria isso. O meu parente foi embora IMPACTADO, mas, no fundo, contente por saber que eu havia me libertado de algo que ele sempre se culpou. O perdão, naquele dia, nos libertou das memórias ruins e culpas resultantes dos abusos.

Hoje consigo conviver com ele numa boa. Numa atmosfera de alegria. Quando nos vemos, nos abraçamos. Zero por cento de culpa, de raiva, de rancor. 




Depois de arrependido, regenerado, veio as manifestações públicas da minha vida no invisível com Deus. O primeiro ato de todos, e simples: o batismo nas águas. 

O que me despojou da imundícia da carne foi o novo nascimento espiritual. Quando Ele recriou o meu espírito. Quando Ele trocou o meu coração. O batismo nas águas como está escrito é apenas: a indagação de uma boa consciência para com Deus.

"Que também, como uma verdadeira figura, agora vos salva, o batismo, não do despojamento da imundícia da carne, mas da indagação de uma boa consciência para com Deus, pela ressurreição de Jesus Cristo" 1 Pedro 3:21





Nascer de novo a melhor experiência sem sombra de dúvidas. No entanto, nascer de novo sem os efeitos especiais de um cidadão dos Céus não teria graça hehehe. Que delícia 🔥🔥 O mal tentou confundir minha mente de tal forma que até uma Bíblia de "estudos" quase sequelou minha mente sobre os dons. Mas maior que as mentiras é o que está escrito: "Ele vos guiará em toda a verdade" João 16:13. 

Em 2015 meu espírito regenerado conheceu o poder de Deus em mim. Já havia sentido o poder de Deus por meio de outras pessoas, mas em mim não havia se mostrado ainda. Como eu sabia que era real nos outros, óbvio que eu não sou diferente de ninguém. De novo e insistentemente na porta de Deus: "Pai se isso é verdade, eu quero, eu quero, eu quero". Mais uma vez a espera! Mais uma vez a fé mostrando o que ela realmente queria!

Tudo pra Deus tem seu tempo e lugar determinado. Na primeira igrejinha que eu congreguei era muito comum os dons. No entanto, não acontecia o meu batismo de fogo de jeito nenhum. Na segunda igreja eu experimentei a delícia que é essa loucura invisível.

Eu fui com um amigo meu nessa igreja que frequento até hoje. A pregação era sobre o dom de línguas, o batismo de fogo, UHUU. Amei, claro! E então pude me expor quando a pergunta foi: "há alguém aqui que ainda não fala em línguas, que não foi batizado?" Em segundos estava eu lá na frente. O pastor por meio da imposição de mãos ativou o batismo de fogo em mim e falei em línguas e fui literalmente energizado. UAUUUUUUUU! Uma energia poderosíssima do Reino. Meu Deus... que delícia, que perfeito! No meio das línguas e dos gemidos inexprimíveis eu gritava DEUS EU TE AMO, DEUS EU TE AMO. Bemmm alto, sem nenhuma timidez, vergonha, mas com total autoridade espiritual que acabava de explodir em mim. 

Os ossos tremiam, os olhos choravam, a carne ficava bamba, eu sentia como se fosse uma dor no interior do meu interior mas era uma dor que não me machucava, tudo se contraia... era a chapação do Espírito que acabava de conhecer. Desde então essa congregação chamada Verbo da Vida que, no momento, alimenta muito o meu espírito, tem sido meu posto de gasolina espiritual. Yes!!! 

Todas as vezes que o Espírito Santo se move no meio destes meus irmãos não há como permanecer o mesmo. A cada exposição a esses poderes: mais forte, mais edificado, mais firme, mais FILHO. É muito perfeito e a cara do DEUS PODEROSO mesmo. Mais apaixonado, mais extasiado. C.O.M.P.L.E.T.O espiritualmente. O dom de línguas e essa energia ativada durante o mover (e que se mantém depois) é o que nos faz suportar, quando voltamos à realidade do mundo: piadinhas, a ignorância da carne quanto aos assuntos espirituais. E tudo, tudo, se torna mais fácil. Claro que apenas exposições não adiantam (é viciante hehehe) temos que nos disciplinar para CRESCER

Eu, no entanto, entendo que tudo que aconteceu na minha vida carnal era apenas para corroborar para a honra e glória do nosso Senhor Jesus Cristo que vive para sempre. Este mesmo Senhor Jesus Cristo vai dar aos que creram na Palavra da Ressurreição a coroa da vida eterna e poderão ser eternos e imortais como Deus. Que glorioso!!!

A intenção dEle é que ao entrar na sepultura você entre com esta nova natureza. Não a de nascença. Porque ao entrar na sepultura, e após a ressurreição, esta é a [ marca ] dos herdeiros da eternidade e moradores do Reino. Ter tido o espírito destravado (vivificado). Porque nasceu de novo na terra dos viventes. Deus: "Pai dos espíritos!" Hebreus 12:9. Agora se você entrar na sepultura com sua natureza humana já está escrito: "Carne e sangue não podem herdar o Reino de Deus". 1 Corintios 15.50. E Cristo frisou: "Não te maravilhes de ter dito: Necessário vos é nascer de novo".



Lembre-se sempre: você nasceu para nascer de novo! 

Lembre-se também: 

Na caminhada com Deus é permissível ter altos e baixos. Só não é permissível ter fim! Não deixe ninguém arruinar sua história com Ele.





Nas primeiras fotos eu tenho absoluta certeza que não havia um pingo de homossexualidade em mim. Já nas debaixo minha memória registra momentos de que eu era usado como brinquedo sexual. Acredito que tudo se iniciou quando minha mãe ao me receber no colo como menino ter falado: “ahh não, eu queria uma menina”. E meu pai já tinha criado uma atmosfera favorável. Inocentemente lançaram uma maldição sobre o próprio filho – tudo que aconteceu depois foi só o resultado disso.

As palavras de maldição caminharam comigo durante toda infância, pré-adolescência e adolescência: gay, viadinho, mocinha, baby, gueron. Eu guardava todas dentro de mim! As palavras malditas no mundo gay viram elogios: mona, bee, traveca, amiga. Quando me apaixonava por homens não queria transar com eles, queria apenas atenção, carinho amor. Deitar no peitoral e receber um cafuné já seria realizador.

No ingresso no mundo gay para conseguir sanar a carência afetiva temos que partir para o sexo, pois ninguém vai dar carinho de graça. A pornografia ajuda a normalizar o ato sexual em nossas mentes, nos ensina a imaginar prazer quando na verdade o que se sente é dor. As caras e bocas e sussurros que os atores pornôs fazem levam nossa mente associar aquele ato que eles estão fazendo com tudo que estão falando o que no final resulta no que todo gay chama de dor prazerosa. O prazer tá na mente e a dor em ter a próstata sendo violentada.

Com tanto pornô e tanta experiência na prática a atração vai ficando sexualizada. Apaixonar-se torna-se raro, enquanto o desejo sexual por homens só aumenta. Todos os corpos masculinos passam a ser alvos de possível transa e saciedade. E isso vira um ciclo vicioso que não acaba. Para mim a homossexualidade sempre foi e sempre será um desejo maldito que rouba sonhos.

O que posso passar com essa experiência macabra? Nunca deixe suas crianças SOZINHAS com outras crianças - a convivência entre elas é importante, mas não as deixem SOZINHAS. Por que? Porque sua criança pode ser vítima de outra criança que já foi abusada. Há crianças abusadoras não porque querem, mas porque dão continuidade de forma inocente à monstruosidade que aprenderam com o abusador. De olho sempre! Também não as deixem sozinhas com pré-adolescentes ou adolescentes - eles estão na fase inconsequente da vida com a explosão de hormônios. E adultos só se você tiver plena certeza do juízo da pessoa. Faça de tudo para as experiências sexuais acontecerem NATURALMENTE na idade certa (isso inclui o afastamento de qualquer tipo de pornografia e sexo ao vivo). No entanto, não bitole! Se eventualmente acontecer tente trabalhar a desconstrução dessa lembrança. Criança tem que ser criança e viver no "universo mágico" de criança. Uma criança que se assusta com uma cena de sexo na tela ou ao vivo pode ter como destino vários caminhos, um deles, é tornar-se assexuado.

Hoje com minhas experiências e de outros que saíram dessa vida temos a certeza que a atração é apenas resultado de uma carência afetiva pelo mesmo sexo, mas que foi sexualizada tendo sua normalização por meio da indústria pornô. O que eu posso extrair como tesouro de toda uma entrega na vida homossexual (que eu realmente tentei me conformar e ser feliz), o tesouro é que hoje posso falar sem dúvidas que é algo que não desejo para ninguém. É uma sensação T.E.R.R.Í.V.E.L de impotência em relação ao sexo oposto, mas não física: mental. É como se estivesse tatuado na mente VOCÊ NÃO CONSEGUE. VOCÊ NÃO CONSEGUE! É NOJENTO. É MUITO NOJENTO. Apenas com a cegueira do pecado, a natureza da carne em seu ápice, é possível se expor a bosta, fezes, e não achar algo imundo. O homossexual passivo tem intimidade com a bosta (na higienização ou no cheque - quando caga no outro cara, ou nos brinquedos, ou seja lá a maluquice que envolver o ânus). 


* O Pai que consegue se APAIXONAR pelo filho e transmitir esse sentimento para ele jamais vai ter um filho gay. Também vale para as mães com suas filhas. Claro que além da paixão, do amor sincero, toda atenção pedagógica acima deve ser observada.

O que podemos fazer para ajudá-los é sairmos dessa prática, e os familiares os deixarem totalmente livres para que possam explorar todo o universo homossexual. O preconceito, a não aceitação, posso garantir, é o que os prenderá mais ainda nesse desejo como forma de defesa, e em muitos casos de provocação. Todos eles precisam ser livres, livres, livres para poderem refletir com exatidão se é isso mesmo que eles querem para suas vidas.

Quando vivi no mundo gay percebi que há aqueles que buscam sanar a carência afetiva e há aqueles que entraram apenas por desejo sexual. Os primeiros se apaixonam, os do segundo grupo não. E isso é o que resulta na grande defraudação emocional e física da maioria dos que estão nessa. E quando dois que procuram afeto se encontram com o tempo percebem que o sexo vai ficando enjoativo e desinteressante e se não traem abrem suas relações para o sexo com outros, como garantia de que não vão perder o que tanto procuravam: o afeto construído. O que os ligou e o que unicamente os mantém. Não é o sexo que mantém os gays emocionais juntos! O que no fim vira uma relação de dependência emocional.

Hoje já consigo sentir a excitação natural do homem porque todo bloqueio foi tirado. Tive uma primeira namoradinha que durou sete meses. Sobre a vida amorosa é algo que com o tempo conto mais!  

Tive que desacostumar-me com a facilidade de ser gay. Antes eu ganhava presentes, era buscado e trazido em casa, enfim... paparicado por homens interesseiros.

Apesar da dor por viver algo que EU odiava, não pensei em suicídio nunca, acredito por ter conhecido a Bíblia cedo. Não do jeito dos religiosos legalistas, mas do jeito Dele. Foi o Espírito desde o início quem me guiou, se fosse pelos seres humanos jamais me aproximaria desse livro incrível e sobrenatural. Eu me converti ao 15 anos. Converter-se é acreditar na Palavra. Nascer de Novo espiritualmente, só nasci alguns anos mais tarde.

Enfim... Este é o complexo mundo gay. Dele: salve-se quem puder.





-  Jesus não é um médico que apenas veio mostrar a doença, mas curar e salvar totalmente todo doente que crê. É para chamar os crentes carnais doentes, que Jesus veio. Caso você não esteja enfermo e no pecado, saiba que Jesus não veio para você, e nunca será seu Salvador.




Sou a personificação desta frase. Acredite com todo seu coração nela! ^^.






* Ex-gay significa o abandono de um rótulo e não mais um. Significa um ex-etiquetado e atualmente livre. Ex-gay evidencia a saída de um grupo que vivem identidades montadas. Ex-gays são todos aqueles que descobriram que na verdade nem héteros são, mas unicamente homens e mulheres. A etiqueta heterossexual serve apenas para sustentar esta mentira: GLBTTs$$$$$$$$$$$.


CRISTO NUNCA FOI E NUNCA SERÁ RELIGIÃO. CRISTO É MUDANÇA DE VIDA!
DEUS NÃO É RELIGIÃO. DEUS É UM SER RELACIONAL!

SE VOCÊ OPTAR EM VIVER A BÍBLIA COMO RELIGIÃO O PAI DA MENTIRA TEM UM BANQUETE DELAS PRONTINHO PARA VOCÊ!








Medite! Esta vida é passageira. Em nossos túmulos juntamente com ossos secos estarão nossos desejos e memórias adormecidas do que fizemos na Terra. Por falar em Terra, ela não tem esse nome por acaso. 


Nós somos as sementes de árvores que dão frutos bons ou ruins. Quando morremos é como se estivéssemos sendo plantados. E no tempo da colheita vem o ceifeiro colher o fruto. As sementes que deram frutos bons Ele reconhece e dá a ela vida longa, eterna. Porque pela lógica uma raiz boa, continuará produzindo frutos bons e agradáveis ao ceifeiro. As que deram frutos ruins, por terem raízes ruins, estragadas. E que de tão más não conseguem absorver nem mesmo remédios que as purifiquem. Ou seja, pro ceifeiro essa semente não produz nada e ainda rejeita uma possibilidade de melhoria. Ele as corta pela raiz para todo o sempre. Esta canção exemplifica isso: "árvore que não produz nada vira lenha, só serve para queimar e vira CINZAS na fogueira... Eu vou fazer tudo que a Palavra me diz, pois machado nenhum vai cortar a minha raiz".


Ei! Espero que saiba usar bem os anos de vida que você terá nesse planeta. Sexo, festas, drogas, e até mesmo o Rock Holl, passarão! Algo imensamente maior que tudo isso está querendo se revelar para você! E não estou falando apenas de ficar em banco de igreja sentado, mas de algo S.O.B.R.E.N.A.T.U.R.A.L 





Lembre-se: Depois que nascer de novo a nova criatura também cresce. O Criador vai continuar fazendo advertências, mas agora para você [não abusar] da liberdade: 1 Pedro 2:16. A nova criatura vai crescendo até... "Até que todos cheguemos à unidade da fé, e ao conhecimento do Filho de Deus, a homem perfeito, à medida da estatura completa de Cristo, Efésios 4:13".





PARA NÃO RESTAR DÚVIDAS: ESTE É O EVANGELHO QUE ME ATINGIU. O EVANGELHO QUE EU VIVO NA PELE E CREIO! EU NUNCA QUIS VIVER O EVANGELHO FRACO DE HOMENS, MAS O EVANGELHO PODEROSO DE DEUS. ACREDITEI, ESPEREI E VALEU A PENA! DESEJO ESTA VERDADE PARA SUA VIDA.

Além de assistir aos vídeos, leia estes genuínos artigos sobre o Novo Nascimento. 






Assista até os 50 minutos do vídeo






ALERTA: O novo nascimento, a regeneração, faz algo SÚBITO na vida de um homossexual: ele deixa de se apaixonar por pessoas do mesmo sexo! Quanto ao sexo homossexual é instantaneamente mortificado e se manterá mortificado se houver do novo nascido práticas espirituais (contato frequente com a Palavra, jejum, adoração por meio de louvores espirituais, oração racional e em línguas, congregação, etc...). Tais atividades não para deixar de ser, mas para FORTIFICAR o que se tornou, a nova natureza. MAS [ MAS ] se houver exposição às drogas acontece novamente! Sobriamente seria como um estrupo, pois o corpo já não está mais aberto como antes. Drogas são chaves para abrir o corpo novamente! Então nasceu de novo busque andar sóbrio. Como está advertido: "sede SÓBRIOS" 1 Pedro 5:8 :-D




[ A vida é uma oportunidade 
para você mostrar 
ao Criador se 
vale a pena ser 
eterno e imortal como Ele ]

"DEUS AQUELE QUE POSSUI --> [ ELE SÓ ] <-- A IMORTALIDADE"
1 TIMÓTEO 6:16


EU AMO 
LOUCAMENTE
DESESPERADAMENTE 
INFINITAMENTE 
MEU DEUS, YHWH (hebraico)
LINDO
PERFEITO E 
PODEROSO!!!




Esta foi a mudança de vida de um, dos muitos arrependidos, que vivem para Deus. A história de alguém que nasceu de novo como a Bíblia promete. A história de alguém que permitiu-se para o Criador.

Declaro como homem de Deus, como alguém que acredita e confia na ressurreição garantida pelo Senhor Jesus Cristo, que tudo que escrevi foi e é real. 

Declaro ser verdade e sou consciente da condenação do Criador para quem semeia mentiras. Como já disse: se algo aqui for mentira, que tal condenação caia sobre mim. 

SE EU DEIXAR DE POSTAR OU COMENTAR É PORQUE O FÔLEGO DE VIDA FOI RETIRADO.

Se tudo isso for verdade você está lascado né? Tá não bobinho! Enquanto há fôlego de vida há possibilidade de A.R.R.E.P.E.N.D.I.M.E.N.T.O

DEUS TAMBÉM MUDOU SUA VIDA?
QUER CONTAR POR QUE QUER DEIXAR DE SER GAY?
VOCÊ TEM ALGUMA DÚVIDA? 

OEXGAY@GMAIL.COM 

Fiquem na maravilhosa e deliciosa Presença, Paz e Imensidão do nosso PAIZÃO PERFEITO!

Que a Graça do nosso Senhor Jesus Cristo atinja vocês. Amém.







111 comentários :

  1. Respostas
    1. Obrigado! Eu que devo eternas parabenizações a Deus, pois só Ele podia fazer isso. A glória é toda dEle, mas, claro, eu desfruto da benção sim, com certeza, haha. Tô vivendo o que sempre sonhei!

      Excluir
    2. ola meu amigo,nao que eu ache alguma coisa,mas voce ja pensou em contar esse belo testemunho,ate para sua igreja,assim o inimigo nao teria muniçao contra vc

      Excluir
    3. Olá! Eu ja' contei partes na minha igrejinha de origem. Mas antes de qualquer exposição maior é necessário estar firmado espiritualmente. Fortalecido. Deus tem me entregado dons. E meu coração exulta em testemunhar acompanhado de prodígios e milagres. Está chegando a hora. Falta bem pouquinho. Obrigado por passar por aqui. Graça e paz de Deus sobre sua existência.

      Excluir
  2. Nossa sua historia parece muito com a minha..eu tbm fui abusado pelo meu irmao paterno e isso foi a causa de eu ser gay tenho 13 Anos e nao sei como deixar de ser gay.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com mais idade você será maduro o suficiente para decidir sobre isso. No momento você pode se ajudar deixando de ver pornografia.

      Excluir
    2. Me manda um email que tetarei lhe ajudar cara, já passei pelo que vc está passando e ficaria muito feliz em lhe ajudar em nome de Jesus irmãozinho, manda um email para novoshomensdecristo@gmail.com

      Excluir
  3. Nossa sua historia parece muito com a minha..eu tbm fui abusado pelo meu irmao paterno e isso foi a causa de eu ser gay tenho 13 Anos e nao sei como deixar de ser gay.

    ResponderExcluir
  4. Deus é Deus de surpresas.
    Não há nada que ele não possa fazer..

    Gostei,sempre que dá estou por aqui..

    Continue firme nos caminhos do Senhor..

    Você é lindo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo comentário Priscilla, volte mais vezes!

      Excluir
  5. Olá! Nossa, procurei tanto tempo alguém com um testemunho igual ao seu! Tenho 19 anos e na verdade nunca me envolvi num relacionamento Gay, mas só nosso Senhor todo poderoso sabe o quanto está difícil para mim conviver com uma mente que só pensa na sexualidade com outro homem. Graças a Deus, minha realidade foi um tanto quanto diferente da sua. Fui criado na igreja evangélica e por isso acredito que ainda não tenha feito coisas mais graves que por diversas vezes já tive vontade e até mesmo oportunidades. Já tive 2 namoradas mas não consegui sentir atração sexual por elas o que me levou ao termino do namoro. Não aguento mais pensar nessas coisas e se tento me abster viro outra pessoa, me irrito, fico mal como um dependente químico em abstinência. O pior é que vejo testemunhos em que pessoas foram abusadas, maltratadas, não tiveram a presença de um Pai o que pode ter influenciado. No meu caso Deus foi muito bondoso, pois não sofri nada disso mas muito pelo contrário. Meu pai é o cara mais incrível do mundo, a minha Mãe uma heroína fantástica.

    Queria te pedir umas dicas porque não sei mais o que fazer!
    E peço também muita oração para que nosso Pai possa transformar minha vida, pois meu desejo é também dar meu testemunho de cura e libertação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Poxa, muito obrigado pelo comentário. Tem um livro muito bom de Richard Cohen. Ele é um psicoterapeuta famoso por ter deixado de ser gay estudando sua própria vida. Hoje ajuda muitos homens e mulheres a deixarem os desejos homossexuais, cerca de 85% dos pacientes conseguem mudar de vida. Leia o livro dele: "Como prevenir e curar a homossexualidade". Também é muito bom o do brasileiro Gikovate, "Sexualidade sem Fronteiras". Além disso temos nosso Pai, responsável pelo nosso estado de espírito, ore, clame, não desista dentro de você se é sua maior vontade. Se consome pornografia, pare!

      Excluir
    2. Muito obrigado pelas dicas! Já não consumo pornografia a alguns dias, e buscarei os livros que você indicou. Quero muito me livrar disso, e sei que não vai ser fácil, mas com nosso Pai de Amor na frente tudo vai dar certo. Quero deixar clara minha admiração pelo blog. Seguirei acompanhando as novidades e não importa o que aconteça, por favor, continue com este trabalho para que jovens que assim como eu, não querem continuar vivendo essa vida, possam ter informações de como superar isso.

      No que for possível ficarei feliz em ajuda-lo.
      Um abraço!

      Excluir
    3. Ah, você pode ajudar com conteúdos que considerar interessante, os envie para o e-mail exgay@gmail.com

      Frisando uma coisa: enquanto ver pornografia essa luta que você passa vai continuar sendo um gigante. Seja adulto, maduro, exclua isso da sua vida.

      Excluir
  6. tem algum site onde posso baixar os livros que indicaste?
    moro fora do brasil por isso nao tenho acesso as livrarias, ajuda-me se possível.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Baixar não conheço nenhum, mas você pode comprá-los.

      http://www.amazon.es/Comprender-Y-Sanar-La-Homosexualidad/dp/8496088162/ref=pd_sim_b_1

      http://www.gikovatelojavirtual.com.br/prod,idloja,20878,idproduto,3837971,sexualidade-sem-fronteiras

      Excluir
  7. Ola, eu tenho 23 anos e achei o blog fazendo uma busca no google sobre o assunto, meu caso e um pouco dos dois testemunhos...desde que me entendo, tive tendencias homossxuais, tive experiencias homossexuais na minha infacia com um primo adolescente que morava cm minha familia, quanto ao jeito que digamos "afeminado" me deixou mais proximo da minha mae pelo fato do meu pai me maltratar por isso, desde entao fui aproximando de todo lado feminino, prefiro minha irma do que meu irmao, minhas primas ao inves dos primos, minhas tias ao inves dos tios e amigas ao inves dos amigos, a tendencias afeminadas foram mais intensas, coloca panos simulando cabelo, roupas da minha mae e da minha irma, e por ai vai... ai vamos la, quando tinha 15 anos namorava uma menina que morava proximo a casa da minha tia e um dia na casa da minha tia que e crente recebi uma revelacao que o diabo que me fazer um homossexual, nao me lembro o tempo de intervalo... mas ela e eu ambos virgens nao conseguiamos fazer sexo de forma alguma, minha mae percebendo meu jeito me levou a uma reuniao do candomble que ela frequentava e a entidade disse que iria fazer sexo cmg, depois disso nunca consegui fazer sexo com ninguem e terminei meu namoro pq nao dava cetro devido a distancia, alguns anos depois minha mae faleceu e eu fiquei me sentindo sozinho, alias, me sinto, meu pai e eu somos praticamente inimigos, tie uma outra namorada que terminamos pq nao conseguia ter relacoes com ela e recentemente deixei de ser uma pessoa com tendencias homossexuais, e tive minha primeira experiencia, acho que de tanto todos flarem, apontarem, deduzirem, me despertou mais curiosidade, conheci um cara numa sala de bate papo, e fui ao encontro dele e perdi minha virgindade como ativo, nunca quis ser passivo, e depois disso tive mais 2 experiencias, ms sempre me arrependo e nao me aceito homossexual
    peco ajuda!
    Penso em varios jeitos de deixar isso, ate em ir a um candomble pra me fzer ter erecao e reatar com a mulher que eu amo,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Experiência homossexual precoce, barreira para viver sua sexualidade natural, esse pano na cabeça acho que todo gay já fez isso né... Bem, só o fato de você ter conseguido namorar com meninas ainda no começo da juventude já afasta a possibilidade de vc ser 100% gay, pois no meu caso eu não conseguia nem beijar. Os gays ativos sempre têm mais facilidade para ter relação com mulher, isso foi o que constatei quando vivia nesse meio. Pelo que percebo em sua história, fica evidente que seu problema é espiritual, sua mãe te levou pra uma religião que a entidade queria fazer sexo com você... que coisa! Se ela tiver te oferecido quando nasceu, ai que vou ter certeza disso. Você disse que pensa em vários jeitos para deixar de ser gay, inclusive ir ao candomblé. Pelo que sei, posso estar enganado, lá eles não têm problemas com isso, logo vão fazer você se sentir aparentemente bem sendo gay o que não quer ser. Eu te indico ir numa igreja pentecostal, a menor que encontrar, mas só é uma sugestão, você tem sua liberdade para fazer o que achar melhor. Se acredita em Deus, cobre dEle a mudança, é Ele que não nos quer assim, então é dever dEle nos mudar. Ele, no entanto, só faz no tempo certo e se você quiser MUITO também.

      Excluir
  8. Olá para todos, minha história é parecida com algumas de vocês.Fui também abusado quando eu era criança por meu primo. Nossa! é a primeira vez que fala isso a alguém. Mas nunca tive um"amor", porque quando me apaixonava, logo percebia que eles não gostavam de mim, como uma paixão platônica. Hoje estou morando em SP numa faculdade fazendo psicologia, e está sendo muito bom. Mas eu me sinto sozinho aqui, fico a maior parte do tempo lendo, pesquisando. Não tenho amigos por medo de me apaixonar. Procuro videos sobre a homossexualidade, algum me faz pesar e outros me deixam triste. É como se enfiassem uma faca no meu coração e batessem nele..... Bem se vocês estiverem interessados e puderem compartilhar suas experiencias por favor irei deixar meu e-mail para contato: judsonjones.santos@gmail.com (OBS: estou sempre vendo o meu e-mail) Obrigado pela oportunidade de expressar um pouco de mim. Abraços..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Judson! Você deve conhecer o Dr.Flávio Gikovate. Leia o livro dele: Sexualidade Sem Fronteira. Vai te ajudar muito!

      Excluir
  9. CHORANDO MUITO... MINHA ALMA ALIVIOU O PESO DE CULPA QUE SEMPRE LEVO SOZINHO DESDE MINHA INFANCIA. CARA, VC ME FEZ VOLTAR NO TEMPO E REVIVER TUDO O QUE LÍ. SEI O QUANTO DEIXO DEUS TRISTE MAIS ME ENCONTRO SEM FORÇAS... O QUE MAIS PESA É QUE TENHO DOIS FILHOS, UM DE 9 ANOS E UMA LINDA MENINA DE 9 MESES. COM 28 ANOS, AINDA ME VEJO EM UMA CRISE DE IDENTIDADE DOLOROSA, ONDE NAO ADMITO VER A MAE DOS MEUS FILHOS COM OUTRO, MAIS EU FAÇO COM OUTROS COISAS HORRIVEIS, ME RECONCILIEI POR JA ESTA EM UMA FASE DE DESESPERO E SUFOCADO POR MEU PECADO. QUER E PRECISO MUITO SER SERVO, SER PAI DOS MEUS FILHOS, SER ORGULHO PROS MEUS PAIS. NÃO AGUENTO MAIS. SEU TESTEMUNHO ME FORTALECEU NESSA CAMINHADA. AXEI QUE PRA MIM NAO EXISTIA MAIS SOLUÇÃO... MAIS AGORA MINHA ESPERANÇA SE RENOVA MAIS UMA VEZ. TUDO O QUE VC FALOU, 90% ESTÁ EM MEU CURRICULO DE VIDA. QUERO MUITO MUDAR... COMO QUERO... "OH! DEUS, ME AJUDA!" (LÁGRIMAS)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, Alexandre! Não sei nem o que dizer. Creio que se chorou, se emocionou, foi permissão de Deus. Sabe, a receita mágica para passar e acontecer com vc o que aconteceu comigo é fé. E isso quer dizer que não importa a data, a hora, mas você aposta todas as suas fichas que um dia irá mudar. Não importa o quão forte está este desejo dentro de você, pois tem a certeza que um dia vai mudar, (esse era eu, vivia assim). Tem um cego na Bíblia que nasceu cego para a glória de Deus se manifestar nele por meio de um milagre. Algumas pessoas que viram aquilo acontecer creram e se converteram por meio do milagre. O mundo espiritual é real Alexandre. Eu posso te garantir isso. Eu sou um milagre. Seja maduro, seja adulto: fuja da pornografia, do adultério, quando os pensamentos surgirem os corte, pensando em outra coisa no mesmo momento. Pense mais na vida, na morte, tenta fugir desse sistema capitalista às vezes. Jejue, ore, leia a Bíblia é uma forma de estar mais perto de Deus. Não vá à igreja somente por ir, não seja religioso, seja cristão. Aqui tem muitos livros, muitos materiais, se alimente! Estou na sua torcida irmão! Você agora tem uma família, cuide dela, cuide de você!

      Excluir
    2. OLLA ALEXANDRE TEMOS HISTORIA MUITO PARECIDAS SOU CASADO TENHO 1 FILHA 12 ANOS E OUTRA3 ANOS MESMO SENDO UM CRISTÃO MAIS UMA VIDA TRISTE DES DOS 5 ANOS FUI ABUSADO POR VIZIHO DE 18 NA MINHA ADOLECENCIA NUNCA TIVE VONTADE ALGUMA POR MULHER MAIS MEUS AMIGOS NÃO SEI COMO PODIA SE CONTROLAR O QUE SENTIA DE 11 IRMÃOS FUI O ULTIMO A CASAR UM SEGREDO QUE NINGUEM DA MINHA FAMILIA SABE SÓ EU deus casei me por MECESIDADE MAIS UM MILAGRE ACONTECEU AMO MINHA ESPOSA TENHO RELAÇÃO NORMAL COM ELA MAIS O FANTASMA DO OMOSEXUALISMO ME FAZ SOFRER MUITO É TRISTE NÃO QUERER FAZER UMA COISA QUE NÃO TENHO CONTROLE MORO EM CURITOBA USO O TRANSPORTE COLETIVO ACREDITE SE VEJO UM ADOLECENTE JA FICO EXITADO NÃO TEHO CONTROLE TENHO VERGONHA DOU AULA PRA JOVENS NA ESCOLA DOMINICAL TENHO QUE ME ESFORÇAR MUITO PRA NÃO DESEJA-LOS UMA LUTA QUE PARECE NÃO TER FIM VOU AOS CULTOS DE ORAÇÃO JA MOLHEI O BANCO DA IGREJA DE LAGRIMAS ESPERO UM DIA VENCER SE QUIZER MANTER UMA AMIZADE ONDE POSSA NOS AJUDAR MEU IMAIL(ELIZERM@GMAIL.COM) UM ABRAÇO MEU IRMÃO NÃO DESISTA dEUS NOS INTENDE SÓ QUERO SER UM POUCO MAIS FELIZ

      Excluir
  10. Olá! No vídeo você diz sobre tentar admirar a beleza feminina, evitar olhar para homens, etc. No seu caso, não precisastes fazer tudo isso, certo? Deus te libertou quando menos esperava...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa! É isso mesmo. O meu comentário é uma tentativa de ajudar aqueles que ainda esperam por um milagre, e, até mais que isso, ajudar os homossexuais egodistônicos que optam por não crer em Deus. Hoje tenho uma companheira linda e a única beleza que admiro é a dela. Cara, foi quando eu menos esperava mesmo! Ainda é doido tudo isso, mas é uma delícia, hoje sou quem sempre quis ser. Valeu pelo comentário!!!

      Excluir
  11. Deus é maravilhoso, e misericordioso, tenho um irmão que assumiu a homossexualidade, esta namorando um rapaz, até alguns meses atrás meu irmão cantava no ministério de louvor da igreja e era tremendamente usado por Deus, e disse que já havia lutado inúmeras vezes, contra este desejo, inclusive até namorou uma menina da igreja, mas infelizmente ele não persistiu, estou orando por ele, e já disse que não concordo mas não iria recriminá-lo, estou orando por ele preciso de conselhos do que fazer para que ele possa ser liberto, inclusive comprei um dvd do Caique Oliveira do Jeová Nissin para assistirmos juntos, mas ainda estou me preparando pois é forte, tenho medo que meu irmão entre em depressão, quero muito ajudar meu irmão, por favor me der dicas de como procedo. A paz e que continue lhe abençoando seu testemulho é lindo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Bem, pelo jeito o Espírito já te deu dicas de como se comportar. É isso mesmo: não recrimine, não mude com ele. Ele tem o livre arbítrio num é? Ele precisa viver isso num é? Então, deixe! O que você pode fazer é orar, clamar, jejuar, para que ela venha a ter nojo, para que ele venha a se libertar desses desejos. Faça isso sem falar coisa alguma com ele. Agora uma coisa, tente saber, de forma discreta, se ainda há esperança no coração dele de mudar, de deixar essa vida, é necessário para o milagre acontecer. Se perceber que o coração dele virou uma pedra, ore ao Pai para quebrantá-lo. Tenha paciência, tudo é no tempo de Deus. Deixe apenas fixo na mente e coração dele para que continue orando, pedindo mudança, e misericórdia de Deus para que ele não morra nessa aventura e perca a salvação. Repito! Nada de preconceito, ele precisa de muito amor, carinho e companheirismo. Ele precisa de liberdade ao extremo para poder ir até onde essa vida pode levá-lo. O DVD que você falou pode ajudá-lo como fonte de esperança, mas se ele deixar claro que não quer esse tipo de material, não insista e vai lutar em segredo pela vida dele. Misericórdia - a palavra chave de suas orações pela vida do seu mano.

      Excluir
  12. oi tudo q aconteceu com vc aconteceu comigo, mas esse desejo descontrolado por sexo gay, hoje sou crente pentecostal sou dirigente do grupo de jovens. e me sinto mal por muitas vezes pregar um cristo q pode tudo e eu ainda viver assim. ñ sei o q fazer. as vezes me angustio muito.oro louvo exalto, mas no final da noite sinto em q o sentimento ainda está lá. mesmo assim espero no milagre. responda me: um gay ele se converte mas ele sente sentimentos atrações enfim por homens. só o q ele ñ faz é praticar por amor a cristo se ele morrer assim. ele é salvo? ou só se sentimento fosse embora, obrigado por ser detalhista no testemunho ajuda nos a compreender a nossa vida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caracas, desculpa por responder só agora. Bem, se você tem sentimentos e não dá vida a eles, logo estão mortos e não interferem na sua vida espiritual. Dar vida a um sentimento (um desejo) é tirar ele da sua mente e levá-lo para realidade, seja por meio da pornografia, masturbação, a transa, de fato. Mas, cara, não aceita isso não! Ore, clame ao Senhor pela misericórdia dEle na sua vida. Jejue muito, muito mesmo!!!

      Excluir
  13. Oi curti muito o blog já passei por muitos desses problemas ainda passo por alguns dele que me tiram a calma tem dias que me perco sinceramente mas melhor morrer que voltar a lama certo e temos uma pagina no face voltada a esse tema tal ajuda aconselhamento enfim meu face e Thiago Pavarell fiquem na paz e com Deus a e hj estudo um pouco desse assunto em breve pretendo cursar psicologia pra ter mas base e conhecimento pra ajudar

    ResponderExcluir
  14. Mandei mensagem pra seu email, mas retornou, tem algum outro email? preciso desabafar conversar com alguem. Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Emanuel, deixa um e-mail seu que entro em contato. Vai ser muito bom conversar com você! Tô no aguardo.

      Excluir
  15. Na verdade é o seguinte,quanto a ter sentimentos homossexuais: O que esses movimentos GLBT falam é que se existem homossexuais que querem mudar, os culpados disso são a religião,a homofobia e a sociedade que tem preconceito contra os gays.Só que o que eles não falam é que muitos querem abandonar o comportamento homossexual por causa da promiscuidade da maioria deles. Chutando um numero: 80% dos homossexuais são promíscuos.Uma outra questão desse meio são os relacionamentos que não duram muito tempo e a solidão da maioria deles.
    Penso eu que a maioria dos gays NÃO TEM, NUNCA TEVE e NUNCA TERÁ um parceiro fixo. E se tiver um parceiro, o relacionamento não vai durar muito tempo. Com muito sorte, não vai passar de 5 anos.
    E por que isso? Por causa de questões de personalidade.A personalidade é incompatível entre eles.
    Por exemplo, se eu sou amigo de uma pessoa,seja ela homem ou mulher, eu sou amigo dela porque eu gosto dela,porque eu acho essa pessoa simpática,honesta e sincera.Enfim,se eu vou com a cara dela, eu sou amigo dela. O que não acontece com a maioria dos GLBTs. E isso tem um nome: Isso se chama transtornos da personalidade. Os transtornos de personalidade são um jeito disfuncional da pessoa ser, a pessoa é assim,ela não está assim!
    Nesse meio, quando tu encontrar uma pessoa pra se relacionar, a personalidade de um par homossexual nunca fecha entre os dois.A personalidade é mais ou menos parecida,mas ela nunca fecha totalmente entre dois, como ela fecha num casal heterossexual.
    Como a maioria busca alguém que tenha a personalidade compatível entre si e nunca encontra, o sexo compulsivo acaba se tornando uma das alternativas de se preencher esse vazio e essa solidão.
    A promiscuidade,o vazio e o sexo compulsivo da maioria pode ser uma tentativa de aliviar o vazio e a solidão pelo fato da "pessoa certa" nunca aparecer.
    A pessoa pode ter até prazer no sexo, mas depois dele vem o vazio e a solidão.Depois disso,muitos começam a refletir: Não seria melhor eu tentar deixar o comportamento homossexual? Não seria melhor eu tentar ter alguma coisa com mulher,casar e ter meus filhos? Depois desses pensamento e pra tentar sair do fundo do poço e da solidão é que muitos resolvem mudar de vida, se casam e tem filhos.
    E acreditou eu, que quando se casam com mulheres sao muito mais felizes com elas do que quando estavam na homossexualidade.

    Para os ativistas gays, o lema é o seguinte: Assuma-se gay! Assuma-se quem você é e seja feliz! Saia do armário! Só que muitas vezes, esse não é o caminho para felicidade! Nem sempre se assumindo para todos significa que a pessoa vai ser feliz.
    Para os movimentos gays,o sexo e o desejo sexual são tudo! Só que sexo e desejo não são tudo! Um dia a pessoa fica velha e tudo isso passa!
    Quando o gay tiver velho,quem vai cuidar dele na velhice? Quem vai estar do lado dele nos bons e nos maus momentos?Um outro homem?A maioria dos gays idosos tem parceiro fixo?
    Entre um homem e uma mulher não existe só sexo,mas também carinho,afeto e compreensão!
    Enfim, para o ex-gay eu vou te fazer uma pergunta:

    Você acha que um dia a ciência vai descobrir a causa e a origem da homossexualidade?

    Um abraço!

    Lucas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Lucas, a ciência nunca vai descobrir biologicamente a causa da homossexualidade, porque não é uma questão biológica. No entanto, podem fazer assim como fizeram com a Teoria da Evolução, ou seja, lançar uma teoria e convencer a maioria das pessoas e até ensiná-las nas escolas como sendo uma verdade. Se a homossexualidade for uma questão biológica, a Bíblia é uma fraude.

      Excluir
  16. Ola, tenho 18anos e aos 15conheci um homosexual, lindo, maravilhoso foi amor a primeira vista, e logo me aproximei e nossa afinidade era intensa, ate que no primeiro ano de convivencia me declarei para ele em uma rede social, a partir dai investi muito nas cantadas e ele recuava, mas sempre que possivel dava uma brecha no olhar e um sorriso, so que eu era muito insistente, 3anos se passaram e eu naamorei dois caras nesse neio tempo, ele conheceu minhas relacoes de perto e eu sempre desabafei com ele ....ate q um dia minha mae faleceu e nesse dia ele disse no telefone q havia chego a hora de ficarmos juntos, por fim estamos juntos a 6meses e estou gravida de 2meses...muitooooo feliz amo ele e sempre amei, porem eu tenho tantas duvidas em relacao a muita coisa, fazemos um amor perfeito, ele ainda tem voz afeminada e eh cabeleireiro, quanto a isso td bem, mas as veses me sinto insegura no sexo pois ele era gay afinal, tenho medo de ele nao sentir comigo o q sentia com homens....sera q pode me dar alguma palavra a respeito?? Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você não precisa ter medo e nem querer que ele sinta o que sentia por homens. Você é uma mulher e vai mostrar um novo mundo pra ele: novos prazeres, novas sensações, novas possibilidades de fazer sexo. Não se preocupe porque com certeza se o pênis dele teve ereção e vocês conseguiram transar isso já mostra que o sexo é real entre vocês e acontece como deveria acontecer. Tem um psicoterapeuta que diz que a mulher que topa ajudar um homossexual deixar de ser assim, ela vai ser como uma terapeuta sexual, o que funciona muito bem. Você só tem que fazer o que você já foi feita pra fazer: sexo que deixa o homem maluco e queira transar com vc por toda a vida. Até aqui tá fácil pra vc, mas não podemos esquecer que também existe o mundo espiritual. Ele pode até ficar sem isso um tempo, mas vai ser bombardeado para voltar a fazer se persistir com algumas atitudes. Um bom começo é banir todo tipo de pornografia da vida de vocês. E, claro, nada de frequentar lugares gays. Se vc quiser este homem para sempre, e num relacionamento sadio, procure o direcionamento de Deus! Quanto a ele ser afeminado, isso não quer dizer nada, o aceite assim mesmo e o mostre que ele é homem e mesmo sendo delicado consegue satisfazer uma mulher na cama e no dia a dia. Vocês vão conseguir se estiverem juntos nisso! Ouça este áudio: http://www.youtube.com/watch?v=2Mwlb0nkLYk&feature=c4-overview&list=UUCn-g8k_sXdqlAqajkXRemA e olha, a namorada deste ex-gay foi importantíssima na vida sexual dele: http://www.youtube.com/watch?v=RYdDPQOnaRo
      Qualquer coisa to aqui!

      Excluir
  17. Poxa cara obg pelas palavras rs, eu vou ver os videos sim, eh q moramos juntos e nao quero q ele saiba de nada disso, mas vc ajudou muito ainda mais falando de deus, pois tanto eu quanto ele cressemos numa familia muito temente a deus, e queremos muito q nosso filho tbm cresca num ambiente cheio do espirito santo de deus :))) inclusive hj foi nossa primeira ultrasson rs, oolho dele encheu de agua hsuahuah foi lindo!!!! Obrigado mesmo por ter respondido :) e amanha eu assisto o video e comento aki dps xD ate mas fiq com deus

    ResponderExcluir
  18. Nossa cara seu testemunho é incrivel, que Deus continue te usando pra ajudar e alcançar o maior numero possível de pessoas por este blog.

    ResponderExcluir
  19. Bom, nunca fui abusado nem fiz qualquer tipo de sexo com outro homem, tenho 15 anos, quando era pequeno cerca de 5/6 anos quando eu ia para a casa da minha vo eu gostava mt de beijar minhas primas imitando o que eu via na tv durante as novelas.
    Dai o tempo foi passando e me lembro que uma vez quando tbm era menor que coloquei a mao na cueca de um cara e fiquei mexendo e ele nao falou nada, eu tenho crtz de que naquela epoca eu era inocente e nao entendia direito o que estava fazendo, lembro que meu primo quabdo eu tinha uns 7/8 anos colocava videos pornos na tv ou no pc e se masturbava e cmg do lado, ele nunca me abusou ou pediu pra mim fzr algo mas eu gostava daquela cena gostava de ver o penis dele, nao sei se esses momentos influenciaram mais no começo eu gostava de mulher e de repente comecei a gst de homem talvez o fato de mim ter passado minha infancia sendo criad8o todo tempo com minha mae seja outra i nfluencia, ate hj sinto atraçoes por homens , nao quero uma vida de homossexual pra mim, querer ter namoradas e em um futuro nao tao distante constituir uma familia a exemplo de todos os meus primos e tios, me masturbo pensando em alguns amigos, mas nesses ultimos dias sentir prazer inaginando mulheres e vendo fotos de vaginas, peço sua ajuda atraves de sugestoes para me livrar disso, pois vejo garotos da minha idade com namoradas, e é tudo o que eu quero pra mim, me libertar desse mal, e irei conseguir em nome do senhor Jesus!

    Venho lenbrar que sou evangelico assim como meus pais e alguns da minha familia.
    desculpe pelos erros ortograficos, é que estou digitando pelo celular rs':

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara tambem vivo uma situaçao parecida como a sua,é confuso pra mim tambem .Por volta da mesma idade q a sua um primo mas velho costumava mostrar o penis para mim ,nunca aconteceu nada nem eu nem ele queriamos ele so fazia isso de brincadeira. Antes ,acho q com uns 5 anos ,eu ja tinha assistido videos pornograficos com primos mais velhos e tinha fantasias com mulheres ,depois do q eu falei a cima eu fiquei confuso e comecei a ter fantasias homo tambem ,mais depois de um tempo percebi q sentia mas prazer pensando em mulheres hoje continuo confuso mas nao como antes.talvez voce esteja so confuso por ter ainda pequeno presenciado a pornografia vendo seu primo se masturbar ,acho q nessa idade nao intendemos direito oq e sexo e todo estimulo e aceito pela nossa mente.continue firme em Deus q ele vai te ajuda a passar nessa faze de confusoes.

      Excluir
    2. Se vocês se consideram bissexuais, e não querem viver a homossexualidade, matem o lado gay de vocês. E façam enquanto é cedo, pois sei que um de vocês é muito novo. Como? Deixe de alimentá-lo com pornografia, fuja da mídia gay (aquela que fala que é saudável e comum este estilo de vida), dos lugares gays, de pessoas homossexuais que vocês possam sentir algum tipo de influência. Espiritualmente falando, orem, jejuem, clamem ao Criador de vocês! Desafiem Ele a mudar a vida de vcs. Desafiem! Sempre que pisarem na bola com Ele o peçam misericórdia. Quando jejuarem e orarem façam para que tenham nojo dessas práticas.

      Excluir
  20. que testemunho lindo , DEUS E TREMENDO . como posso entra em contato com vc ? tbm tenho sofrido com essa maldiçao e vejo que nao e o que eu qro pra minha vida , fui evangelico por algum tempo , fui liberto . (ate mesmo nao praticava mais o ato em si , mais ainda sentia atraçao em outros homens ) como explicar isso ? hj tento voltar aos caminhos do senhor , a luta e grande mais tenho crido na vitoria , espero que de alguma forma possa me ajudar . desde ja agradeço .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Pode ser por e-mail (oexgay@gmail.com) ou pelo facebook (https://www.facebook.com/pages/Ex-gays/341386415970998). Tô aguardando seu contato.

      Excluir
  21. Parabéns pela sua vitória. Louvo a Deus por seu testemunho. Passo por uma luta muito grande com esse mal e creio que Deus me darã libertação completa. Deus continue te abençoado. Abraços.


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também creio que Ele fará o mesmo na sua vida, porque Ele deixa claro na Palavra que não faz dissensão de pessoas. Só não esqueça de importuná-lo todo santo dia exigindo seu milagre. :-D

      Excluir
  22. Que história linda, Deus te ama muito,até da AIDS Ele te livrou. Prossiga nesse caminho,certamente não se arrependerá.

    ResponderExcluir
  23. Que Testemunho abençoado precioso irmão...historia muito parecida com a minha. Em nome de Jesus eu decreto minha vitória hoje e assumo sobre mim essa palavra sou a partir de hoje ex gay.Obrigado por testemunhar com tanta liberdade, orarrei por vc ore por mim, pois estou nesta luta. Podemos manter contato ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Marcos! Podemos nos falar por e-mail. O meu é oexgay@gmail.com. Tô aguardando seu contato. Graça e paz \o/

      Excluir
  24. Quero te dizer que tudo que vc viveu,eu vivo,inclusive a vontade enorme de deixar de ter uma mente gay...ainda a tenho e como desejaria esta libertação que vc teve. Como questiono a Deus nisso. pois sou evangélico a anos e caio sempre nisto. Mais estou orando e lutando pois não aceito esta condição e por incrivel sou chamado a trabalhar na area de dependencia quimica com jovens. Que Deus te abençoe de uma forma muito grande,mais vou estar seguindo seu blog...ore por minha libertação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maninho, tente entender Eclesiastes 3. Leia todo dia se for necessário! Foi a minha fonte de fé e esperança. Eu confiei com todo meu ser nessa palavra do Senhor. Mesmo que você ainda caia, não mostre-se fraco e desesperançoso, continue orando e exigindo o milagre que Ele mesmo promete fazer em nossas vidas. O desafiei e com isso percebi o quanto ele gosta de desafios, pois desafios nada mais são do que a própria fé.

      Excluir
  25. MINHA INFÂNCIA FOI PARECIDA MAS POREM NUNCA ASSUMI SER GAY, MIM CONVERTI COM 17 ANOS NUNCA SAI DA IGREJA DESDE ENTÃO MAS JA FIQUEI COM ALGUNS HOMENS. SINTO MUITA ATRAÇÃO FÍSICA POR HOMENS, EU MIM ABRO PARA DEUS N QUERO ESSA VIDA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Envia seu face para o meu e-mail oexgay@gmail.com. Vou te adicionar num grupo anônimo, secreto, e vai poder conhecer muitas pessoas que já venceram ou que lutam com esses traumas. Aguardo seu contato.

      Excluir
  26. eu tive uma infancia de abuso sexual desde meu 7 anos fui abusado enumera vezes,por um jovem de uns 14 15 anos depois disso minha mente ficou deturbada hj luto contra a PORNOGRAFIA,MASTURBAÇÃO E DESEJOS GAY,EU NUNCA TIVE RELAÇÃO SEXUAL COM NENHUM HOMEM POIS TEMO A DEUS E A SUA JUSTIÇA!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa maninho, a mente fica assim mesmo. Que maravilhoso seu temor por Deus, é o princípio da sabedoria né. Então, quer participar de um grupo anônimo no facebook para conversar sobre essas dificuldades? Envia seu face para o meu e-mail oexgay@gmail.com. É anônimo, secreto, e vai poder conhecer muitas pessoas que já venceram ou que lutam com esses traumas. Aguardo seu contato.

      Excluir
  27. Oii estou em processo tamem amado estou vivenciando todo este primeiro amor novamente,o medo de cair e tao grande de errar de novo mas o amor de deus esta sendo tao forte que esta me dando forças se sentir amado de novo sentir a presença do espirito santo na minha vida esta sendo assim ''DOIDERAA'
    QUERO SAIR GRITAR TODA VIDA QUE ME PRENDEU EU ESTOU LIVRE AQUELAS MALDIÇOES QUE FORAM LANÇADAS DESDE CRIANÇA EU ME TORNEI...Mas agora eu sou livre nasci de novo acabo de voltar de um encontro onde Deus restaurou 7anos onde eu era trans perdi toda minha familia tirou tudo que eu tinha e quase acabou com minha vida ele me fez lembrar de toda origem se onde a Homossexualidade entrou fui criado na obra de Deus.
    E debaixo da igreja temos ainda sim que em pecado a cobertura e o mal nao nos ve Deus deixou minha mae me por pra fora de ksa nao tive apoio aonde o mundo quis cuidar de mim,ele so queria acabar com minha vida pq o que Deus tinha para mim era muito grande!!
    Gostaria de mantes contato contigo vai ser muito importante para mim nesta nova fase !!
    Que Deus te abençoe grandemente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahh, estou muito feliz por você! É muito importante que você continue espiritual, você sabe né! Bem, o e-mail que uso é oexgay@gmail.com. Entre em contato e vou te adicionar num grupo que vai te ajudar bastante. Fico no aguardo.

      Excluir
  28. Q testumnho lindo, não sou e nunca fui homossexual, gosto de ler testemunhos pela internet e chegueu nesse blogger, parabens pelo seu apoio as pesoas que estãi sofrendo com esse grande mal. Deus te abençoe grandemente

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahh, obrigado. Que as bençãos que vc me desejou sejam dobradas em sua vida!

      Excluir
  29. Ore por mim. Tenho 15 anos sou evangelico mas ainda preciso ser liberto, pois não aceito isso em minha vida, meu desejo é ser quem Deus quer que eu seja quero agradalo. Meu nome é Marcelo.

    ResponderExcluir
  30. Eu sei que Deus que me ajudar a vencer mas estou sem forças.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marcelo envie um e-mail contando um pouco mais de vc: oexgay@gmail.com

      Aguardo seu contato.

      Excluir
  31. PARABÉNS PARA O EXGAY QUE DEUS CONTINUE TE ABENÇOANDO CADA VEZ MAIS E QUE DEUS AJUDE AOS OUTROS QUE PROCURAM LIBERTAÇÃO! UM ABRAÇO!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uhuu! Obrigado. Que o Senhor Deus abençoe você com o dobro de tudo que desejou.

      Excluir
  32. Oi gostei muito ter lido seu testemunho, me identifico muito com vc e gostaria de conversar com vc pelo meu Skype, meu apelido é Igor **25igor@hotmail.com este dois asterisco depois ti digo as duas letras para o contato!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Beleza! Qualquer coisa entra em contato pelo oexgay@gmail.com. Fico no aguardo. Abração.

      Excluir
  33. Oi ex gay,
    é uma dúvida que tenho... Na sua igreja as pessoas sabem o que Deus realizou na sua vida ou tens preferido o anonimato?
    Fica na paz.

    Juh Dias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ju quanto tempo! Os mais antigos sabem do meu milagre, os mais novos não. Numa conversa ou outra acabo entrando no assunto porque sempre está em pauta. No cotidiano prefiro o anonimato. No trabalho, por exemplo.

      Excluir
  34. BOA NOITE!
    LI SEU DEPOIMENTO!
    ESTOU NO FUNDO DO POÇO, E SÓ PENSO EM TIRAR MINHA VIDA...
    NÃO AGUENTO MAIS, SÓ CONSIGO TRABALHAR ATRAVÉS DE CALMANTES... NÃO SEI POR ONDE COMEÇAR.
    NUNCA ME ACEITEI ASSIM... EU PRECISO DE UM MILAGRE!!!!
    ME AJUDA... POR FAVOR...ABRC

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahh cara, a única forma que posso te ajudar é desejar mais fé para que o dono dos milagres te atenda. Não se desespere. É tudo no tempo dEle!!!

      Excluir
  35. Oi vdd... Mas tou seeeeeempre vindo aqui, apesar de não comentar. RSrsrs
    Continuemos firmes na fé...
    Alegria verdadeira só Jesus pode nos dar.
    Fica na paz
    Juh dias

    ResponderExcluir
  36. Retiro o que eu disse sobre o blog faltar alguma coisa. Está ótimo!
    Estou perplexo com tudo que acabei de ler aqui. Simplesmente: glórias a Deus!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Toda honra, glória e louvor é do nosso Deus para todo o sempre. Amém!

      Excluir
  37. Irmão, não sei se você conhece esse testemunho, seria bom para vc postar no seu Blog.
    Paz

    O link é esse:
    https://www.youtube.com/watch?x-yt-cl=85114404&v=uviag5HJ62E&x-yt-ts=1422579428#t=240

    ResponderExcluir
  38. A uns anos eu vim nesse blog e lembro de ler algumas historias, mas não tive motivo para comentar ... Hoje quero falar algumas coisas. Primeiramente. Tenho 18 ano e também sinto a homoafetividade.

    Você diz que pediu para Deus o casamento no periodo de 2 anos e ao decorrer desse período veio o termino do casamento. Na sequencia você continuou satisfazendo seus líbidos sozinho e se afundando em drogas. Seu contato com Deus costumava ser aleatório ao momento que "dava na telha", momento que era mais precisado de Deus. Então, nesse mesmo tempo, do nada, sem motivo nenhum, você acordou como uma "nova criatura".
    Mas eu queria saber oque acontece, pois eu sinto esse desejo, mas não pratico essa sexualidade e vivo em oração - uma vida reta perante Deus - na espera de um milagre, mas você simplesmente pôde ficar na vida que estáva sem buscar nem nada, fazendo tudo que desejava, para um dia receber de graça algo por esforço algum ... Como que pode? Parace injusto isso, não?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E ai cara, blz?! Obrigado pelo comentário! Então... Se vc der uma sondada no blog vai perceber que eu guardei uma Palavra bíblica comigo: Eclesiastes 3.1. Não foi como você disse: "seu contato com Deus costumava ser aleatório...". A Palavra dele sempre esteve em mim, logo Ele estava comigo. Seu texto me lembra a parábola do filho pródigo. Eu sou o filho pródigo e você é outro filho que achou ruim e "injusto" o retorno e comemoração do filho pródigo. No fim da parábola é alertado ao irmão aborrecido que se alegre, pois o filho pródigo estava perdido, morto e foi encontrado e ganhou vida. Logo o que é injusto não é a mudança de vida do filho pródigo, mas a forma de pensar do filho aborrecido, que segundo ele: "vivia uma vida reta". Outra coisa que temos que lembrar é que a Palavra tem que se fazer real, a primeira profecia que ouvi foi: "onde o pecado abundou, superabundou a graça" Romanos 5:20. Se ainda não aconteceu com você é porque Deus está provando a sua fé! E não considere os feitos de Deus injusto, pois quem somos nós para falar do Altíssimo! Uma Palavra de ânimo para você: "Deus não fará justiça aos seus escolhidos, que clamam a ele de dia e de noite, ainda que TARDIO para com eles?" Lucas 18:7. Viu... há um tempo de espera. Eu soube esperar, e vc também e qualquer outro vai ter que saber esperar o tempo de Deus. Lembro que Cristo veio para doentes e perdidos e não para os que dizem "viver uma vida reta". Senti um pouco de religiosidade legalista em todo seu texto - cuidado com este veneno. Boa sorte na caminhada.

      Excluir
  39. Obrigado pela resposta, simplesmente incrivel!!! Na parte em que eu comentei "seu contato com Deus costumava ser aleatório" foi para resaltar que não vi muito esforço da sua parte para conseguir sua benção, pois é pregado: buscai e recebereis, correto? E você simplesmente recebeu carregando a palavra com você, mas sem praticar (desculpe se estiver errado) (Eu havia lido essa parte que você carregava a palavra, mas não lembrei!).
    Referente a parabola citada. Exemplo perfeito, mas longe de mim achar ruim por você ter conseguido sua benção, pelo contrario, fico muito feliz, MESMO!!! Emocionado até ... Apenas fico triste por mim. Talvez você entenda. Mas se for o caso, peço ao Senhor que tire isso de mim!

    ResponderExcluir
  40. Olá visitem meu blog www.futuroexgay.com lá eu vou contar passo a passo tudo que estou passando pra chegar ao meu obejetivo que é ser livre de todo desejo por pessoa do mesmo sexo, lá irei contar passo a passo do que estou sentindo entre lá e me ajude nessa guerra.

    ResponderExcluir
  41. Ola, achei muito linda a sua historia e impactante o que Deus fez na tua vida... Queria muito que Deus me transformasse assim, também sofri abusos e praticas homossexuais na adolescência, e ate tenho desejos por mulheres e ate me casei com uma à quase 2 anos ja, porem nao esqueço as praticas homossexuais e muitas das vezes ainda desejo pratica-las novamente.... sou evangelico desde criança e sei que isso e o que me afasta de Deus porem nao consigo abandonar este desejo as vezes ele vem a tona e acabo vendo videos na internet e conversando com homens em chat... Peço a TODOS!!!! OREM POR MIM....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E' compreensível porquê vc não consegue abandonar: Provérbios 20:9. So' ELE consegue fazer isso. Faz parte do sistema GRAÇA. Funciona muito bem quando o desejo de mudança está aliado ao desejo de agradar, satisfazer, a vontade do Criador.

      Excluir
  42. Ola! Eu simplesmente amo esse blog !!
    Não tenho que lutar contra atrações por pessoas do mesmo sexo, mas tenho um amigo que precisa lutar, e ouvir a história dele me motivou mt a estudar este assunto.
    Sempre choro lendo essas histórias aqui, vou começar um grupo de estudos na minha igreja, com rapazes que estão abandonando a homossexualidade, e gostaria mt de saber mais sobre sua historia, liga a nosso amado Jesus.
    meu e-mail é gege_mj@hotmail.com se puder entrar em contato, será um prazer :)

    ResponderExcluir
  43. Senti sinceridade no seu testemunho. Senti verdade, obrigado.

    Geralmente, quando as pessoas falam sobre homossexualidade é sempre num tom agressivo. De julgamento, deboche e ironia, nunca compaixao. Mas aqui foi diferente. Pra maioria das pessoas é algo do tipo "simplesmente mude" "cria vergonha na cara e vira homem", mas quem sente na pele sabe que não é assim que funciona.

    Imagino que muitos se voltaram contra voce, vieram te confrontar. Eles nao acreditam, mAs Deus muda as pessoas. Eu aprendi que estou na carne e que preciso nascer de novo. Eu me sinto um lixo por causa desses desejos e a pornografia, hoje mesmo vi porno e estou cansado disso. Deus é minha única esperança. Que Ele abençoe cada um de nós.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "QUEM SENTE NA PELE SABE QUE NÃO É ASSIM QUE FUNCIONA"

      Excluir
  44. Que história EDIFICANTE!
    Isso me convence ainda mais que é possível se libertar do homossexualismo (masculino/feminino) e que ninguém NASCE GAY como a ideologia gay prega!

    ResponderExcluir
  45. não vejo a hora de nascer de novo... aceitei a JESUS so que ainda acho que não estou liberta disso :(
    ainda gosto muito da minha ex ... enfim, sei que o Senhor ainda vai me mudar como te mudou :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém! Parábola do semeador: "Eis que o semeador saiu a semear. E, quando semeava, uma parte da semente caiu ao pé do caminho, e vieram as aves, e comeram-na; E outra parte caiu em pedregais, onde não havia terra bastante, e logo nasceu, porque não tinha terra funda; Mas, vindo o sol, queimou-se, e secou-se, porque não tinha raiz. E outra caiu entre espinhos, e os espinhos cresceram e sufocaram-na. E outra caiu em boa terra, e deu fruto" Mateus 13:3-8. Mostre a DEUS que o solo do seu coração recebe bem a Palavra e é capaz de frutificar! A FÉ é a vitamina. A incredulidade o VENENO! Siga CRENDO!

      Excluir
  46. Que história real louca e legal. Li tudo. Eu gosto de ver homens pelados sarados vídeos e essas coisas mas nunca fiz sexo com homens nem mulher sou virgem tenho 23 anos e verdade. E o prazer da carne mesmo eu quero ser heterossexuaAl ter filhos e uma esposa estou lutando a cada dia para vencer isso. Vc citou suicídio que nunca pensou. Eu já pensei em cometer e uma maldição que fica dentro de vc se for fraco vc acaba fazendo.mais eu por ter uuma cabeça boa não faria mais e tentador. O prazer da carne e muito forte mais o espírito tem que vencer. E complicado não saber a sexualidade certa. Mais eu sei de uma coisa existem homens e mulheres. Vou tentar mudar acredito ser mais fácil pelo fato deu não ter feito seXo homossexual ainda nem heterossexuais mais vou tentar. Parabéns seu relato e muito bom.

    ResponderExcluir
  47. Obrigado pelo conteúdo ! Isso só reforçou que devo continuar sendo homossexual mesmo, até tinha dúvidas se devia tentar virar heterossexual mas isso é totalmente irrelevante e ilógico. Não li todos seu textos mas é evidente a sua frustração com a realidade "gay" que viveu, infelizmente. Minha vontade de ser heterossexual vem da pressão social, do preconceito, das expectativas dos outros por você ser homem e ter que casar (com uma mulher) e ter filhos. Viver sobre as expectativas dos outros é suicídio !!! . Houve um tempo que tentei sim ser heterossexual e até me iludi achando que estava dando certo, por sorte acordei e vi que estava perdendo um tempo precioso da minha vida e que poderia ser utilizado para a prática do bem e da minha evolução pessoal. Ser gay não tem nada de errado, é só a atração pelo mesmo sexo, só isso, nada mais, nada menos. O problema é todo o contexto social construído sobre isso, o preconceito, mas se você parar pra meditar e se aprofundar sobre o que é homossexualidade (e qualquer um pode fazer isso) vai perceber que toda essa discussão e problematização não faz sentido. Atrelam promiscuidade, AIDS, perversão, drogas, demônios e tudo o que há de ruim na homossexualidade sendo que homossexualidade é só a atração pelo mesmo sexo, nada mais, nada menos. Não há moralidade na homossexualidade, não há certo ou errado na homossexualidade. Sobre o mundo gay que a maioria enxerga na mídia como promíscuo, com gestos femininos, obscenidade, pornográfico, cheio de drogas, sexo, AIDS, (e quem sabe até com o demônio no corpo), eu posso dizer: Você quer viver isso ? Se não quiser não viva, simples :) ! Existem gays cultos, inteligentes, saudáveis e com vontade de fazer o bem, com ética e lutando por um mundo melhor ! Se você não conhece nenhum que tal começar a ser ?. Eu tenho medo do tipo de pessoa que se forma ao ler e se comprazer com esse tipo de conteúdo na internet, isso infelizmente reforça o preconceito e a homofobia, o julgamento do próximo, propaga um discurso contra algo tão natural mas tão mal compreendido !

    Felizmente 100% dos conteúdos na internet contra a homossexualidade se baseiam em experiências pessoais traumáticas, falta de informação, preconceito, infelicidade, religiosidade, e principalmente: atender as expectativas dos outros.
    Decidi não atender as expectativas dos outros e da sociedade (que já entendeu que a homossexualidade é normal), espero que outros consigam fazer o mesmo já que motivos e informação para isso não faltam.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você se deleita na vida passageira e encontra sentido nisso vá, siga com os pés no chão. Resta pouco tempo para você experimentar mais dela, talvez anos, talvez segundos. Deus te deu livre arbítrio, use como você achar melhor! Nós fazemos uso dele nos importando com Deus! Fazer sexo com o órgão que expele fezes e odores insuportáveis nunca vai ser normal enquanto existirem pessoas que fazem o uso natural desse órgão. :-) Boa sorte na sua existência!

      Excluir
    2. Não ! Não ! Não ! Ser gay não significa uma vida ruim e nem que sua vida vai ser fútil e falsa, e o sexo anal, se não quiser fazer não faça ! Simples ! Como disse anteriormente ser homossexual nada mais é que a atração pelo mesmo sexo, nada mais, nada menos, ser homossexual não inclui um pacote de características como fazer sexo anal, ser ativo, passivo, versátil, ter uma vida horrível e não ser feliz, não inclui moralidade nem é passível de julgamento. Qualquer ponto negativo que você aponte sobre a homossexualidade esta totalmente errado pois como disse a homossexualidade é perfeitamente natural e não é passível de julgamento.

      Observe quando escreveu:

      "Fazer sexo com o órgão que expele fezes e odores insuportáveis nunca vai ser normal enquanto existirem pessoas que fazem o uso natural desse órgão"

      Você apontou o ato do sexo anal como um fator ruim da homossexualidade. Poxa mas, peraa.... Todos homossexuais fazem sexo anal ? Se eu for homossexual eu sou obrigado a fazer sexo anal mesmo contra a minha vontade ? Poxa... pera.... eu não tenho livre arbítrio ? Eu não posso ser homossexual e ao mesmo tempo não fazer sexo anal ?

      Sexo anal não esta atrelado a homossexualidade assim como as mil e uma outras características vividas por você pessoalmente e outros homossexuais. Simples. Qualquer outra característica ruim que possa apontar (e todas que já apontou no site) não podem ser atreladas a homossexualidade pelo simples fato da homossexualidade ser SOMENTE a atração pelo mesmo sexo, o resto já é a pessoa, a personalidade, a realidade, os desejos dela. O que vejo aqui são experiências ruins e traumáticas de pessoas que por sofrerem tanto por serem homossexuais optaram seguir esse caminho para se livrar da dor. Cada caso é um caso, cada um tem sua realidade. Querer atrelar tais argumentos limitados para recriminar a homossexualidade como um todo já é por si só insatisfatório.

      Como disse eu tenho MEDO das pessoas que passam por esse processo pois adotam sua experiência limitada da "cura da homossexualidade" como justificativa que a homossexualidade não é natural, propagando o preconceito e a homofobia. Exemplo disso é seu comentário sobre o sexo anal. Eu acredito no caminho do amor e da aceitação, e também em Deus, não o Deus das religiões cheio de regras, punições e também limitado, mas no Deus ilimitado e que só o ilimitado (assim como eu, você e todos nós) pode compreender.

      Excluir
    3. Cara entra no teu caixão feliz! Vai viver tua homossexualidade. Para de encher o saco... Este meio de comunicação é para quem quer mudar, busca mudança. ACREDITA, SONHA, DESEJA, NÃO VIVE [ SEM ] ela. Não precisa escrever textos gigantes para justificar coisa alguma, vai e viva sem prestar contas. Boa sorte, tudo de bom...

      Excluir
    4. Tudo bem, só por deixar publicar o comentário já fico grato. Espero que não remova. Igualmente boa sorte, tudo de bom...

      Excluir
  48. Que Deus tire a homofobia e o preconceito ! Amém!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que tire mesmo o preconceito (também) contra quem quer deixar de ser gay! Amém!

      Excluir
  49. Gostei do seu testemunho.... Deus foi muito bom n tendo deixado vc ser infectado com nem uma doença.......... eu n tive tanta sorte.... o presentinho do Diabo vai me levar pra cova mais cedo um dia...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ou não! Quem dita as regras não é o mal. O mundo espiritual é real se aproxime dEle e pode se surpreender.

      Excluir
  50. Irmão, encontrei essa página procurando apostilas de estudos para esse tema. Impactada com o amor de Deus na sua vida, aliais na nossa.
    Seu site será de grande ajuda para muitos, as dicas de livros maravilhosas, ainda estou explorando aos poucos.
    Deus o abençoe, abraços.

    ResponderExcluir
  51. Sou mulher,estou a três anos num relacionamento afetivo com um homossexual,ele nunca admitiu para mim que é,pelo contrario ate parece ser meio preconceituoso em relacao aos homossexuais,eu sei que ele sai com outros homens, sofro muito, mas o amo muito.Sei que ele tb gosta de mim, mas a homossexualidade fala mais alto,tenho pensado em desistir.

    ResponderExcluir
  52. "Ele nunca admitiu para mim que é..."
    É um grande problema nem ao menos o desabafo deste conflito. Já pensou em antes de desistir tentar ajudá-lo dizendo que sabe tudo e tirar dele a resposta do que ele realmente quer?! Se ele estiver conformado será difícil pra vc. Se for algo que ele reconhece que precisa de ajuda, será fácil pra vcs. Podem se ajudar. Se há realmente amor, tá aí um bom remédio. Frisando que se vc ver que há conformismo (ele parece gostar de como está) melhor vc não se machucar. Lembrando que há outros dois remedinhos perfeitos: FÉ & o Tempo de Deus. Qualquer que seja sua maneira de lidar com isso: vai exigir esforço e paciência.

    ResponderExcluir
  53. Obrigada por me responder, não tenho com quem falar sobre isso, as vezes penso que vou surtar. Antes de escrever aqui pedi para Deus me mostrar um caminho, e acho que ele me respondeu.FÉ & o Tempo de Deus, paciência eu tenho bastante, e sem esforço ninguém consegue nada nessa vida.Obrigada pelos conselhos.

    ResponderExcluir
  54. Você que chegou até aqui depois de ler todos os comentários.
    Reparou o que todos tem em comum?
    Todos são evangélicos.
    Tirando o suposto autor do blog, que se recusa a se identificar, NENHUM conseguiu parar de sentir tesão pelo mesmo sexo.
    Você não tem culpa de nada, cara. Não é castigo dos deuses, não é punição por você ter visto um filme do Rambo sem camiseta quando tinha 5 anos, não é em função do seu relacionamento ruim com o seu pai babaca. É só o jeito que você é. E não, rezar pra uma estátua de gesso não vai mudar nada. Se afaste dessas pessoas que jogam as rédeas das suas vidas para entidades cósmicas. E vá conversar com um psicólogo a respeito. Esse é um cara que estudou tudo o que a humanidade sabe sobre comportamento humano desde que a gente aprendeu a fazer fogueira, é ele quem vai te ajudar, não o anônimo do blog que foi uma pessoa horrível com todos os relacionamentos que já teve - leia acima - e acordou um dia com pó de pirlimpimpim "hétero".
    Boa sorte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eita! Sonda o blog um pouquinho mais homi! :-D :-D

      Excluir
  55. Lindão, tem um comentário seu de três anos atrás pedindo para um hipnotizador te ajudar a deixar de ser gay. Enquanto isso tem testemunhos da sua conversão desde 21/1/2013. Na boa, conserta a cronologia da sua tese ai pra ficar menos feio.

    src, já devidamente printada (vai que some, né...): https://www.youtube.com/channel/UCRiDFEQqrkwPwBq94APeWxg/discussion?lc=z23xcnpwprv4xz02tacdp4343ayegfkuyojzphkeohhw03c010c

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo "lindão" rs. Eu fui regenerado em maio de 2012. Este meio de ajuda, o blog, existe desde setembro deste mesmo ano. Depois de conhecer pessoas em desespero fui em busca de toda forma de ajuda possível não para mim [ mas para elas ] e as que consigo encontrar estão expostas aqui! Que legal saber que você vai ter uma coleção de prints meus. Quer que eu te indique mais um? No blog da Rosangela Justino, psicóloga, eu conto meu caso como se ainda fosse gay para conseguir mais informações precisas. Passa lá e printa também. Abraço fã!!!

      Excluir
  56. Olá! Meu nome é Rodrigo, tenho 38 anos, moro no Rio de Janeiro. Eu andei pesquisando na internet sobre o tema homossexualismo/homossexualidade. Você faz muito, muito bem ao expor o seu testemunho! Graças a Deus por isso, pois passa esperança! O histórico da minha vida é conturbado devido ao tema em questão. Sendo bem sucinto, eu desenvolvi depressão na adolescência por conflito com o impulso homossexual. Parei em psiquiatra e, quando tive melhora da doença, procurei viver segundo o sentimento. As experiências com os relacionamentos que tive somente agravaram o transtorno depressivo. Hoje, eu me seguro na fé em Deus, no Senhor Jesus, agradecendo pelo amor e por Ele me manter vivo. Sou HIV positivo. Reconheço as consequências da procura por um companheiro. Mesmo com os prejuízos devido ao meu erro, graças a Deus, não me relaciono mais com homens. Não consegui por esforço próprio. Agradeço ao Espírito Santo pela compaixão por mim. Espero ser feliz de verdade, agradecer a Deus por isso e deixar de sentir atração por homens. Obrigado pelo testemunho e por citar trechos da Palavra de Deus! Aguardar o tempo dEle... Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelas palavras, pela confiança! Você já entendeu a didática de Deus (o TEMPO) e já tem experiências suficientes para saber que Ele é o melhor caminho. Que bom contar com sua existência no Reino!

      Excluir
    2. Irmão, por favor, peço que ore por mim quando em intimidade com nosso Senhor.
      Graças a Ele, eu estou bem e em paz ao deixar vivência homossexual. Saiu uma espécie de peso.
      Eu compreendo que devo aguardar o tempo de Deus na minha vida para renovação completa, até que a atração pelo mesmo sexo deixe de existir. Sim, é possível.
      Por perceber que você está há mais tempo firme na fé, eu faço esse pedido de oração para que o Senhor Jesus trabalhe a vontade dEle em minha vida.
      Agradeço desde já a oportunidade desse espaço para mensagens.
      Boa semana, irmão!

      Rodrigo Silva dos Santos.

      Excluir
    3. Amém irmão! Que o Senhor Deus recompense sua confiança!

      Excluir
  57. Cara, ótimo o seu testemunho.
    Tive uma história de abusos e práticas homossexuais também, mas Deus é poderoso, e ele pode mudar a nossa história.
    Atualmente eu me encontro em uma crise pós cura. rsrsrs Não tenho mais as práticas homossexuais, mas inda tenho pensamentos em relação a homens. Vontade nenhuma eu tenho de voltar para vida imunda, mas minha carne clama por sexo gay, e por pênis. Para mim isto tudo está recente... Gostaria de saber se quando Deus operou a cura em seu coração, você instantaneamente perdeu todos os desejos carnais e pensamentos promíscuos...

    Apesar de fazer alguns longos anos da publicação, gostaria de uma resposta, por que realmente faria diferença em minha vida...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Primeiro parabéns pela sensibilidade no vocabulário: operou a cura no CORAÇÃO. O importante é você lembrar que é uma caminhada! De bebês até maduros na fé. A nossa carne ela se moldou a homossexualidade, então qualquer desanimada na vida espiritual tudo volta. Quando fumei maconha de novo numas aventuras foi assim: tudo voltou. Por isso alerto se manter sóbrio (se for seu caso -
      peça ajuda de Deus se não conseguir sozinho - claro!) Então não ache estranho crise pós cura. Normal, faz parte. O que importa é todo processo de nova natureza já ter se iniciado e está em construção. Continue se expondo ao Reino! Obrigado por comentar.

      Excluir


Postagens populares

Contador de Visitas

VISITE TAMBÉM: