O Confessionário































Este espaço foi criado em novembro de 2014 na esperança de que seja, para você, um lugar de desabafo. Um lugar de troca de experiências, vivências. É o momento de tirar o julgo das costas, o fardo pesado da compulsão e atração indesejada por pessoas do mesmo sexo. Aqui você desabafa para sentir-se aliviado! Como quem acredita nas palavras do Deus que se apresentou aos judeus você sabe o poder da confissão. Se você é ateu não deixe de desabafar, use este espaço como um divã. 

A ciência moderna já nos garante que muitas doenças são geradas pela falta de perdão, pela raiva e ódio interior. Certamente o simples desabafar sincero do coração já vai anestesiar sua dor. Seus conflitos. 

Tente falar absolutamente tudo que considere necessário. Evite o uso de palavras que poluam este espaço. Tem como! Mas se você não conseguir, será lido mesmo assim. Até as coisas mais bizarras e carnais devem ser confessadas, ok?!

A intenção é que você “vomite” tudo o que te faz sentir-se espiritualmente mal. Aqui não é um local de julgamento, mas de compreensão! Pode comentar como anônimo ou não. 

Após confessar você é livre para pedir um apoio em oração, ou até mesmo indicação de livros e conteúdos.

Seja bem vindo ao Confessionário – A autenticidade dos fatos é obrigatória aqui. 

Se você quer ficar bem: não esconda nada!





206 comentários :

  1. me senti homossexual passivo por 24 anos, agora com 25, so penso em mulher romanticamente e so imagino transa r com mulher , porem tenho ido em banheiros publicos e sido masturbado por homens, esse é o meu pecado, nao tenho desejo de penetrlos nem de ser penetrado, nao tenho desejo de bijalos, nem nada romantico, so tenho desejo de ser masturados, quando ele pedem pra me chupar eu nao deixo so permito a masturbaçao... tem 10 dias que estou sem isso e quero me libertar completamente... sou evangelico desde nascimento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela confiança anônimo. O primeiro passo você já deu: ser generoso e reconhecer o seu pecado. Cristo veio exatamente para pecadores assumidos. Para os doentes espirituais. Acredite no Tempo de Deus em sua vida. Você disse: quero me libertar completamente. E isso é fé: outra coisa que o Criador espera de nós. Está no caminho! Como você percebeu ser evangélico desde o nascimento não mudou a realidade de sua natureza carnal. Para vencer completamente o pecado como vc já almeja é necessário uma nova natureza. E você já está gerando ela! Não desista, não deixe nunca parecer "normal". Obrigado por comentar.

      Excluir
    2. sei o que vc passa amigo, estou um pouco mais de seis meses distante desta pratica e um pouco menos de frequentar estes ambientes e logo em seguida sair...tenho recebido a ajuda de alguns amigos pastores e me comunico com o criador do blog e um outro amigo. Se quiser conversar sobre o assunto deixo aqui meu e-mail alternativo e lá passo melhores contatos como telefone e meu e-mail pessoal para podermos nos apoiar em testemunhos de vitória e se houver quedas(que Deus não permita) estaremos juntos lembrando da misericórdia deste Deus vivo que odeia o pecado mas ama o pecador...graça e paz
      att
      Ton

      Excluir
    3. este é o meu e-mail liberdade20151@gmail.com

      Excluir
    4. A PAZ DO SENHOR JESUS

      VENHO CONVIDAR A IGREJA PARA A 2 CONFERÊNCIA DE SEXUALIDADE

      DIAS: 11/08 (SEXTA) ÀS 19:00 HS E 12/08 10:00 ÀS 21:00 HS (SÁBADO).

      LOCAL: RUA MONTEVIDÉU, 1991 PENHA, RIO DE JANEIRO.
      ASSEMBLÉIA DE DEUS VITÓRIA EM CRISTO (ADVEC), PENHA RJ.

      CONTATO: 21 979246111 FALAR COM DRA MÔNICA (WHATSAPP).

      ENTRADA FRANCA !!!

      QUEM VIER DE FORA DO RIO DE JANEIRO TEM LUGAR PARA FICAR NA IGREJA.

      FAVOR FALAR COM ANTECEDÊNCIA.

      Excluir
  2. Olá, estou prestes a completar 30 anos, desde que me conheço por gente, ou seja, desde que comecei a raciocinar me encontro nesta condição homossexual. Até meus 16 anos levei uma vida de dupla personalidade hora na igreja, hora mundo a fora praticando o pecado da homossexualidade. Há pouco mais de 3 anos tenho um relacionamento estável com outro homem, mas de algum tempo pra cá essa pratica teme incomodado bastante, há pouco mais de 30 dias nao consigo se quer olhar para o meu próprio órgão genital. Tenho certeza que isto é obra de Deus, eu sei que aos poucos estarei novamente nos caminhos de Deus só que desta vez verdadeiramente livre e liberto. O que ainda é faz relutar um pouco é o fato de trabalhar e morar em uma cidade vizinha a minha família ou seja a mudança não consiste em simplesmente voltar aos caminhos de Deus e sim romper com o relacionamento, voltar a morar com minha família, mudar de emprego etc... Deus conhece verdadeiramente o desejo do meu coração, eu nunca me convenci desta condição. Peço a Deus que conforte tambem o coração do meu futuro ex companheiro. Obrigado pelo espaco. Orem por mimm

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pessoas sinceras! Corações sinceros! É o que Ele procura anônimo. É como um imã: quanto mais sincero somos, mais de Deus temos. Eu também tive um relacionamento intenso, mas o sentimento nunca convenceu-me da não-anormalidade da prática sexual homossexual. E não é o amor, o sentimento, que Deus adverte. Amar ao próximo é mandamento. É advertida tão somente a prática do sexo homossexual. Você está sendo sincero. Está fazendo uso do racional. E, te garanto, se continuar assim alcançará a transformação radical. A libertação completa do desejo. Deus entregou a um sentimento perverso aqueles que NÃO SE IMPORTARAM de ter conhecimento dEle (Romanos 1-28). Você se importa! Você o ama! Isso é perceptível porque o que Ele diz tem mais valor para você do que sua atual "felicidade". Quem leva o sentimento perverso pro caixão, é porque não deixou Deus entrar no coração para limpá-lo. É isso cara... sua verdade é espetacular! Lembre-se que Ele é quem nos investiga por dentro! Não conseguimos esconder coisa alguma dEle. Ele nos sonda no mais profundo e escondido. Este teu sentimento sincero é o suficiente. É o ingrediente principal para mudança. Associado a ele está o tempo de Deus. Não dê ouvidos aos religiosos fanáticos que vivem o evangelho de letras mortas. Dê lugar para o verdadeiro evangelho: o espiritual. Porque Deus muda as pessoas radicalmente de dentro para fora, e não de fora para dentro. Juntos estamos em oração anônimo. Eclesiastes 3.1.

      Excluir
  3. Olá, tenho 30 anos, costumo dizer que "nasci" na igreja, infelizmente isso não me impediu de viver o homossexualismo, a história e longa.. entretanto, em fevereiro deste ano voltei pro Senhor, logo após de sair de um relacionamento de um pouco mais de 1 ano, com um garoto de 19 anos, eu vivi muitos dias de pecado, viciado em pornografia de todo tipo, e masturbação, e sexo, eu saia quase toda noite pra um lugar onde homens vão frequentemente em busca de sexo casual, e e eu chegava a ficar com mais de 5 caras em algumas horas, as vezes com mais de 2 ao mesmo tempo, mas isso sempre me fazia muito mal, sempre que ia embora eu me sentia sujo, um lixo, vazio, e com saudades de tudo q ja tinha vivido com o Senhor... enfim depois de alguns problemas, resolvi voltar mesmo pro Senhor, e tentar mais uma vez(já que eu estava um pouco desanimado de tentar, por sempre acabar me afastando e pecando novamente), estou firme desde q voltei(fevereiro 2014), e ja estou envolvido no ministerio de jovens na minha igreja, onde canto, e recentemente fui convidado a ser professor da escola biblica para jovens, o que me deixa muito feliz, e me faz buscar mais ao Senhor já que preciso estudar a biblia, e buscar a revelação do Espirito santo pra instruir os jovens.. mas ainda fico triste as vezes, quando percebo que os homens ainda me chamam atenção, quando to andando na rua e vejo um homem bonito e fico tentado a olhar.. e nos ultimos dias pensamentos e até sonhos me incomodam, estou desde que voltei pro Senhor em fevereiro, sem nenhum tipo de atividade sexual, nenhum, mesmo, e acho q nao sinto falta, e isso eu sei que é a graça do Senhor, somente pela graça, pelo poder do Espirito isso e possivel! até mesmo filmes e programas de tv e na internet q costumo assistir, tomo o cuidado filtrar tudo que possa ter algum conteudo pornografico, leve ou não, qualquer cena de nudez eu descarto logo, pra não dá vasão a algo pior... desejo vencer isso de verdade, não penso em casar ter filhos, nem oro a Deus sobre isso, acho que me dou bem com o celibato, mas esses sentimentos homossexuais me entristecem, e ainda me fazem sentir sujo, imoral, vazio, triste... alias, quero mencionar tbm, que devido ao nivel de pornografia de todos os tipo que eu assisti, e toda depravassao sexual que eu buscava, hoje eu pago um preço por isso, porque tenho uns pensamentos que prefiro não mencionar aqui, que me incomodam e perseguem no dia dia, busco libertação dessas sequelas... enfim.. é isso.. orem por mim, não quero tropeçar nem cair...

    ResponderExcluir
  4. Anônimo, talvez você tenha lido minha declaração lá em cima a 2° desta página. Estou prestes a completar 30 anos, vivo um relacionamento gay há 3, confesso que está situação me incomoda, te tira a paz. Hoje minha oração diária é para que Deus retire este sentimento do meu coração e também do coração do meu futuro ex- companheiro. Me identifiquei bastante com a sua antiga situação, em relação ao sexo promiscuo e etc. Estou buscando maneiras de por fim a este relacionamento confesso que esta bem difícil. Mas com a graça de Deus quero alcançar assim como você alcançou. Há, assim como você, também já orei a Deus pedindo para tirar o meu libido, por amor a Cristo viveria no celibado. Deus tem tocado em meu meu coração, como se dizesse: ainda há uma chance. Irmão ore por mim, que irei orar por você. Fica em paz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gente... continuem sonhando pelo fim dos desejos. Sonhar é ter fé! Vocês não estão vendo o sonho realizado, mas esperam ansiosamente para que aconteça. Sem fé ninguém agrada e alcança a Deus. Não é o caso de vocês! E, anônimo do segundo comentário... Posso sugerir algo? Deixe que o próprio Deus termine sua relação, pois assim terá a certeza que não terá remorso. Ele fará da forma perfeita. Falo por experiência própria. Hoje espero a mudança do meu último companheiro. Meu coração torce por isso. Sei bem como você se sente. O Celibato é uma vontade muito bonita. Depois que vocês estiverem completamente espirituais essa opção parece que vai ser regra, rs. O Apóstolo Paulo sentia isso na pele, e para ele era a coisa mais tranquila e fácil do mundo. O segredo é o nível de intimidade com o Criador, o nível espiritual que estamos. E claro: o chamado para isso. Eu cheguei a envolver-me com uma moça, mas Deus tem me convencido fortemente do "celibato". Eu trocaria esta palavra por realização pessoal em Deus. Sinto-me tão completo com Ele. Preocupo-me tanto com o Reino, que vejo os relacionamentos como um impedimento para uma entrega total. O principal ele provou à minha mente: consegui sentir excitação depois do nascer de novo. Vocês devem imaginar como é complicado para alguém que rotulava-se passivo. Agora até isso perdeu a graça, rs. A vontade de se excitar por mulheres já foi sanada. Tenho esse amor gigante que vocês já sentem em seus corações. Amor pelo Pai. Isso completa-me como ser humano e todo restante é sem graça, sem sentido e desmotivante. Afinal eu só tinha um sonho: e já o realizei. Se pintar uma mulher é porque foi vontade de Deus. Galera, estamos juntos em oração. Lembrem-se de orar só por uma coisa: para nascerem de novo. Peçam para Deus que esta palavra cumpra-se em suas vidas. Foi o próprio Cristo que afirmou: "necessário é nascer de novo". Só assim vocês viverão a plenitude das escrituras eternas e sagradas. Orem por isso. Amém!

      Excluir
    2. pq demora tanto esse processo.....muito difícil meu Deus.....me ajuda.....

      Excluir
    3. Se você colocar o seu tempo de vida aqui na Terra ao lado da Eternidade vai ver que esse tempo de provação não seria nem segundos. Vc está vivendo a fase de mostrar que tem fé mesmo, e fé inabalável. Siga firme, o resultado COM DEUS é sempre bom e perfeito!!!

      Excluir
    4. olá! Eu sou uma mulher, venho aqui por que me envolvi com um homossexual.
      Nós não chegamos a namorar. Um dia ele revelou seu interesse por mim e estivemos conversando desde então. Sempre desconfiei mas, algo no meu coração disse para seguir com isso.

      Passados uns meses notei estranheza nele: antes sempre empolgado começou a se distanciar. Notei a proximidade com outro cara, que sabia que era gay.

      Chegou a um ponto de eu perguntar sobre a sexualidade dele, somos muito amigos, graças a Deus, e ele me confessou que está confuso sexualmente.

      Ele disse que desde a adolescência sente atração por homens, até que sentiu por mim. Tudo estaria certo, mas o desejo por homens não foi sanado e ele adquiriu sentimentos por esse rapaz.

      Ele está muito triste e confuso, e eu também, já que gosto muito dele!
      Eu queria saber se vocês ja sentiram desejo por uma mulher, se isso é normal ou eu posso ter esperança de que é a vontade de Deus sendo revelada.

      obrigada, conto com a ajuda de vcs!

      Excluir
    5. Olá anônima. Obrigado pelo comentário. Espero que outros também te respondam. Bem... tudo indica que ele está vivendo a bissexualidade. Você disse que ele está confuso, e a bissexualidade confunde mesmo. Como vocês são amigos e podem ter um diálogo aberto pergunte a ele sobre os anseios dele para o futuro. Ele se enxerga casado com uma mulher, tendo uma família com ela, ou adotando filhos e tentando construir algo com homem. Ele precisa se encontrar nessa questão até para evitar machucar pessoas. Pergunte também se o lado homossexual não o machuca, não o fere, de alguma forma. E se sim, se ele estaria disposto a mudar isso. E é onde vc entra para caminhar junto nessa trajetória.

      Na guia Ciência deste blog, há alguns psicólogos que trabalham com a terapia de reorientação sexual. É comum o homossexual migrar para bissexualidade e após isso ficar apenas na heterossexualidade. Isso tratando-se da ciência. Assista os vídeos de lá. Entenda um pouco melhor a parte técnica dessa mudança.

      Para finalizar. E que você não fique confusa. Tudo vai correr bem se ele for claro com você. Ele quer ou não vencer isso. Se o desejo de mudar for sincero, real, ele tem tudo para conseguir. Ele já está na frente de muitos, já que possui desejo por você. Se era impossível para ele, porque não dizermos que já é sim um trabalhar de Deus na vida dele né!

      Confirme isso: antes de você ele só sentia atração por homens? Ele sabia que era exclusivamente gay? Mulher era impossível?

      No começo dessa resposta eu apenas cogitei a bissexualidade, mas pelo seu relato parece que nem sempre foi assim. Confirme as perguntas anteriores. A própria Ciência reconhece essa mudança natural de desejos: "descobre que sua orientação sexual está mudando”. (Cf. CIDs: F66.1 e F66.0).

      Falamos de Deus... falamos de Ciência, mas ele precisa se encontrar, rs. Continue ajudando ele e automaticamente se ajudará. Não se machucará! Siga firme com o pé no chão. Você quer o bem da relação, mas se a pessoa disser que não quer mudar, sai fora... Boa sorte!!!

      Excluir
  5. Tentei de tudo e não consegui vencer o homossexualismo. Eu odeio essa vida desgraça, e horrivelll.. Pois vejo os casais héteros em parque com seus filhos feliz.
    penso meu DEUS eu nasci para sofrer e ser infeliz, morrer sozinho sem ninguém do lado..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo eu sei como você se sente, já passei por isso. É triste essa sensação de impotência! Não queremos uma vida artificial, sonhamos com uma vida natural e respeitando a própria biologia né?! Mas calma, você tentou de tudo, provavelmente de tudo ruim que realmente não funciona. Há solução. Se for realmente um sonho você vai conseguir. Dê uma investigada neste blog. Todos aqui já passaram ou passam pelo mesmo que você.

      Excluir
  6. Tenho 17 anos e desde pequeno sinto atraçao por homens , ja me masturbei diversas vezes pensando em homens e sempre me sinto culpado , pois desejo ter uma vida normal , casado com uma mulher e com filhos. Quando eu era pequeno meu pai nao me dava muita atençao e eu passava mais tempo com minha mae e minha irmã, na rua sempre me chamavam de viadinho , pelo fato de eu não gostar de futebol e tambem por causa da minha forma de andar , diziam que eu andava igual bailarina. Sofri muito com.isso na infância. Também sinto inveja dos rapazes que são mais independentes e másculos , porque eu sempre fui muito tímido e quieto e nunca consigo me defender das pessoas e isso também é algo que me incomoda bastante . Já entrei muitas vezes em sites de pornografia gay e de bate-papo gay , diversas vezes já tentei marcar encontros com outros gays , mais só consegui isso uma vez e acabei me arrependendo , não aconteceu nada entre nós, pois logo pedi pra ele ir embora . Estou tentando pedir a Deus todos os dias que tire isso de mim , quero muito ter uma namorada e ser feliz , mas com esse desejo q tenho em mim nada disso vai ser possível. Quero muito ser feliz como todo homem é , por favor me ajude , irei orar muito para alcançar essa felicidade .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá boa tarde,
      Sei como você se sente pois vivi algo muito semelhante.
      No entanto, eu iniciei minhas relações homossexuais aos 14 anos com amigos de infância. Fiquei viciado em troca-troca por cerca de dois anos. Apesar disso, eu tive paixões, namoradas e relações heterossexuais. Me converti aos 20 anos e fiquei 4 anos pedindo para DEUS tirar de mim alguns desejos e fantasias eróticas que tinha, mas os sentimentos não saiam. Até que um dia fui traído por um amigo, que eu tinha confessado que sentia atração por ele. Enfim ele contou para minha namorada e para varias pessoas da igreja, e fui obrigado a confessar aos lideres da igreja. Na verdade um dia antes eu recebi de DEUS espírito voluntário, o mesmo que é citado no Salmo 55, e no momento da confissão estava em espírito de paz. Após este dia da confissão, todo sentimento homoafetivo foi removido por DEUS de forma sobrenatural. Aí eu entendi o que esta escrito em Tiago 5.15,16 - que devemos confessar os nossos pecados uns aos outros, para sermos curados e que a oração do justo pode muito em seus efeitos. Portanto, para que possamos ser restaurados temos que confessar para pessoas que tem dons e estão debaixo de uma unção que foi dada por DEUS. Ou seja a nossa própria oração não vai produzir a cura para a culpa, mas apenas o perdão, pois o pecado cometido impede nossa oração de ser respondida.
      O meu conselho para você é: busque em oração para que DEUS mostre a quem você deve pedir ajuda, confessando o seu pecado e seus sentimentos. Dependendo da situação pode ser que tenhas que revelar toda a situação para a família também.
      Sou teólogo e tenho chamado pastoral para atuar na área da sexualidade. Estou escrevendo um livro contando tudo o que passei e aprendi sobre o assunto.
      Se quiser entrar em contato para trocarmos mais experiência é só me escrever (neyfss@gmail.com)
      Abraços.

      Excluir
    2. Em total concordância! Valeu por comentar e parabéns por permitir-se. Só para quem é leigo no vocabulário cristão, unção é o mesmo que poder. É um poder real, é possível sentir até. Confesse sempre para todos que se dizem cristãos, mesmo alguns não sendo verdadeiramente. Você tem que apostar que qualquer dia desses vai se esbarrar com um que realmente tem unção de Deus. Um justo que ora e tem oração eficaz. Não esconda nada de ninguém! Até as coisas mais terríveis e inimagináveis. Não se cansem de confessar. E guardem no coração a esperança de encontrar um portador de unção. Da oração eficaz.

      Excluir

  7. Olá , tenho 17 anos e tenho sentido atraçao sexual por homens desde pequeno, o unico abuso que sofri foi quando tinha 10 anos , pra falar a verdade nao sei se foi mesmo um abuso , pois foi com minha irmã , ela ficava me beijando na boca e me agarrando , nada mais que isso. Ultimamente tenho me masturbado bastante pensando em homens, geralmente prefiro homens mais velhos do que novos. Quando eu era criança meu pai nao me dava muita atençao e eu vivia muito tempo com minha mae e minha irma, na rua sempre me chamavam de viadinho , principalmente por eu ser timido e quieto e tambem por eu nao gostar de futebol e andar de um jeito estranho , diziam que eu andava como uma bailarina. Desde os 12 anos q tenho me masturbado pensando em homens , mas graças a Deus nunca tive nenhuma relaçao sexual com homens. Posso dizer que ja tive alguma experiencia , pois quando tinha 10-11 anos eu ia brincar na casa de um amigo e eu e ele ficavamos nos acariciando e eu gostava daquilo e ele tambem parecia gostar. Hoje em dia ainda conheço esse amigo e ele parece gostar de mulheres , apesar de ele ja ter me confessado que acha que é bissexual, porem nao tenho certeza porque ele so falou sobre isso comigo uma vez e depois nunca mais tocou no assunto. Desde pequeno que meus pais brigam e isso sempre me influenciou , eu pensava q meu pai era ruim porem mudei de opiniao pois quando estava com 12 anos meu pai se aproximou mais de mim e hoje vejo ele como um grande amigo, mais infelizmente esses desejos por homens continuam, as vezes ate entro em sites de bate bapo gay e fico me mostrando na webcam , sempre q faço isso me sinto pessimo. Apesar de tudo isso tem uma garota que gosto muito ela é minha melhor amiga para mim , mas infelizmente ela tem namorado , sinto algo muito forte por ela nao sei se é amor , mas sei q tenho fortes sentimentos por ela , sempre que vejo ela ou penso nela fico sorrindo . Peço somente que me ajude , quero ter uma familia com uma esposa e dois filhos se Deus quiser, quero ser feliz ao lado de uma mulher , nao consigo me ver feliz com outro homem , entao obrigado pelo seu blog e por tudo. Que Deus lhe abençoe . Me ajude por favor , nunca fui muito religioso , e nem frequento a igreja , por isso peço q me ajude!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sua história está cheia de revelações. Nos leva a entendermos várias possibilidades para o surgimento dos desejos homossexuais. Você não é o único que entrou nisso por abusos cometidos por mulheres. E isso é sim uma forma de tornar-se homossexual. O bloqueio por mulheres pode ter sido imediato. Vamos conversar por e-mail? oexgay@gmail.com

      Excluir
  8. Olá, tenho 27 anos e sinto atração por homens. Já tive vários relacionamentos homossexuais, mas não sou afeminado. Por isso, ninguém imagina. Fui abusado aos 8 anos. Tenho um amigo que sabe toda a minha história, e me ajudou muito, mas nunca tive contato sexual com ele, pois ele não gosta de homens. Recentemente ele se afastou de mim e sumiu. Nisso me dei conta de que gosto dele e isso está me matando. Não aceito ser homossexual e quero muito a minha libertação. Preciso saber exatamente o que fazer! Quais são os passos a serem dados? Quem devo procurar? O que eu devo fazer? Por favor, me ajudem! Obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se eu te disser que espiritualmente você não tem que fazer nada, você vai ter fé suficiente para acreditar? Então, é isso! Porque Deus deixa claro que é o Deus dos impossíveis, então para Ele resolver esse seu problema é fichinha. Converse com Ele no seu quarto, em secreto. Só você, sua fé, e Ele. Não esqueça que há um tempo para tudo e nem pense em dar ordens no Criador da Vida.

      Humanamente falando, você tem habilidades. Você tem a capacidade de disciplina, você tem a capacidade de autocritica. De superação. E estas ferramentas vão te auxiliar no processo de se entender. Por que você não aceita ser homossexual? É para agradar seus pais? É para agradar os outros? Ou tão somente porque você percebe que seu corpo está sendo violado, e isso está te ferindo por dentro? A mudança tem que ser gerada por um desejo unicamente seu. Se for pelos outros: frustração na certa. Tem que ser um sonho. Uma vontade muito grande. Mais grandes que os "prazeres" da homossexualidade. Estes serão os combustíveis para você seguir firme. Humanamente falando vai conseguir deixar o estado e a dependência homossexual. Há relatos de pessoas que estão bem mesmo tendo alcançado 90% de progresso. Tudo desta segunda opção será por esforços próprios! A glória vai ser sua se conseguir. Se for algo que quer para ontem esta é uma boa opção.

      Vai ter que buscar as pouquíssimas fontes de mudanças que temos. Abandone a pornografia. É o combustível do desejo pelo sexo homossexual. Leia, estude muito, sobre a sexualidade humana, a fisiologia do corpo humano. Psicologia. Você passou por um abuso, vai precisar voltar às origens disso e tentar sarar qualquer sequela. Parece que não ficou nada, mas a verdade é que você não sabe como seria seu futuro sem aquele abuso. Vai ter que sarar essa dependência emocional por homens.

      São duas formas de mudança: uma pela fé. Outra pela razão. Uma você ganha a mudança completa (além da homossexualidade). É um presente! A outra é somente superação. Esta segunda vão dizer que você estará se negando. Mas se você não acha o sexo anal normal, é um direito seu que ninguém pode tirar de você.

      Ajuda de psicólogos no Brasil? Infelizmente vivemos num país gayzista. Terapia de reorientação sexual só la fora. Leia a guia "ciência" e "livros" deste blog.

      Você tem que entender se você quer viver a realidade de seu corpo. Ou toda a imensidão de possibilidades da sua mente.

      Excluir
    2. ATUALIZAÇÃO: Este blog [ http://exgaysfalam.blogspot.com.br/ ] tem uma equipe de acompanhamento. "ADHT: Precisando de um conselheiro para ajudá-lo a deixar a prática homossexual, escreva para defesa_hetero@yahoo.com".

      Excluir
    3. Olá tudo bem, nos temos um grupo de apoio que nos ajuda nas nossas tentações diárias, me envie um email que eu lhe add no grupo, joaocmartines@yahoo.com.br, todos nós somos filhos de Deus e merecedores da chance do arrependimento para podermos herdar o céu , não estas sozinho isso eu te garanto.

      Excluir
  9. Olá,sou uma mãe perdida sem saber o que fazer quando meu filho fala que é gay,um rapaz de 24 anos tímido não fuma ,não bebe não tem muito amigos ao vivo ,mais virtual existe um caminhão.E esse amigos são os primeiro ha falar que ele é gay,dão força eu acredito que por ele ser tímido ele procura na internet o que não consegui na realidade .Eu falo pra ele que ninguém nasce assim escolhi ser,então só depende dele,que ele deveria ter um relacionamento com uma menina antes .Mas isso hj é errado eu falo demais,juro que não sei com ajuda-lo,pedi a madrinha dele que é evangélica para me em dicar um profissional,que tive se uma doutrina ,eu sou católica praticante,fiz minha parte como mãe ,eduquei deu uma religião em fim fiz minha parte, mais o que mais me doeu mesmo é ouvir da boca dele que não acredita em Deus ,acho que isso é uma maneira dele não ver o seu pecado .O que eu devo fazer ?Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá mãe! O principal de tudo que você tem que entender é que o desejo de mudar tem que ser do seu filho. Ele tem que querer mudar não porque você deseja, ou outros. Qualquer tentativa de mudança para agradar terceiros será catastrófica. Se você vasculhar este blog vai perceber que eles querem mudar voluntariamente, espontaneamente, sem pressão de ninguém. Não force seu filho a nada. Deixe ele se entender. Vamos conversar mais por e-mail: oexgay@gmail.com

      Excluir
  10. Prezados, o Blog está de Parabéns! Muito Forte! Que Deus os Abençoe. Tenho experimentado a transformação da nova mentalidade em Cristo, e realmente é algo sobrenatural. Amigos, gostaria de saber se Vocês conhecem algum núcleo de apoio psicológico aqui no Rio de Janeiro pautado na palavra e que auxilie a ex gays?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ajuda de psicólogos no Brasil? Infelizmente vivemos num país gayzista. Terapia de reorientação sexual só la fora. Leia a guia "ciência" e "livros" deste blog.

      Os gayzistas não estão de brincadeira. E se quisermos algum tipo de auxilio psicológico iremos conseguir apenas exigindo na Justiça.

      Fique de olho na guia "palestras", quando é possível sempre está atualizada. Às vezes tem evento no Rio. Vídeos e livros podem ser seu psicólogo aqui no Brasil. Ex-gay é quem realmente mudou, e não quem está em processo de mudança. Ou querendo mudança. Não confundir as coisas vai te ajudar muito também.


      Excluir
    2. olá amigos... há sim um grupo de apoio no qual se reunem várias pessoas que entendem que necessitam desta libertação, elas recebem o apoio de 3 psicólogas e é totalmente gratuito... é na igreja Nova Vida de Duque de Caxias... primeiro há um acompanhamento individual e depois vem o apoio em grupo (se a pessoa assim desejar)... é uma irmã que trabalha no ministério de apoio familiar, normalmente ela está recebendo visitas na quinta de manhã... mas agora não me recordo o nome dela... mas segue o endereço Localização
      Vindo de ônibus temos as seguintes linhas: Praça Mauá – Gramacho (Reginas), Hospital DC – Gramacho (Reginas), Periquitos – Variantes (Reginas), Bairro dos Cavalheiros – 21 de Abril (Fábio’s) e Bairro dos Cavalheiros – Igreja São Jorge(Fábio’s)
      na dúvida entre no site ou ligue para lá e – Clique na imagem para ter acesso ao mapa e informações sobre as linhas de ônibus.

      Excluir
    3. ATUALIZAÇÃO: Este blog [ http://exgaysfalam.blogspot.com.br/ ] tem uma equipe de acompanhamento. "ADHT: Precisando de um conselheiro para ajudá-lo a deixar a prática homossexual, escreva para defesa_hetero@yahoo.com".

      Excluir
  11. Oi Ex Gays,

    Tenho 25 anos e convivo com a homossexualidad desde os 5, quando fui abusado por alguém da familia. Fui rejeitado e nao conheci meu pai, mas odeio e sempre odiei dar uma conataçao de vitima para minha historia, pois sempre fui à luta e acho que cada um carrega suas pedras, algumas mais pesadas que outras. Vivi fora de casa desde os 11 anos, quando minha mae trocou seus filhos por um amante durante 7 longos anos. Ela havia plantado o nome dela com o dele na terra, esse feitiço que poderia durar sete dias, sete meses ou sete anos. Nao é que foram sete anos destruidos completamente? Desde os 11 também tive experiencias com igrejas evangélicas. Mesmo antes, aos 7 anos, me lembro de ir sozinho para a paroquia catolica perto da minha pobre casa, me sentia importante levando o cesto que recolhia as ofertas daquela paroquia, me sentia incumbido e sabia que Deus existia, mesmo que toda minha familia o ignorasse. Mais tarde, aos 14 anos, meu tio, evangélico, foi meu pai espiritual e unica referencia masculina da minha vida. Ele me levou a igreja e Deus começou uma interessante obra. Lia livros os avivadores da Igreja nos EUA, Kenneth Hagin, T. L. Osborn. La naquela época, me lembro de ter sido batizado sozinho e de cueca em casa, quando li o livro A Autoridade do Crente, do Kenneth Hagin. Deus me batizou, fui lavado com aquele fogo, falei suas linguas estranhas e recebi seu espirito. Mas ali também começou a intensificar-se meus desejos gays. Apos passar pelas aguas, lembro me de olhar com desejo o irmao que viera de se batizar comigo. Santanas foi incansavel, apoiado na minha tendencia ao pecado homossexual..........

    ResponderExcluir
  12. Lembro me de fazer a obra de Deus, ir visitar familias nas favelas, aos 15 anos, orar por elas, falar do amor de Jesus, sempre com minha bicicletinha, orar por elas, até expulsar demonios!!! Mas ja naquela época lutava contra a masturbaçao e a explosao do desejo homossexual em mim. Até que, ainda um bebe na fé, pela minha rebeliao, nao aceitei um pastor charlatao e déposta que colocaram na minha igreja, eu sai da igreja assim como muita gente também saiu por causa desse pastor comedor de ovelhas. Fiquei com muita raiva, odio, porque eu ia de sol a sol evangelizar para trazer almas na igreja e quando elas estavam la, eram ignoradas por um ministério que so valorizava quem contribuisse financeiramente!!!! Eu desacreditei do amor de Deus. Entrei na faculdade de jornalismo ja desgarrado do Senhor. Me entreguei a todos os meus desejos. Encontrei um outro jovem como eu, o Felipe, que também conhecia a palavra. E juntos nos descobrimos gays e melhores amigos, passamos a ir aos clubes da regiao. Bom de la pra ca foram quase dez anos, fiz tudo o que tinha direito, sempre viajei mto, morei nos EUA, depois trabalhei num navio italiano, nunca tive um lar para poder voltar, sempre me senti orfao e incomodado e diferente de toda minha familia. Em 2013 vim morar na França para estudar teatro e, 2 dias antes de embarcar, descobri que era portador do virus do HIV. Nao sou e nunca serei ativista, mas nao gostei da forma como voce descreveu sua quase experiencia de ser soropositivo. Mesmo quem tem "isso", como vc diz, também é amado por Deus e nao é o fim da linha! Vc fala como se fizesse algo de soberano namorando alguém soropositivo e que te traia, sem saber que, todos nos, gays, estamos expostos ao virus, pois somos ou éramos promiscuos em nossas relaçoes, e fidelidade é coisa que nos é estranha em nossas relaçoes. Depois de descobrir minha soropositividade, é verdade que passei a usar maconha diariamente, vivi um grande amor gay com um frances no verao de 2013; mas depois foi so destruiçao e passei até a me prostituir para conseguir a viver. Com idosos! Muito pecado, nao é mesmo? Nas eleiçoes presidenciais do Brasil, quando estava no apice da minha destruiçao Deus começou a falar comigo atraves da Marina Silva. E comecei a reacreditar nesse Deus que eu pregava tanto na adolescencia. Nao sei se acredito que vou acordar um dia sem sentir atraçao por homens, pois saio na rua e olho eles e por vezes desejo eles, mas ja faz um tempo razoavel que eu nem me masturbo. Estive orando sozinho e ouvindo muitos testemunhos e pedi ajuda a muitos ministérios, até que veio a ajuda. Deus mandou um ministério Batista da Suiça pra me socorrer. Eu ja nao queria viver nessa vida miseravel e sem proposito. O dinheiro passara, o sexo também, nada de bom havia restado a nao ser fumar maconha olhando pela minha janela e perguntando me: onde esta Deus que me fez? Mas ele veio me socorrer. Dia 25, no natal, estarei voltando pro Brasil de Toulouse, aqui na França, onde vivi quase dois anos. Vou viajar o Brasil e me esconder num ministério de cura e libertaçao, Deus abriu muitas portas e pessoas que vieram ao meu encontro, como a pastora Tania Tereza Medeiros, uma bençao. Eu estou passando meus ultimos dias no cativeiro. Sozinho e tentando me manter firme nesse proposito. Pois tem dias cinzas onde estou entristecido. Ao passo que ha outros em que creio muito no poder de Deus inclusive pra me curar dessa doença, que é alvo de tanta rejeiçao e preconceito até mesmo entre os gays, contaminados ou nao. Se Deus faz voce acordar curado da homossexualidade, acho que ele podera fazer o mesmo por mim, inclusive tirando a marca do pecado do meu sangue, nao é mesmo? pois o sangue é vida! O sangue é tudo o que importa no sacrificio de Jesus. Sangue é libertaçao. Enfim, gostaria de compartilhar e agradecer pelo blog, pois consulto diariamente e leio os livros, os videos, é muito edificante principalmente nessa solitaria busca que eu, potencial ex gay, estou fazendo com o Criador. Obrigado e a paz!

    ResponderExcluir
  13. E eu me chamo Daniel M. P., prefiro mais do que anonimo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Daniel obrigado por passar por aqui e investir tempo contando um pouco sobre sua caminhada. Quando, no meu testemunho, falei de HIV falei como eu pensava. Ainda no mundo gay e com uma mente gay. A verdade é que eu convivi com o HIV dentro de casa, não tenho mesmo que gloriar-me por isso, mas não posso negar que foi uma experiência muito boa para meu crescimento como ser humano. Eu consegui entregar-me a um homem que a sociedade iria recriminá-lo por ser hiv. Foi antes de Deus me presentear com o nascer de novo. Foi uma permissão do próprio Criador da vida. E hoje vejo como se Deus tivesse testando meu coração com aquela experiência. O inaceitável foi, de fato, a traição. E no momento de raiva e desespero humano joguei na cara mesmo, como qualquer um faria, a questão do hiv. Mas a verdade é que nunca fez diferença, pois o carinho que eu tinha por ele era bem maior do que o vírus. Não vou mudar o texto porque ali está a minha imaginação passada. Nada semelhante com as dos dias que vivo. De forma alguma quis gloriar-me por isso. Hoje espero que esteja nos planos de Deus alcançá-lo. E quanto a outra advertência que você me fez eu agradeço e se quiser conversar mais sobre ela o ideal será por e-mail. É possível Deus te curar do HIV sim, mas não o procure só por isso, e nem bitole com isso. O adore, o ame, se entregue a Ele e o que Ele quiser fazer por você fará. Os grupos de ajuda vão auxiliá-lo sim, mas que toda sua confiança e fé esteja enraizada somente em DEUS. Um grupo de ajuda famoso fechou recentemente as portas e muitos tornaram-se incrédulos. Só ficaram firmes os que estavam enraizados em Deus.

      Excluir
    2. irmao , se vc precisar de um apoio , quiser conversar, compartilhar e ter contato com outros que passao pela mesma tribulaçao que vc e eu passamos , me envie um email , temos um grupo no watzapp onde contamos nossas lutar e damos dicas uns para os outros de como passar pelas provaçoes , no ajudamos e nos apoiamos . meu email e joaocmartines@yahoo.com.br

      Excluir
  14. Vivo na homossexualidade desde que me conheço por gente, mas Deus ultimamente tem me tocado sobre esta situação. Hoje me relaciono com outro rapaz, e peço a Deus todos os dias para que me liberte deste mal. Já compreendi que devo deixar para que Deus resolva mas e eu o que devo fazer?? Apenas orar??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo: "Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu" Eclesiastes 3:1
      "Aquele que em vós começou a boa obra a aperfeiçoará" Filipenses 1:6

      Continue conversando com Deus em secreto e quando sentir vontade de confessar-se para alguém não perca a oportunidade. Lembre-se que Ele está te convidando para algo estrondosamente grande.

      Excluir
  15. louvo a Deus pelo dono desse blog que ajuda tantas almas aflitas, enquanto o movimento LGBT prega uma mentira aqui agente ver a verdade. Jesus ama a todasas vidas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. irmao , se vc precisar de um apoio , quiser conversar, compartilhar e ter contato com outros que passao pela mesma tribulaçao que vc e eu passamos , me envie um email , temos um grupo no watzapp onde contamos nossas lutar e damos dicas uns para os outros de como passar pelas provaçoes , no ajudamos e nos apoiamos . meu email e joaocmartines@yahoo.com.br

      Excluir
  16. Eu já perdi as esperanças de deixar essa vida. O jeito é ser homossexual e infeliz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Será necessária muita força para suportar uma vida infeliz. Não seria razoável investir a mesma força no que faz sentido: ser feliz?! Lembre-se que enquanto houver fôlego de vida em seu ser, ainda há esperança. Se não conseguiu de uma forma, parte para outra. Decretar a infelicidade na própria vida é entregar o jogo para aqueles que querem te ver triste. Invista esta dor em revolta e superação contra o sistema que te aprisiona. Força guerreiro.

      Excluir
  17. tenho 17 anos e me repugno por ter pensamentos homossexuais. Não sou nem um pouco religioso apesar de viver em uma família católica e de ter estudado em um colégio renomado e católico conservador. Quero deixar de ter esses pensamentos na base do cientificismo e de profundas leituras concretas baseadas na ciência. Não me levem a mal, eu admiro muito o trabalho de vocês, tive contato com obras incríveis e com relatos bacanas. Porém o Cristianismo não me desce. É uma questão pessoal minha, não tenho quaisquer problemas com pessoas que sigam esses preceitos mas eu particularmente prefiro me curar através do que eu acredito e com a ajuda desse blog. Felizmente nunca tive qualquer relacionamento com um indivíduo do mesmo sexo(tudo o que tenho são desejos ruins que quero abandonar), por isso considero-me privilegiado por ser mais fácil. Nunca namorei mulheres mas já "fiquei" com umas garotas e gostei da experiência(por isso me considero mais propenso à cura) mas foi a muito tempo , eu tinha uns 12 anos. Mas no fundo sempre tive essa obsessão pelo mesmo sexo que me deixa inquieto. Sinto tesão em homens e isso é muito doloroso. Me masturbo e quando gozo sinto raiva de mim mesmo. Tento me masturbar pensando em mulheres de forma forçada mas acabo me sentido confuso. Quero acabar com essa miséria! Estou muito infeliz com essa minha vida e estou disposto a mudar e eliminar essa dúvida definitivamente. Quero ser feliz sendo hétero pois admiro o estilo de vida masculino e quero ser desse jeito. Por favor me ajudem, estou perdido e desesperado. Serei eternamente grato a vocês quando me curar. Muito obrigado, do fundo do meu coração.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que profundo o desabafo! Cara... é isso ai. Você já sacou algumas coisas que te favorecem: não ter ficado com homens e ter tido experiências com mulheres. Dê uma passada na guia "Ciência" do blog. Uma coisa é certa para todos: abandone a pornografia. Além de ser um vício é o combustível do desejo. Preencha o tempo que gastaria com pornografia com coisas produtivas. Viva a vida real. Faça amigos, ocupe seu tempo, se até ficar sozinho for um perigo evite isso. Fique sozinho apenas na hora de dormir. Namore! Beije mulheres. Viver a realidade de nossos corpos é sim incrível e delicioso. Valeu por comentar.

      Excluir
    2. irmao , se vc precisar de um apoio , quiser conversar, compartilhar e ter contato com outros que passao pela mesma tribulaçao que vc e eu passamos , me envie um email , temos um grupo no watzapp onde contamos nossas lutar e damos dicas uns para os outros de como passar pelas provaçoes , no ajudamos e nos apoiamos . meu email e joaocmartines@yahoo.com.br

      Excluir
  18. SOCORRO!

    Tenho 18 anos. Desde que me entendo por gente me sinto atraído por homens. Quando tinha 4 anos de idade, meus pais se separaram. Meu pai traia minha mae com outro homem e um dia o pegamos no flagra. Depois disso fomos morar com minha avó. Nesse mesma epoca, sempre que ia brincar com algum amiguinho, sempre queria dar um beijo ou ficar abraçado. lembro que exatamente quando tinha essa idade, eu e um coleguinha da escola nos beijamos. Um dia , tambem nessa mesma epoca, fui na casa de um primo brincar e tambem nos beijamos. minha mae entrou no quarto e nos vio. lembro que ela chorava muito e me chingava.
    Fui abusado sexualmente por dois tios ao longo da minha infancia. Um morava na casa ao lado e ele apenas me pedia que eu segurasse seu penis. foram apenas duas vezes e ele nunca mais fez nada. O outro morava numa outra cidade e sempre quando vinha pra casa da minha vó, esperava todos dormirem e me procurava no meio da noite. Infelizmente, sempre que ele vinha tentava algo comigo. ele sempre me cercava e falava no meu ouvido 'chupa meu pau' e eu sempre dava um jeito de fugir, mas ele continuava insistindo. nunca fizemos 'sexo' pra valer. eu sempre dava um jeito de escapar. mas ele me forçava e sempre rolava alguma preliminar. Fiquei confuso, sabia que era errado, sempre fui evangelico e me sentia culpado . Mas eu ra uma criança, e no fundo eu tava gostando de segurar o 'pau' dele. cresci , sempre fui visto como viadinho. desde criança achava meus amigos bonitos e tals. a partir dos 11 anos, comecei a me envolver com pornografia. assistia pornografia com meus primos e com meu irmao de consideração (fomos criados juntos). foi quando comecei a me envolver sexualmente. um dia , eu e meu irmao estavamos jogando video game e nao sei como a gente começou a se pegar no quarto. Depois disso mantemos relaçoes sexuais por 5 anos. nesse intervalo de tempo me envolvi com outros garotos, 3 primos que tambem sempre mantinha relações. Meu tio sempre vinha de viagem e ele tambem me perseguia, mas eu sempre negava, ate que um dia nos chupamos. Mesmo tendo relaçoes, eu sabia que era errado e me sentia muito culpado quando acabava. eu frequentava a igreja, mas nao conseguia ficar longe disso. comecei a me entregar, passava horas no bate papo uol procurando alguem. marcava encontros mais nao tinha coragem. tive 1 enconro apenas com um garoto que conheci na internet. Ele foi o ultimo.
    Em 2012, ja nao aguentava mais. decidi mudar. foi ai que o processo comecou. fui pra um retiro de jovens da igreja e Deus comecou a me moldar.
    Ja se fazem 2 anos que tento mudar. nesses dois anos nao transei com nenhum garoto. consegui ficar um bom tempo sem ver pornografia e sem me masturbar. Contei minha historia pra um lider da igreja e ele tentou me ajudar da melhor forma que ele pode. nesse tempo comecei a namorar uma garota da igreja. oramos um tempo e decidimos namorar. Mas os desejos nunca desapareceram.

    Ja faz alguns meses que estou a ponto de explodir, mergulhei de novo na masturbação e na pornografia. E não consigo mais parar. Preciso de ajuda! Por favor me ajude! nao sei mais o que fazeer! Quero acabar com isso! SOCORRO ! SOCORRO!


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo obrigado por desabafar!

      Não teve como fugir né? Era para ser gay! Cada um tem uma história, um trajeto nessa vida viu... O bom é que junto com os episódios tristes lá estava Ele. Escondidinho, mas com você. Veja: você é um beneficiado por reconhecer o pecado desde muito cedo. E reconhecê-lo é o princípio da salvação.

      Maninho eu posso te garantir que os desejos desaparecem. E se eles até agora não desapareceram é porque Deus ainda tem algo com isso. É óbvio que eu não sei o que é, mas é o que o entendimento racional nos leva a crer. Olha... ser evangélico desde pequeno, se batizar nas águas, ser um "doutor da lei" não é o mesmo que nascer de novo. No nascer de novo o Senhor purifica seu coração. Tira o de pedra e dá o de carne. A pessoa passa a viver em obediência porque Ele coloca os conselhos dEle no entendimento de forma eficiente e que dê fruto, os frutos do Espírito. Assim como teve um dia e hora para o seu primeiro parto, terá para o segundo. Assim como você não soube de nada do primeiro parto, você não saberá do segundo.

      O que você pode fazer é continuar na esperança... Você já tem características de um pecador assumido. Antes da exaltação vem a humilhação - não se esqueça. Antes de superabundar a graça, abundou o pecado.

      Não quero te encher de falsas palavras e muito menos te fazer procurar rituais. Espiritualmente você só muda quando entrega de uma vez por todas toda sua vida, todo seu ser, toda sua existência no trono do Pai. Você sozinho não pode fazer nada para mudar. Ele é o único, o fabricante, que pode harmonizar criações desarmonizadas. Não tem como mandar em Deus. Ele sabe a hora certa de tudo: até de tirar esse desejo sofredor do seu coraçãozinho.

      Se seu desespero for tanto e você quiser fazer algo por si mesmo. Leia a guia Ciência deste blog. Mas não perca as esperanças no Criador, pois Ele é quem pode te devolver a plenitude, ou seja, 100%, de sua harmonia existencial. Mente e a sexualidade do seu corpo, a sexualidade masculina, sintonizadas.

      Se você conseguir unir ciência autêntica com fé equilibrada - sua restauração vai ser perfeita. Fé e ciência - ambas foram criadas por Deus.

      Espiritualmente Ele próprio já te mostrou que você não tem que fazer nada, apenas se render ao tempo dEle - Eclesiastes 3:1. Seja um pecador assumido e esteja em contato com o Pai em secreto no seu quarto.

      Você não pediu para nascer. Não pediu para estar como está. Entenda isso como um propósito, um porquê maior, um mistério de Deus com você. Deixe Ele terminar o que começou - foi Ele quem te fez e não você mesmo. É Ele quem conhece o seu amanhã. Para de perguntar o porquê. Ficar ansioso com o dia da real mudança. Só não tire e nem deixe tirar de dentro de você a certeza, o firme fundamento, de que sim, há um dia, ainda nessa existência, que Ele irá te ouvir.

      Excluir
  19. Tenho só doze anos. Com seis eu ia ao banheiro da escola com dois meninos. Eu não consigo hoje imaginar, o que eu sou. Sou um monstro, ninguém é assim... Ninguém, ninguém, só eu sou assim desse jeito. Eu hoje estou em um tratamento, que posso considerar como auto-didata. O que me fez assim? É minha culpa? Demônio? Ciência? Fatores psicológicos? Socorro. Eu sou uma coisa não natural, há muitos gays, mas nenhum assim... Eu ainda sou quase uma criança. Mas, eu consigo. Eu comecei a melhorar quando fui apresentado à Palavra de Deus por uma colega de sala, ela separou trechos da Bíblia para mim, que ela disse ter sentido que eram para mim. Eu, quando os li, fiquei impressionado. Eram conselhos para exatamente o que eu passava, tudo. Na mesma noite tive um sonho e no outro dia contei à minha colega e ela me explicou o significado dele. Eu chegava numa Igreja linda, muito linda. Para chegar até lá tinha uma escada muito enorme e eu me cansava e desistia muitas vezes de subir, do lado de fora da Igreja havia só porcaria para comer, e eu não queria, mas era tentado pelos hambúrgueres e os comia. Mas uma vez que quis e me dediquei, subi até lá. Consegui. Lá havia um lindo piso xadrez que levava até um jardim, o jardim mais lindo que eu já vi na minha vida. Lá, estava um homem negro de cabelos crespos, guardando o jardim. Ele me cumprimentou e me levou ao banheiro. Me deixou lá e me deu uma toalha. Tomei um banho. Estava tão, mas tão refrescante aquele banho... O melhor de todos da minha vida. Eu me ensaboava e me sentia cada vez mais leve. Quando eu terminei, me sequei e vesti uma roupa muito bonita e limpinha. Fui caminhando até uma escada um pouco mais baixa que a Igreja que levava até uma mesa enorme. Lá estava a duas das minhas colegas, duas minhas amigas. Elas e suas famílias estavam comendo pães, frutas, bolos, café... Só coisas deliciosas. Comi muito, pois aquela escada foi a maior que eu já tinha visto... A comida era muito, mas muito boa.

    Hoje eu sirvo totalmente a Deus. Ainda tenho que escolher minha crença definitiva, mas atualmente minha religião é Deus, Cristianismo. Ele me salvará e não preciso de nada mais há não ser força de vontade e Ele ao meu lado me apoiando.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fica só com Deus! Ele próprio vai te guiar em todo restante.

      Excluir
  20. Muito boa noite!
    Na verdade nem sei como começar, falar de coisas tão pessoais nunca foi fácil para ninguém.
    E não está sendo fácil para mim também, mas o desejo pelo mesmo sexo começou em mim desde pequeno, não sei precisar quando, mas o fato é que a figura masculina sempre me atraiu, como se me oferecesse forma e uma proteção que eu sempre quis ter... mas aos 11 anos conheci A Igreja e consequentemente conhecia a Jesus e me batizei com 13 anos. O amor as coisas de Deus e ao próprio Deus foi algo inevitável... Amei e servi ao Deus da minha salvação com toda a minha alma, e realmente foi um sentimento verdadeiro. O serviço a Igreja foi de grande importância para a minha vida. Foi assim que eu pude desenvolver Dons espirituais e materiais que norteiam a minha vida até hoje.
    Mas eu realmente não era feliz, havia a mancha do pecado que se apresentava a mim todos os dias da minha vida, eu SEMPRE me senti acusado por sentir atração pelo mesmo sexo. E me lembro de uma campanha que houve sobre a pureza espiritual e sexual para o casamento; (QUEM AMA ESPERA) abracei essa campanha e não tive relações sexuais esperando a esposa que Deus me enviaria. O tempo passou e aconteceu que houve uma experiência ruim; pois um dia na casa do Pastor da Igreja na época, ele estava sozinho deitado em uma rede e eu tive a oportunidade de tocar em seu genital, ele não reprimiu o meu toque e ainda se excitou. Tempos depois ele veio me orientar dizendo que eu era homossexual e que estava sobre o espírito da pombagira, nesse dia oramos e mesmo assim não senti a presença de Deus naquele momento; os sentimentos que senti foram a vergonha e a humilhação. Esse fato apenas me deixou confuso e magoado, o tempo só me trouxe pessoas inclusive irmãos de Igreja me “acusando” e “questionando” a minha sexualidade. A minha vida religiosa sempre foi muito conturbada e confusa, sentia Deus presente na minha vida, mas ao mesmo tempo nunca me senti digno de nada do que ELE me dava, quis morrer tentei suicídio, e na verdade quase morri em um rio nesse dia fiz uso de bebida alcoólica e entrei na água quase morri afogado; foi um verdadeiro milagre! Mas nada me dava a alegria de viver.
    O tempo passou e as coisas pioraram, perdi a maior parte da minha visão ficando quase cego, me mudei de cidade e longe da família me afastei da Igreja, conheci uma moça (de uma Igreja) por quem me apaixonei, percebi que eu era bissexual pois continuei me sentindo atraído por homens. Refiz a minha vida encontrei profissão e puder ter uma vida normal mesmo sendo agora um deficiente. O namoro terminou, isso foi o meu fundo do poço, desiludido resolvi ter relações homossexuais, namorei um homem por um ano e meio, e vazio continuava em minha vida. Por muito tempo tive uma vida dupla relacionando com homens e mulheres, mas sentia Deus em minha vida sempre até nos momentos em que eu queria esquecer que existia Deus. Tentei voltar para a Igreja, mas fui vítima do preconceito, não pela sexualidade e sim pela deficiência visual. Não tive forças para continuar sai da Igreja novamente, mas a minha vida nunca mais foi a mesma, sabia que eu um dia voltaria para Igreja; mas nunca entendia como, pois nunca vi a solução para a restauração da minha sexualidade. Mas algumas vezes frequentei a Igreja de forma muito timida, saia antes do culto acabar para não cumprimentar ninguém. Mas hoje no trabalho pude assistir um vídeo com o testemunho da Apresentadora Priscila Coelho, onde ela dizia: “O homossexual precisa apenas de Deus”. E nos comentários do vídeo havia o endereço do site, que agora visito e posto o meu comentário. E assim pude compreender que eu apenas preciso Dele, não sei o futuro sequer o dia de amanhã, mas digo que retornarei para a Igreja amanhã de manhã, não mais em busca de cura ou libertação; buscarei apenas Deus.
    E Agora agradeço à todos do site pelo belíssimo trabalho e espero ter a oportunidade de poder futuramente contar mais sobre a nova etapa da minha vida.
    Graça e Paz!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela confiança em dividir com nós sua história. Só a presença dEle é apaixonante, prazerosa, deliciosa!!! O poder dEle... hummm!!!

      Excluir
  21. Olá galera, escrevo essa 'confissão' no intuito de achar uma ajuda milagrosa, cara chorei muito com o seu testemunho e na época isso me deixou com muita esperança de que a mudança aconteceria, bom tenho 17 anos, e quando criança tinha um primo mais novo, mas que já havia tido contato com sexo, eu era inocente e ele acabou me apresentando aquele mundo sem mesmo saber que era abuso, e nem ele talvez soubesse, mas nunca houve penetração ou sexo oral(e ate hoje nunca houve, só a masturbação) era só aquela forma de 'brincadeira' durante um bom tempo, minha família é evangélica mas só aceitei a jesus com 9 anos, nisso sai e entrei na igreja varias vezes voltei a dois anos hoje sou líder de um ministério de crianças, mas nunca consegui me libertar disso nunca aceitei ser assim, nunca quis, e muitas vezes não compreendo o porque de tudo isso, e nem é por dizer que não dei lugar, porque já clamei muito por isso e parece que nunca houve uma resposta, estou cansado, sei que sem meu Deus tudo ficaria difícil e nem quero abandona-lo mas as vezes acho que se entregar de vez a essa vida seria melhor, porque quem sabe ele faça na minha vida que nem como fez na sua, só depois de fazer muita besteira. antes de voltar pra igreja já tinha pensado em entrar nas drogas pra ver se ser um traficante resolveria os problemas de minha vida, nunca falei isso a ninguém, só uma parte da historia para a pessoa que me lidera, mas no fundo as pessoas veem meu sorriso mas não sabem nem a metade do que eu vivo, hoje vivo bem com meu Deus conheci ele de uma forma que nunca havia conhecido, mas me pergunto ate quando vou ficar assim? sabe nunca me apaixonei por homens, meus sentimentos são pelas mulheres, também sinto atração por elas, mas não quero que a pessoa que um dia eu possa me casar seja um refugio pra ver se isso sai de mim, e se não der certo? e ainda tem outra sempre fui muito carente de um pai, não conheci o meu, mas eu sinto um amor tão grande pelas crianças que lidero, achando que isso vai suprir, e fico imaginando quando tiver meu filho homem, o quanto vou ama-lo ser o pai que eu não tive para ele. Não sei talvez esteja vendo do ponto de vista errado ou não esteja tão sensível nessa área pra saber o que Deus quer, por isso escrevo á você, espero que leia, espero que o espirito o inspire...
    Fique com Deus meu querido!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maninho você é novo, tem conseguido algo que é sonho para muitos: não ter feito sexo com outra pessoa. Além disso, disse ter sentimentos e atração por mulheres. E afirmou que não gosta do pouco que conheceu da homossexualidade. Cara... sério! Não tem o que você ir fazer no mundo gay. Ter experiências lá só vai reduzir seus sentimentos e atração por mulheres, ainda mais se você ficar viciado no sexo gay. Depois você apareceria aqui de novo pedindo um auxílio muito maior. Entende! Você está a um trilhão de passos a frente de muitos, que vão precisar entender e sarar outras feridas. Não faz isso com você não! Eu me entreguei a vida que vivi porque eu não tinha um pingo de atração e sentimento por mulheres. Ah se eu tivesse!!! Vá na guia ciência deste blog e assista o 5º vídeo, com calma, preste atenção em cada detalhe dito pelo psicólogo. Veja se você se identifica com algo. Aproveite e leia, assista, tudo da guia. Una a sua fé e o seu racional, e vai conseguir se guardar dessa. Se conseguir parar com a pornografia vai está fazendo um favor para sua mente.

      Excluir
    2. Valeu vey, ajudou e muito :) que Deus possa continuar te abençoando grandemente!

      Excluir
  22. Olá! Tenho 25 anos, nasci e fui criado na igreja. Desde minha adolescencia comecei a sentir desejos por outros meninos, porém nunca me apaixonava por um, e por mais estranho que pareça vivia apaixonado por meninas, mais nao sentia atração. Cresci lutando contra esses desejos, porem vivia mergulhado na pornografia homossexual. Não muito tempo atrás, cheguei em um ponto em que não aguentava mais isso, vivia deprimido por conta dessa luta incansável, então acabei q saí com um homem, pela primeira vez, eu nunca tinha visto ele, e depois nunca mais o vi, fizemos sexo, nao foi nada sentimental, apenas oral e penetração, algo rápido. Porém pra mim foi um divisor de aguas, eu vi que nao gostava daquilo, e não queria mais ter outra experiencia. Depois desse ocorrido, algum tempo depois eu conheci um rapaz na internet, conversavamos muito e pela primeira vez eu senti que estava apaixonando por um homem. Mesmo depois da experiencia sexual q eu tive e o fato de nao querer mais ter, abri uma exceção, estava ainda cansado de lutar contra os desejos. Mais depois de 1 mes que conheci esse cara na internet ele sumiu, fiquei decepcionado, e vi que realmente a vida homossexual seria acompanhada de decepções. Logo em seguida, conheci uma mulher, na qual eu ja a admirava antes porém nao me envolvia porque achava que nao conseguiria, mais depois de tudo isso, resolvi dar uma chance, eu nunca havia envolvido com mulheres, e pra minha surpresa, eu gostei, CARA EU GOSTEI MESMO!! CARAMBA O QUE FOI AQUILO??!! Me apaixonei por ela de uma forma que nunca havia sentido antes, e ainda mais, eu sentia muita atração por ela. Ainda estamos juntos, sou o homem mais feliz do mundo com ela, a amo, ainda nao tivemos relações sexuais eu a desejo muito mais vamos esperar, e nao sinto mais vontade de estar com um homem. As vezes eu penso, que vivi enganado por mim mesmo ou pelo inimigo, acreditando que era algo que talvez nao fosse. Hoje vivo bem, quero me casar, ter filhos, e nao adianta me falarem que estou fazendo isso pra manter aparencia, pois sei o que sinto muito bem e não estou me enganando. A unica coisa que ainda convivo, é com o arrependimento da experiencia sexual que tive com aquele cara, ja pedi perdao a Deus, porém ainda sinto muita tristeza só de pensar! Ex Gay, um abraço pra vc, que Deus continue te abençoando e parabéns por esses trabalho que tem feito!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caracas! Que maravilhoso! Obrigado por compartilhar sua história com a gente. Ficamos com algumas cicatrizes sim. Cicatrizes são marcas, mas são marcas saradas - é o que importa. Que a presença do Eterno continue forte em sua vida e que esta sua relação seja muito abençoada por Ele. Você revelou: "eu decidi dar uma chance". E é isso ai. Um dos segredos é permitir-se, e continuar se permitindo. Uma frase: Não se nasce com um psicológico masculino. O construímos. Ele se firma ao se amar e ser amado por uma mulher. [ Agora você tem uma EVA, uma ajudadora! Não solta mais ela não cara! ]. Tudo de bom!!!

      Excluir
  23. Preciso de Ajuda. Me chamo Vinicius, e estou muito confuso. Bom, eu me assumi para meus pais quase um ano e depois dessa fase, o clima na nossa família ficou muito tenso, Chegaram a me levar na psicologa, e logo depois eu comecei a namorar um menino e meus pais sabiam, e sempre que eu saia depois da escola pra casa dele, eles ficavam tristes e inconformáveis, Hoje, em dia não tenho contato muito com meu pai, mais com minha mãe, mais vivemos na mesma casa. Mais minha mãe muito católica, desde sempre disse que era um caminho da perdição, da desgraça, da prostituição, até mesmo da doença. Até concordo com ela, mais existem muitos gays que jamais deram desgosto pra familia, e eu sou o tipo de Menino que não faço coisas ruins. E assim, como o clima está muito tenso, minha mãe e meu pai estão querendo me forçar a mudar, sendo que eu não quero isso, por que eu não sinto esse desejo de mudar minha opção sexual,eu estou muito feliz sendo assim, eu me sinto bem, estou sendo eu mesmo, e eu falo pra ela que existem muitos casados no passado que não puderam assumir no passado ou até passaram por uma mudança de opção, estão por ai com Homens.Mais eu gostaria de saber se é Correto eles quererem me forçar a mudar, para satisfazer o pedido ou até mesmo a felicidade deles? Por que eu acredito que se eu mudar, eu vou ser infeliz, mais vou deixar eles felizes, E se eu não mudar, vou ser feliz e eles infelizes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vinicius, não tente mudar por conta dos outros. Isso só vai te machucar. Fale para seus pais que você precisa viver isso, e saber se é realmente o que você quer para sua vida. Você só consegue mudar se essa vontade estiver em você, como não está seria tudo forçação de barra. Tenha experiências, elas nos enriquecem como seres humanos. Não esqueça de prestar atenção com sua saúde. Que Deus abençoe sua vida, boa sorte!

      Excluir
    2. Olá Vinicius, tudo bem meu caro...
      lendo seu depoimento percebi que vc esta em uma fase complicade da vida, e a vida ela nos proporciona muitas fases, e elas nos mostram um pouco de quem somos.
      Nesse momento acredito que vc deve tentar se aproximar do seu Pai, deixe ele fazer parte da sua vida, tenha certeza que ele será um intrumento pra vc ser um grande homem, independente da sua opção sexual.
      Querido, as pessoas sempre vao aparecer pra vc cm se tudo fosse uma maravilha, mas procure olhar alem das coisas, tente entender as causas dde tudo.
      podemos achar que a juventude nunca passará, as descobertas, as paixoes, e tantas outras coisas... mas nao é bem assim meu querido... a vida passa, e com ela vc pode contruir grandes coisas, ou simplesmente se enganar com coisas que pareciam ser grandes!

      Forte Abraço!

      Excluir
  24. Olá cara, tenho 25 anos e creio estar passando pela fase mais difícil em minha vida. Aos 22 fui diagnosticado com depressão, e depois de muito tempo pude perceber que a causa dessa depressão toda era unicamente a confusão quanto minha sexualidade porem nunca quis aceitar isso e ia empurrando a sujeira para debaixo do tapete. Com relação a homossexualidade não tive muito contato, cai na besteira de entrar em chats gays para suprir essa vontade pois nunca tive coragem se quer de me aproximar fisicamente de um homem com interesse sexual. Porem cai na besteira de ficar atraído por um homem que conheci nesse chat, ele estava na mesma situação que eu, nunca havia tido relação com homem, namorava mulher e enfim, era igual a mim isso me deu animo de continuar com aquilo, porem chegou uma hora que dei um basta na relação ainda que virtual pois sempre vi em mim que esse tipo de relação não é o que sempre quis. Hoje ainda sofro porem pouco com a ausência de não falar mais com ele, mas sei que isso passa. O maior problema é se realmente eu irei conseguir me doar 100% a uma vida heterossexual, sem aquela preocupação de recaída. Esse é o sonho de minhas vida, não precisar pensar mais nessa situação e simplesmente viver uma vida onde consiga construir uma vida plena na qual eu sempre sonhei, casar ter filhos... Ou ainda que eu não case, mas que possa viver sem essa maldição que eu julgo a homossexualidade, pois uma vez que não queremos essa vida para nós, creio que consigamos superar definitivamente, preciso saber um meio um tipo de tratamento passo a passo pois creio na completa reestruturação da mente. Lembrando que quando novo, meu primo fez o troca troca comigo mas acho que nem ele nem eu estávamos na maldade. Hoje ele tem noiva e de fato vive uma vida de hetero, nunca falamos sobre o assunto. Tanto eu quanto ele tivemos uma maior aproximação com nossas mães, e uma infância feliz porem superprotetora... Não sei cara, tenho lido muita coisa sobre o assunto mas tenho grande dificuldade em aceitar essa situação, nunca me imaginei nessa vida e me recuso a ser. Espero que realmente possamos sair dessa ou então restará aceitar isso, porem não praticar e vigiar. Acho que dói menos. Se puder me deixar seu email para contato agradeço . Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E ai cara, blz?! O que você precisa entender é que conseguem mudar verdadeiramente as pessoas que não suportam, não conseguem conviver com a homossexualidade. Não é por religião, por pressão social, que queremos mudar. É tão somente porque esta atração indesejada nos faz sofrer. Nos fere lá no nosso íntimo. Rouba nossos sonhos. Quando tentam só por motivos religiosos ou para agradar vontades alheias pode ter certeza que essa pessoa não aguenta, pois ela está fazendo pelos outros e não por ela mesmo. Falta nela o principal: uma motivação particular sincera. A dor. Se você assistir o 5º vídeo da guia ciência, vai perceber que o psicólogo fala que a recaída não é bom que aconteça, mas se acontecer significa apenas um momento importante para você se compreender mais ainda. Parar e pensar no que significou para você o momento da recaída. Se olharmos com bons olhos, uma recaída no processo de mudança pode até fortalecer a pessoa para o futuro. É um momento de auto-confronto e reflexão profunda! Mas claro isso só se acontecer naturalmente, provocada não seria recaída. Auto-confronto pode não ser fácil, mas é necessário pois só melhoraremos quando descobrirmos quem realmente somos. O que você precisa concluir com isso tudo é que se você tem um motivo forte para mudar, você muda. O e-mail é: oexgay@gmail.com / Te espero lá. Abração.

      Excluir
    2. Valeu pelas palavras meu querido. Mas resumindo bem, isso é o que realmente quero do fundo do meu coração, não é por absolutamente ninguém exceto por mim mesmo. Sei que Deus já me livrou de muitas ''oportunidades'' Ele sempre esteve a frente, e por mais perto que eu cheguei desse tipo de situação nunca fui até o fim, exceto quando mais novo porém de forma ''inconsciente'' mas ainda sim sinto grande alívio, depois de velho, não ter feito nada. Entretanto, vou permanecer na luta, creio que estou começando a evoluir verdadeiramente, mas cara, quanta dor eu passei, para digerir o real problema que causou minha depressão... Tive uma piora esses dois últimos meses emagreci 6kg, faltei muito ao trabalho, adoeci e o pior, sem poder ''vomitar'' o que de fato estava acontecendo, pois quem iria entender? Não é como chegar para sua mae e dizer '' mae uso drogas à certo tempo''... Enfim o corpo padece quando a alma está doente, e foi isso que aconteceu, porém precisaria de muito, mas muito mais para que e de fato caísse e não pudesse me levantar... No dia de hoje já estou de pé, cheio de feridas, porém já de pé. Dispensei psicologia, pois descobri que antes mesmo de eu ter coragem de tratar esse assunto com ela, iria me dizer justamente ao contrário. (aceite isso, isso nasceu com vc!) Eu iria mesmo xingar ela se eu ouvisse isso, pois cada dia mais me convenço que de fato é algo reversível, o medo do futuro surge, mas estou me fortalecendo quanto a isso e creio fielmente em um dia poder te dizer que simplesmente não irei mais precisar me preocupar com isso. Sou evangélico creio e oro à Deus acredito em Seu poder, mas acredito também no que a ciência nos diz e isso foi o que me animou descobri que existe a luz no fim do túnel além da de Deus que é soberana... Enfim cara, estarei na luta e volto pra contar... Conversamos mais por e-mail. Grande abraço e parabéns pelo blog, foi ele quem me tirou o desespero no início, pois li muita coisa que me animou, seu testemunho e a parte da ciência por exemplo.

      Excluir
  25. socorro cai em tentação ... ja falei de mim aqui e disse que não sou adepto a religiões e que nunca tive relações profundas com outro homem e que ja tive experiências com mulheres e que só tenho desejos homossexuais ... você me disse que o primeiro passo era abandonar a pornografia e assim eu fiz: fiquei praticamente um mês sem assistir videos pornográficos( talvez o maior tempo que ja passei sem isso) mas infelizmente, cai em tentação. Durante esse período notei que continuava me sentindo atraído por homens. Não tinha pornografia, porém ao assistir um filme, por exemplo, já tinha aqueles desejos tenebrosos novamente. Me contive e não me masturbei... mas não deu pra aguentar por muito tempo. Também me senti no fundo do poço novamente após isso, sabe... me senti o maior gay do mundo e o vício apareceu novamente. Cheguei a conclusão que quando se quebra uma abstinência, tentar retomá-la é cada vez mais difícil... difícil de botar os trilhos no lugar de novo... Gostaria de sua ajuda e de sua orientação para saber se isso é normal e o que fazer em relação ao exemplo do filme... existe um passo a passo que me bote num caminho certo pra um objetivo: ser totalmente heterossexual e acabar com esses malditos desejos? Se houver, pelo ar que você respira, me apresente... juro que já tentei focar em mulheres mas não consigo, parece que alguma coisa me corroei por dentro.. talvez seja esse vício... decidi colocar a minha cara à tapa e sair do anonimato já que me comprometi a ir a fundo em suas lições: me chamo Pedro, tenho 17 anos, sou filho único e naturalmente sempre fui um pouco mimado e superprotegido(principalmente por pessoas do sexo feminino) , fui criado pela minha mãe e pela minha avó ... meu pai sempre morou comigo mas ele sempre foi meio distante ou pelo menos sempre me senti distante dele, entretanto não o culpo ... o amo muito e sei que ele sempre me quis bem... JAMAIS sofri qualquer tipo de abuso de ninguém (ainda bem) .. e finalmente e/ou infelizmente, sempre tive obsessão pelo mesmo sexo... me lembro desde criancinha já fazia coisas ruins (que você sabe muito bem). Será que é por causa da minha intimidade anormal com o sexo feminino? COMO POSSO MUDAR ISSO??? ... e o mais impressionante é que a minha primeira relação íntima com alguém foi com 6 anos de idade: com minha prima que cresceu junto comigo praticamente que tem mais ou menos a minha idade... não me orgulho disso, um incesto!!! Tudo inocentemente é claro .. mas a questão é que sempre tive desejo nela durante toda infância até a adolescência...tesão mesmo sabe? Juntamente com os malditos desejos homossexuais.. mas nos distanciamos um pouco e acho que não é mais a mesma coisa... já "fiquei" com outras duas garotas e confesso que gostei ma novamente surge o meu fantasma ... faz tempo que não tenho ficado com ninguém por isso ... é perturbador pois vejo caras da minha idade tendo relacionamentos fixos e eu quero isso pra mim ... sabe o que mais me dói? O fato de que caso me assuma não possa criar uma família, ter filhos ... eu gostaria muito. Pelo fato de eu ser filho único sempre convivi bastante com a solidão e é muito triste... meus pais algum dia irão bem como meus familiares e no final ..... eu ficarei sozinho junto com esse meu carma maldito... Portanto desejo profundamente seu auxílio ... estou completamente perdido ... me ajude. Mas por favor não me fale em religião ... sou agnóstico e é muito difícil pra mim explicar esses motivos mas não quero ... em Deus sim, nelo eu creio, nele eu me entrego ... sou o Seu propósito e tenho certeza que ele não me deixará sofrer mais ... ele colocou esse blog e você em minha vida propositalmente ... então desde já agradeço como nunca tudo o que você fez e fará por mim ... vencerei !!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uau! Com essa sua certeza que vencerá convence qualquer um. É dela que precisa e é ela que não pode deixar ninguém tirar de você. É ela que você deve manifestar ao mundo para que venha a se materializar um dia. Ela esteve dentro de mim um dia e foi meu combustível para ter conseguido alcançar meu sonho. Eu também só acreditei em Deus, não acreditei em "religiões". O Deus da Bíblia foi meu amigo, meu parceiro, minha esperança nessa caminhada. A ciência também tem reconhecido essa dor, você pode se inspirar na história de vida de Richard Cohen que encontrou na ciência soluções para deixar a atração indesejada pelo mesmo. Leia o livro dele, está em espanhol mas dá para entender - você pode baixar a versão PDF na guia "livros". Ele propõe um passo a passo para quem sofre com a atração indesejada.

      Você ficou um mês sem pornografia, consegue dizer se foi bom de alguma forma? Sentiu-se mais saudável, algo assim? E vc disse que passou a olhar os homens com "aqueles desejos". Seu estado homossexual é apenas sexual, é isso? É só sexo que rola na sua mente quando o assunto é este? É importante tentar entender essas coisas porque dai você vai resolver uma só coisa: a compulsão sexual. Que é diferente da homoafetividade que é mais uma ligação de dependência emocional pelo mesmo sexo. É por isso que você vê no mundo gay homens que só querem saber do sexo gay e nunca se apaixonam. E outros que se apaixonam com extrema facilidade.

      Para este último perfil o sexo nem importa tanto, mas para conseguir suprir a necessidade afetiva muitos se sujeitam. E com o tempo também entram no ciclo vicioso do sexo anal. É uma bola de neve interminável...

      Estamos juntos cara. Seu sonho de ter uma família biológica é lindo. Não escute o mundo!

      Excluir
    2. estou lendo o livro. Um lado meu se sentiu livre, limpo e saudável mas outro subia pelas paredes de tentação. Já me "apaixonei" por exemplo, pelo meu fisioterapeuta mas não que eu amasse o cara eu só tinha atração por ele e então pensava bastante nela. Confesso que não sei se isso é "paixão". Isso acontece muito com artistas que acho atraentes e então fico com eles na cabeça. Portanto acho que meu caso é mais sexual do que afetivo.

      Excluir
  26. Olá cara, blz?
    Excelente ministério, parabenizo por esta obra edificante e alentadora.

    Tenho 24 anos e venho confessar uma dor, proveniente de um terrível vício de frequentar chats, conversar e masturbar com outros rapazes pela webcam, inclusive muitos deles tem até namoradas, mas sentem prazer com isso, na semana passada mesmo acabei conhecendo outro garoto, um pouco mais jovem que eu, dai então fiz amizade com ele e o adicionei em uma rede social, começamos a conversar e trocar fotos íntimas, mas de poucos dias para cá, me bateu um arrependimento tão grande de ter feito tudo isso, de ter me exposto em chats, me sentindo sujo, imundo. Estou me sentindo tão mal, quando lembro de tudo isso, tem dias que perco o sono, a consciência pesa, vem uma vontade de sumir. Eu que sempre fui considerado um garoto correto, íntegro, sério e de boa conduta por todos. Quero me libertar desse peso, desse vício. Senhor Jesus cobre-me com teu sagrado manto, me guia, me ilumina, me proteja e da-me outra chance de recomeçar. Peço que orem por mim, para que eu consiga me libertar de tudo isso, possa me livrar das consequências nefastas do pecado.

    Obs: não tenho vontade de me relacionar com outros homens,

    Peço que orem por mim, meu nome é Danilo Santos.

    ResponderExcluir
  27. Tenho 25 anos e queria saber ser alguém afim de trocar uma ideia sobre o assunto, talvez começar uma terapia um apoiando o outro, pois creio que sozinho é mais difícil. Hoje me sinto um pouco desanimado, tenho tentado dia após dia superar esses desejos, tem dia que é mais fácil outro não... Alguém para dizer como devemos proceder? Início, meio e fim desse procedimento. Meu sonho é ter a paz em minha vida novamente para que eu possa seguir meu caminho, mas a ânsia de pensar no futuro, coisa do tipo '' será que vou conseguir?'' Será que realizarei essa cura em mim? me deixa assustado e o choro vem. É tanto pensamento rodando aqui na minha cabeça, mas no fundo eu acho que estou fazendo progressos, muito do que disseram aqui a respeito de mudança de hábitos eu já tenho feito e realmente causou algumas mudanças em mim, porém não o suficiente para me deixar tranquilo. Isso tudo me deixou com depressão o que dificulta mais a minha saída desse problema. Além da depressão tem outro agravante, me ''encantei'' ou apaixonei por um rapaz, nunca admirei tanto alguém quanto admirei esse cara... Confesso que desejos sexuais pouco apareceu com ele mas o fato de ele ser tudo que eu queria ser, digamos, me deixou nesse estado de encantamento e hoje quando me vem sua imagem ou saudade é onde me entristeço, teno lido muito sobre o assunto de ex-gay, cura da homossexualidade e etc, me animo porém ainda estou meio perdido... Se alguém quiser conversar trocar uma ideia, sem precisar se identificar se preferirem, estarei por aqui, é só responderem esse comentário. algum psicólogo que defenda a tese, ou você que está na mesma que eu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também preciso de ajuda! Tenho esses desejos sexuais por homens mas não quero continuar assim.... o que devemos fazer? Acredito que orar, buscar a libertação que Jesus pode nos dar, nos apegarmos a Ele. Existe um grupo de discussão por e-mail que nós podemos participar para conversar sobre o assunto? Um orando pelo outro, ajudando... Ou um grupo no whatsap! Vamos pedir a Deus que mude o nosso coração, que nos limpe de todo pecado da lascívia, sensualidade, e luxúria.

      O que me atormenta muito é que eu sinto atração pelo meu próprio corpo! Vocês também sentem isso? Eu fico excitado ao olhar para meu próprio corpo, isso me incomoda muito, é horrível.... Eu quero sentir atração sexual por mulheres, ser um homem normal, ter uma sexualidade saudável!

      Excluir
    2. eu to nessa luta...vamos nos ajudar...como faremos pra trocar contatos? ....tenho skype

      Excluir
    3. olá... sei o que vc está passando mais preciso conversar com vc no particular... meu e-mail é liberdade20151@gmail.com... lá eu passo mais detalhes...abç e que Deus te abençoe

      Excluir
  28. Olá, tenho 22 anos e então sou mais um lutando com esse terrível carma que é a homossexualidade, o mundo ai fora poderia me definir como um bissexual, tenho atração por ambos os sexos, mas a atração pelo sexo feminino me dá um certo medo, medo de na hora da relação intima eu não conseguir... Queria que fosse ao contrário... Minha história é parecida com a de muitos, abuso quando criança, pai mais ausente, e aproximação com mae, avó e tia. Sempre fui um garoto que era considerado "frágil" e então cresci e sou esse homem com tais problemas de insegurança, e medo de relações, mas sei que me interesso e me apaixono por elas, disso eu sei. Porém os medos com o futuro me fazem travar, "será que vou conseguir ter uma família?" Não quero que esse problema homossexual destrua os meus sonhos, preciso de paz e pra piorar estou com depressão, tratando com remédios, mas como tratar esse problema em uma psicoterapia, num pais que defende a homossexualidade sem deixar -nos escolha? Acho que esse seja o problema mais difícil que desencadeia a depressão para tratar, pois os psicólogos nao podem "tratar" isso, enfim estou na luta, espero que eu consiga me livrar disso, a depressão está me consumindo.

    ResponderExcluir
  29. procurem no youtube....impureza sexual e arrependimento do pastor natan rufino... video bem legal...ta me ajudando muito esse pastor...recomento a todos!

    ResponderExcluir
  30. Olá tudo bem? Pode me chamar de Vitor. Eu queria um conselho, no meu passado tive uma relação sexual com outro homem, foi apenas uma vez, fiz porque tinha muita vontade mais não me agradou muito. Hoje namoro com mulher e amo minha namorada, sinto atração por ela normal, você acha que devo contar sobre essa minha experiencia no passado pra ela ou é melhor deixar queto? Abraço amigo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Blz Vitor! Cara se você está de boa, não sente nada por pessoas do mesmo sexo e foi uma coisa que você não gostou e sabe que não vai rolar em sã consciência no futuro - não tem motivo pra contar. Geralmente pessoas que estão tentando a relação, mas ainda com o desejo, que precisam falar disso, por uma questão de auxílio que será necessário. Agora... vc pode vir a falar em conversas comuns que os casais têm, esses assuntos são bacanas dividir porque contribui para a parceria, companheirismo dos dois, mas só por este motivo. É normal quase todo mundo ter uma experiência dessa quando criança, inclusive ela, rs. É só jogar o verde "coisa de criança"... Se fosse na minha vida, eu contaria pela cumplicidade, sério! Gosto disso. De saber de tudo, de ser uma só carne mesmo. Te dei um monte de opções né? Escolhe ai, se ajudar alguma, hehe. Abraço man.

      Excluir
  31. Olá meus amigos, eu quero colocar diante de Deus que eu fui envolvido com o homossexualismo quando criança com um tio que era 2 anos mais velho. Eu tive relacionamentos homossexuais com os meus tios mais velhos (sem penetração) e na minha adolescencia eu tive milhares de relações heterosexuais. E nunca mais desde os meus 12 anos não tive mais desejos por homens. Em 1998 eu entreguei a minha vida para Jesus e comecei a ter paz na minha vida. Tive a recaida de visitar sites pornográficos e me masturbava quando eu os acessava e eu tinha um desejo de transar com um travesti. Amados eu rasguei o meu coração na presença de Deus, e renovei a minha aliança com o Senhor e estou liberto pelo poder do Nome de Jesus de toda opressão maligna e de todo o desejo de prostituição e de lascívia que estava no meu coração.
    Amados, eu quero publicar um material que tem ajudado muitas pessoas no caminho da libertação este material está disponivel no YOUTUBE:


    1 - Fortalezas Mentais e Renovo de Nossas Mentes.

    http://www.youtube.com/watch?v=NymPYk0r4Pc

    2 - Batalhas por Nossas Mentes.

    http://www.youtube.com/watch?v=m4vDy6iNrwY

    3 - Santificação e o Processo de Discipulado.

    http://www.youtube.com/watch?v=XLYj9uDzAPo

    4 - Aconselhamento em Cristo.

    http://www.youtube.com/watch?v=B4n6-FkbKbE&feature=relmfu

    5 - Liberdade Emocional.

    http://www.youtube.com/watch?v=ogWy6eP8a6o&feature=relmfu

    6 - Aconselhamento Atravéz do Discipulado.

    http://www.youtube.com/watch?v=6Q3SD1VcDTM&feature=relmfu


    Assistam no Nome de Jesus... vocês vão vencer, assim como eu venci no Poder do Nome de Jesus!!!

    ResponderExcluir
  32. Boa noite galera! Antes de mais nada gostaria de parabenizar o blog, Deus esta aqui!
    Tenho 23 anos , desde pequeno com 9 anos "brincava" com outros meninos, mas antes disso eu sofri abuso do meu vizinho q na época tinha 17 anos.
    Tive namoradas na escola, ficava com meninas, mas sempre olhei com um olhar diferente para os garotos, aos 16 anos experimentei minha primeira relação homossexual, e desde então sou gay. Namoro um menino e nos últimos meses senti que algo mudou em mim, deus tocou no meu coração, não quero mais essa vida,não sou feliz por completo, e sempre sonhei em ser pai, construir uma família, já estou indo pra igreja,mas está difícil não dar ouvidos pra carne! Preciso de orações! Obrigado por esse excelente trabalho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando é Deus quem nos toca, não há quem nos segure, hehe. Não vai na onda dos religiosos fanáticos e legalistas não em! Deixe Deus te guiar. Ele quem te chamou e é Ele quem vai te manter no caminho. É uma caminhada, vai ter obstáculos, mas o principal você já permitiu: ter um relacionamento com Deus. Seu sonho de ser pai e ter uma família biológica é um sonho lindo. Não deixe nunca ninguém roubar este sonho de você. É possível! Toda sua biologia permite isso - a mente que tenta nos enganar.

      Excluir
  33. ola!
    tenho 27 anos e estou na igreja desde 19 anos, tenho desejos homossexuais e a pouco tempo parei de me relacionar sexualmente em banheiros públicos e em minha casa...ontem tive uma recaída e me relacionei com vários rapazes em um banheiro público. Não tive contato direto mas me masturbei...coisa que eu não fazia a alguns meses. Estou me sentido bem e ao mesmo tempo culpado por saber que além de errado não deveria estar fazendo isso num espaço público onde podem haver outras pessoas que também querem ser livres e não conseguem. peço ajuda em orações e digo que a tempos u visualizo este site e tenho encontrado amigos e sinceridade, algo que eu nunca me permiti ter e ser, hoje tenho tido, mas ainda me falta a sinceridade. tudo que faço é em oculto e isso me consome. Que Deus nos guarde e fortaleça para que não vivamos mas o eu em nós mesmo mas somente ele viva em nós pelo seculo dos séculos. Amem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O principal você já tem mano: a Palavra de Vida. Não deixe pessoas nem situações tirarem ela de dentro de você. Mostre ao Criador que ela caiu numa terra fértil. Que vc acredita que Ele fará o que promete fazer. Ele só não nos muda no nosso tempo e querer, porque no tempo dEle é certo que dará o melhor fruto. O que dura para sempre. Vc já está sendo sincero, Ele procura isso em nós. Sucesso na caminhada e volte sempre.

      Excluir
    2. obrigado e que Deus te abençoe

      Excluir
  34. Olá. Fiz sexo com um rapaz e masturbei outro em banheiro público. O maior problema é que quando caio nessa tentação eu fico mal em tudo, trabalho, família e minha mente fica fantasiando coisas, não sexuais mas que também não me agradam e nem a Deus! Como violência, ira, mentiras, como se todos tivessem conspirando contra mim e que eu devesse me afastar deles, e acabo me perdendo do meu maior foco, que são os estudos. Tenho vontade de ter uma namorada, mas tenho medo de me achegar em garotas pelas minhas recaídas e insegurança na hora de casar e ter relações com ela, tenho dúvidas se vou conseguir satisfazê-la e não entristecê-la. Nem gostaria de trair alguém em pensamentos ou viver uma vida dupla. Não sirvo para viver no homossexualismo ainda que seja uma vontade muito grande, na hora das relações só consigo pensar o que estou fazendo aqui. Já não vejo o sexo com homens como algo prazeroso e quando faço é só forma de conseguir alívio, e percebo que só usei mais um ser humano. Como eu. Além de ejaculação precoce pela minha excessiva masturbação da adolescência e por querer que o sexo acabe o mais rápido possível. Se você tiver livros, vídeos que falem sobre o assunto eu gostaria de ver. obrigado e que Deus nos ajude a viver o reino dele aqui na terra

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo desabafo anônimo. Continue sendo sincero consigo mesmo. Você disse algo digno de ser relido: "percebo que só usei mais um ser humano". É isso que vai nos consumindo quando estamos nessa prática. É essa percepção que levou muitos a quererem abandonar isso. Você já está se preocupando com o próximo e é um dos requisitos para Ele olhar para ti. Continue sendo sincero, não maquie nada. Deixe a verdade desse mundinho continuar te convencendo. Convencendo se é isso que vc quer pra sua vida ou não. Quanto a livros sobre sexualidade dá uma olhada da guia "livros".

      Excluir
  35. Boa noite...
    É muito dificil falar de si mesmo. Sou Cristão a 14 anos, hoje vivendo uma vida de incertezas, de não conseguir desfazer de um desejo, da atração pelo mesmo sexo.
    É como se fosse um vicio, eu não consigo controlar , e de repente estou fazendo um ato para que aquele desejo cesse, aí está o grande problema, me sinto mal depois , começo a me sentir uma pessoa inutil, tudo pra mim se torna impossível , fico irritado , tenho dores musculares, principalmente na face, nos dentes , meu bruxismo ataca, não consigo dormir direito, e se fico muito tempo sem se masturbar , o desejo volta a tona e muito forte, e eu não consigo controlar.
    Já tentei deixar de sentir esse desejo, é mais forte do que eu,entro em sites , converso com pessoas que sentem a mesma atração,praticamos atos ilícitos , tiro fotos do meu corpo,e eu quero parar mais não consigo, se tento desistir , se apago tudo , depois volta.
    Quero uma libertação, e quando vou a igreja que escuto uma palavra me da força , mas já pedi tanto a libertação e não consigo alcançar.
    Já tenho mais de 30 anos , vejo os meus amigos casados , uns com filhos e felizes, amigos de escola, de faculdade,e eu ficando pra trás.
    Me perguntam você não vai casar??? Me escondo ao máximo que posso, casar pra deixar alguém com vergonha , queria saber como se desfaz disso? De ser um verdadeiro Hetero, aceitar realmente quem eu sou, como nasci.
    Essa situação não dá mais pra controlar, isso atrapalha meu raciocino, minha ansiedade ataca ao extremo, tenho um nó de garganta tremendo, e estou de mãos atadas, não sei o que fazer??
    Como deixar isso? Preciso realmente de ajuda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Obrigado pela confiança. Sinto que vc foi vítima do sistema religioso, pois tenta com todas as [ suas forças ] libertar-se. Deixa de fazer isso, deixa de fazer aquilo e vai seguindo assim. Vc não saiu da prisão da homossexualidade e ainda arranjou mais uma. Agora são dois fardos pesados! É realmente para sua estrutura está debilitada mesmo maninho, porque haja força! Se vc quer vencer isso espiritualmente precisa reconhecer que não poderá fazer nada por si mesmo: "Quem poderá dizer: Purifiquei o meu coração, limpo estou de meu pecado?" Provérbios 20:9. A única coisa que pode fazer é ter fé de que Ele é suficientemente poderoso e misericordioso para te sarar. Vc disse que "tem pedido tanto a libertação e não consegue alcançar". Tem só pedido mesmo? Ou tem pedido e ao mesmo tempo tentado fazer algo com suas próprias mãos?! A linguagem de Deus - a Fé - não funciona assim! Vc tem confiar e esperar ELE, somente ELE, fazer. Talvez Ele não tenha tido 100% da sua confiança, e é por isso que vc ainda não sente o sabor da liberdade. Tire suas mãozinhas do jogo, e todo fardo da religião, confia Nele somente. Além disso.,. Vc também está preso nos conceitos vendidos pelo mundo: vc não precisa ser “um verdadeiro hétero". Vc não nasceu "hétero". Precisa ser HOMEM. A Bíblia deixa claro que Deus criou apenas dois seres homem e mulher! O rótulo heterossexual é do sistema mundano e se vc se considera cristão vai ter quer abandoná-lo! Abandoná-lo e viver apenas com o rótulo que o Criador te deu: HOMEM. Sugiro que vc assista a esse vídeo no Youtube, está com este título: "A Religião que Mata a Fé e o Coração - Luiz Sayão - IBNU". Também pode assistir ao vídeo: "Enigma Bíblico Para Mudança". E claro dê uma sondada em tudo que achar importante nas guias Livros, Ciência... Faço parte da sua torcida! “A dor constrói, ou destrói” – Augusto Cury.

      Excluir
  36. olá
    Estou em um programa de produtividade que incentiva que devemos obter hábitos duradouros, e entrei no desafio dos 30 dias que me coloca na situação de criar um hábito que seja bom para mudar uma determinada circunstância em minha vida. Escolhi a confissão durante 30 dias para me incentivar a sair do homossexualismo e peço a ajuda de todos.
    Dia 01
    Hoje tive pensamentos imorais com amigos que recém conheci, não me masturbei ou procurei sexo, o qual encontro facilmente, pois realmente decidi mudar de hábitos. Estes amigos são cristãos ou de trabalho e pelo carinho que demonstram e pela beleza eu me sinto atraído e sei que isso é o que me influencia a ser comunicativo com eles

    ResponderExcluir
  37. Dia 02
    Tive um dia bom em questão de meus pensamento e ações, percebi que as situações que poderiam me colocar em risco
    de pensamentos imorais foram evitados voluntariamente...meu trabalho tem muitos rapazes de boa aparência e as vezes
    tenho que me deparar até com a nudez deles na hora do banho, mas percebi que estas provocações vinham internamente
    e não o contrário já que eles continuam agindo de forma normal e eu que mudava minha forma de vê-los.
    Fantasias é o que mais polui os meus pensamentos...transformo um ato comum em algo imoral...resultado de mais de 10
    anos vendo pornografia, algo que foi iniciado por meu pai que ao perceber meu jeito afeminado tinha que me mostrar o que
    era sexo mesmo eu não querendo saber. Depois disso pelo ensinamento moderno ele decidiu me mostrar um filme porno de
    homem com homem,isso não só a mim mas a toda familia, para dizer que se um dia fosse a escolha de um dos filhos, ele
    não queria que passa -se por ignorância. Depois disso, aos 10 anos eu acho, já sabia como extravasar o que sentia pelos
    meninos com masturbações de todos os tipos até os 21 anos que depois de frequentar o quartel e reprimir tanto meus impulsos
    sexuais que resolvi ter um ato sexual.

    ResponderExcluir
  38. dia três!
    hoje cedo tive uma recaída! acordei no meio da madrugada com pensamentos eróticos, fiquei alimentando aquilo até o amanhecer ao invés de orar. ao levantar para o banho me masturbei, sinto-me péssimo, mas pude perceber por que cheguei a este ponto, ainda nesta terça entrei num site de armazenamento em nuvem para baixar alguns arquivo e acabei achando filmes gay...assisti o começo e já me senti falso assim como aqueles atores que mostram um relacionamento perfeccionista sexual. Parei de assistir e me senti culpado, mas voltei a rotina...mas isso em dois dias foi me guiando a olhares pervertidos até o ponto de eu dormir de barriga para baixo, a leve pressão do meu corpo sobre meu pênis já é o suficiente para inflamar todo o meu corpo...estou num conflito interno para desprezar as minhas próprias orações que juntamente com a confissão fazem parte deste novo hábito, além de não somente ler mas entender ao estudar a palavra. Quero ser um servo verdadeiro indiferente se outros possam ser...mas de uma coisa estou convicto, não existe o homossexual, todos nós somos homens, e esse comportamento e pensamento será mudado pelo Criador, no Nome de Jesus e pela revelação da verdade que vem de seu Espírito.

    ResponderExcluir
  39. dia quatro!
    hoje foi um dia diferente para mim...ontem eu foquei a minha mente nos meus objetivos e como resultado,hoje não acordei pensando em imoralidades, foquei bastante em meu trabalho e minha família. ainda não terminou o dia mas o simples fato de eu anotar tudo o que me acontece e por onde vou e para onde eu devo ir, me fez criar uma lista de inclusão e exclusão do que devo fazer, logo o que era hábito negativo...não só em sentido sexual... estou podendo lançar fora e trocar por hábitos melhores pois agora eu percebo claramente que tudo não passava de uma rotina. sei que isso inclui lembranças e sentimentos mas também há de ser algo passageiro.
    Por falar em lembrança, vem a mente a minha infância com meu pai...me lembro de noites em que ele colocava a mão dentro da minha cueca na hora de dormir...eu ficava bravo com ele, não gostava de ser tocado...mas meu pai sempre tratou os filhos como se fosse propriedade. Lembro do dia que irado, tinha menos que sei anos, eu reclamei do dia em que eu acordei de madrugada e tirei a mão dele e dormi, logo acordei novamente com o susto de ele colocando a mão no meu pênis novamente. Fui reclamar com minha mãe na presença dele...minha mãe chamou-lhe a atenção mas ele sorriu e disse que eu era filho dele e ele podia fazer o que ele quisesse. Hoje tenho um relacionamento de carinho com ele mas não gosto de quando ele me toca...beijo no rosto ou tenta me abraçar por traz...sei que ele não tem mas intenções mas eu não deixo que a liberdade dele como pai me prive da minha como homem. são uns dos poucos momentos que falo agressivo com ele para que perceba que há algo que me faz mal...mesmo eu ainda não tendo dito que tenho atrações pelo mesmo sexo e que já tive relações sexuais. Vejo neste momento ele se entristecer...mas não posso dar liberdade àquilo que odeio.

    ResponderExcluir
  40. dia 5!
    tem dias que minha vida parece muito simples de viver...como hoje...parece que há tantas coisas para fazer que nem dá muito tempo para pensar em sexo... hoje irei a igreja e penso o quanto o Criador foi bondoso em me coceder mais um dia para reafirmar minha fé nele e me arrepender dos meu erros e fazer tudo de novo...desde quando comecei essa rotina de confissão percebi que o fato de dar satisfação a alguém sobre minha vida pessoal me faz viver com mais responsabilidade... ainda que de 5 dias, três foram o número em que tiver que afirmar que não queria fazer coisas que não são da natureza de minha criação...é estranho, mas hoje posso dizer com certeza que não vou cair em ciladas por que mudei tudo, meio de transporte, rotina e lugares que frequentava e deixavam em evidência aquilo o que eu queria fazer e não o que O Criador se aprecia. Estou mudando por que resolvi mudar e por que o Senhor está me guiando por águas tranquilas...diferentes dos mares bravios da imoralidade, mentira e omissão do meu estar. Obrigado Altíssimo por este dia, pois nele o Senhor se fez presente. Sei que este momento é um dos picos de bem estar da minha vida e que não dura para sempre mas é o melhor momento para me fortalecer

    ResponderExcluir
  41. dia 6!
    reconheço o qual pequeno sou diante da mão do Criador, Ele tem me protegido mesmo diante de toda a maldade que já cometi...vivi em diversos banheiros públicos mantendo relações sexuais que se iniciavam em um simples olhar...banheiros públicos, terminais, shoppings, estacionamento, rodoviárias e aeroportos...Além dos diversos lugares como praças e becos em linhas de trem, me serviram de cama para satisfazer-me imoralmente e as vezes nem a mim mesmo mas a outros rapazes. Cheguei uma vez a pegar sífilis e fiquei apavorado, pensei que morreria ou que contaminaria a minha família, depois ao me consultar, descobri que era de fácil tratamento, mas que deixaria uma cicatriz em meu sangue... em meio ao tratamento, minha recuperação foi tão rápida que meus tratadores se surpreenderam. E agora tenho que ir a cada ano para ver se o mal voltou. Porém, no meu último exame, nem a cicatriz havia permanecido. Glória a Deus! Não quer dizer que a marca não possa voltar em três anos mas estou esperançoso em saber que por ter tido relações desprotegido, dos males fui acometido pelo menor. O Altíssimo foi Rico em misericórdia sem abandonar a Sua justiça...plantei o que colhi mas em porção menor da que minha vida corrupta merecia. Hoje está sendo um dia muito especial. É a primeira vez que não tive pensamentos imorais e percebo que minha atenção para o aprendizado aumenta, até na escola bíblica. não sei o que virar no porvir mas até que ele chegue eu ao Maravilhoso louvarei.

    ResponderExcluir
  42. Dia sete!
    descobri que a minha vida tem duas versões que andam juntas-o sexo e a ira, pelo livro de ana freud, esses são desejos que são controlados pelo superego que haje com ações mais voltadas para a moral e o que é correto, mas quando este conflito interno esta intenso o ego cria mecanismos de defesa que geralmente se resultam na negação de nossas ações erradas para suprimir a culpa. Não sei o quanto isso é real ais percebo que minha imaginação para a imoralidade sexual normalmente age com pensamentos de revolta, ira, o que desequilibra emocionalmente e irracionalmente eu me afasto das pessoas que podem me ajudar
    Está difícil, mas tenho que quebrar os dois ciclos, a ira e o descontrole sexual. é ruim pois quando um lado é oprimido por minha vontade o outro se exalta e logo me conduz a ambos. Mas a palavra diz em proverbio que o homem não pode purificar seu coração...minhas confianças estão no Criador.

    ResponderExcluir
  43. dia 8
    hoje recebi um convite te um amigo! uma menina que mora um pouco distante perguntou para ele se não conhecia ninguém que quisesse casar.
    Este meu amigo me fez a mesma pergunta e eu disse que queria casar e ele falou desta amiga. dois anos mais jovem, não fiquei apavorado com a ideia, antes pensei que eu podia dar um novo passo positivo em minha vida. Agora pensando um pouco mais rola um certo anseio em não corresponde-la, mas eu nunca namorei nenhuma menina, gostaria de perceber quais seriam minhas reações diante da situação e se acaso não der certo agora ao menos terei tomado uma iniciativa em confiar nas obras do Criador.
    Tive alguns pensamentos sexuais e desta vez pensando como seria com minha esposa,,,não foi algo como estou acostumado mas cheguei até me excitar sem forçar com masturbação ou sexo como nos filmes pornos que assistia. Pensei no carinho, toque beijos e em fim no ato sexual. Talvez não tenha sido um pensamento muito legal de se ter, mas para mim foi quase um troféu. Que o pai me perdoe, pois, até tentando acertar, percebo minhas falhas e limitações.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara estou acompanhando os seus dias, e tem sido bem bacana conhecer mais uma pessoa sincera consigo mesmo. Olha... não deixa o mal ficar dizendo que é ruim pensar no sexo e envolvimento com o sexo oposto não. Na verdade é sim um troféu! Vc está levando sua mente para realidade do seu corpo e conseguiu excitação sem a presença da pessoa, com a pessoa então, pense! Começa assim mesmo... vai se permitindo. Lembre-se que está escrito: "não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento" Romanos 12:2. Vc transforma sua mente. E Deus seu coração.

      Excluir
    2. obrigado! a força de um amigo é sempre bem vinda e o esclarecimento vale ouro.

      Excluir
  44. dia 09
    Hoje menti em algo simples
    pedi um conhecido para fazer um serviço para mim, mas ele cobrou muito caro, disse a ele que não faria mas o serviço e contratei outro bem mais barato
    tenho dificuldades em suportar o preço da verdade, ainda que esta confissão tenha me ajudado bastante, ainda minto com pouca frequencia principalmente quando percebo que isto vai revelar uma negligência ou fraqueza minha ou quando vai magoar alguém
    Ainda não sei sofrer pela verdade, mas peço ao Criador que assim me ensine para que eu cumpra o seu querer.
    Hoje não tive pensamentos diferentes da moralidade e isso me deixou feliz, é como se a possibilidade de ter um relacionamento real me criasse uma barreira contra o que eu não tinha força para lutar. Estou feliz e em paz. Que bom o Sr tem ouvido meus clamores do seu alto monte e agido com bondade e misericórdia ao meu favor.

    ResponderExcluir
  45. dia 10
    estou me preparando para algumas mudanças em minha vida. O Altíssimo tem me provido tantas coisas que sinto vontade de chorar em sua presença ou as veses mesmo sem nada sentir. Sói o pensamento de sua existência grandiosa já me faz melhor.Antes que esqueça, terei uns problemas em minha internet por alguns dias, saibam que não desisti e que assim que voltar meu acesso eu retomarei de onde parei. Hoje tive um bom dia! ainda tive que me deparar com a nudez de alguns homens,cena esta que tenho feito de tudo para fugir, mas foi tão natural que agora que percebi que não me importei com a situação, apenas tomei meu banho e sai. Ainda tive o conflito da ira, com pensamentos de perseguição de pessoas que eu tenho perto de mim, mas desta vez estive forte para apenas na segunda vez que veio o pensamento, substitui-lo por um louvor ao Criador. Pensei em mulher como esposa e não fiquei lançando fora meus pensamentos com fantasias foras da realidade de minha criação. Sou grato por tudo, orações, boas oportunidades e o arder em meu coração em louvar ao Criador. Que o Senhor guarde, fortaleça e revele a verdade a cada um dos corações perdidos de sua identidade, pois Ele não mudou para que pudéssemos Nele voltar ao que éramos desde o dia de nossa criação

    ResponderExcluir
  46. Tenho problemas com a minha sexualidade até agora, aos 23 anos. Desde a minha infância, com mais ou menos quatro anos de idade, tive contato físico com meu primo, que é hétero e nunca deixou de ser, graças a Deus. Mas do pré ao Ensino Médio, tive muitas dificuldades de ter amigos homens, que sempre me chamavam de "viado", lançando palavras de maldição desde a minha infância. Conheci uma denominação aos 16 anos, me batizei com 22, mas ainda assim, os desejos surgem de vez em quando. E sempre fui muito tímido, sempre me importei com o que as pessoas falavam de mim, por isso e aquilo e desde pequeno, fui criado só pelas mulheres da minha família, nunca tive um referencial masculino. Meu pai se separou da minha mãe antes mesmo de ela me gerar, e na minha família são poucos os homens que são um verdadeiro exemplo em quem eu possa me espelhar. Pensamentos de suicídio são constantes, não consigo me fixar em emprego nenhum e até larguei a faculdade, mas não deixei de orar, ler a Bíblia e buscar ao Senhor pra me libertar de tudo isso. Se fui abusado sexualmente na infância, não lembro, mas acredito que o meu caso é pelo fato de eu ter sido criado por mulheres, ter feito amizade com muitas delas e ser chamado de "viado" do pré ao Ensino Médio. Mas reconheço que se eu cheguei até aqui, foi porque Deus permitiu, senão acho que eu já estaria morto há muito tempo. Mas ainda guardo pela misericórdia dEle, quero ser levado e remido no sangue do cordeiro, quero mais do Senhor, me libertar por completo, para sempre, até o fim de meus dias aqui na terra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eai irmão. Cara, quero te dizer que por um tempo eu também estive muito perdido com relação a essa desordem que temos. Mas a boa notícia é que TEM JEITO! Não desista, você tem a mesma idade que eu e sei exatamente pelo que está passando, minha história tem pontos em comum com a sua, também foi criando por muitas mulheres ao meu redor e etc, a figura masculina fui muito ausente, ou não presente o suficiente para afirmar a minha identidade.
      O que eu tenho a dizer para você é que, o caminho somos nós que fazemos, nossa vida é nossa escolha e você já deu um grande primeiro passo que é repudiar esse desejo. Te digo então um método que tenho usado e que está me ajudando estou progredindo. Sendo assim, comece a ler livros que provam cientificamente que isso é uma desordem e que podemos passar por ela tem muitos bons livros ai. Isso vai te fortalecer. Segundo: Comece a buscar em sua vida todos aqueles momentos que te fragilizaram, que te deixaram traumas e comece a pensar sobre eles de uma forma diferente, comece a colocar uma resolução para cada medo. No final das contas a homossexualidade é uma desordem causada por uma série de fatores prejudiciais reunidos que ainda guardamos, e enquanto não solucionamos esses medos a homossexualidade não se vai. Portanto o tratamento na verdade vai buscar essas dores e assim que você conseguir sarar cada uma delas os desejos vão indo embora de forma gradual e natural até que você possa viver plenamente sua masculinidade. Se quiser deixar um e-mail ai para a gente ir trocando uma ideia, fique à vontade. Lembrando que eu estou conseguindo superar e em breve, eu espero, sarar pra sempre desse mal. Abraço e fique com Deus.

      Excluir
  47. Meus irmãos, sou casado a 20 anos tenho uma filha de 15 anos, porém tenho lutado para deixar esta prática diabólica desde adolescente, hoje tenho 45 anos. Em 2009 Deus fez me marcou, descobri que estava com HIV, foi um momento muito difícil, deixei o ministério de música da igreja, fui disciplinado, enfim, foi uma catastrofe, porém minha esposa não me deixou (Tenho uma mulher de Deus em minha vida), mas ainda hoje não consigo me libertar de sentir tesão por homens, vou a banheiro público e pratico sexo oral, vou no metro e procuro um homem para pegar no pênis dele, etc. Já chorei muito, pedindo perdão a Deus e querendo mudar mais não consigo. Estou passando um momento de culpa muito forte que estar atingindo a minha relação sexual com minha esposa, não estou conseguindo ficar de pênis ereto, pois na hora do ato vem toda a culpa na minha mente e me bloqueia. Por favor me ajudem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. caro amigo
      Tambem sou casado ha 16 anos tenho 3 filhos lindos e abençoados!venho lutando ha muito tempo com tudo isso tambem! felizmente nao contrai o HIV, mas transmiti hpv para minha esposa! foi muito triste quase nos separamos ela me perdoou. mas cai novamente em situaçoes de saunas gays e lela foi reinfectada. hoje estamos dormindo em quarto separados e fazendo terapia com um pastor.tenho adotado muito conselhos sobre mudancas na minha atitudes embora as tentaçoes nao sumam estou ha 4 meses purificado!tenho buscado a Deus todas as manhas e abandonei tudo na net que possa me tentar.
      sei que a luta e grande por uma vida inteira mas tenho clamado a Deus por uma vida renovada!Nao sei se meu casamento sera restaurado, tambem nao sou mais um adolescente tenho 40 anos!
      o que posso te dizer e que fuja das situaçoes de risco! abandone tudo na net apague os site que te tentam! caia aos pes de Jesus e clame por perdão!
      quando vc se sentir perdoado nao vai querer cair pra se sentir mal!
      Os desejos em mim nao sumiram ainda tenho muitas lembrancas e sensaçoes!porem a força que esta me conduzindo e o poder uma oração sincera!
      A Biblia fala que Daniel orava 3 vezes ao dia! por que nao tentar seguir o exemplo!um grande abraço e muita força em Deus Ele é nossa unica Esperança!

      Excluir
    2. ola , tenho 19 anos , gostaria de lhe falar que deus esta contigo , n importa quem vc seja ou quao fundo estao suas lamurias , lhe recomendo que peça a deus pra que lhe de uma amor sincero e puro pela sua esposa , sei que se ela ver uma mudanca real nas suas atitudes ela ira perdoa-lo porem ela e humana e n merece sofrer assim , deus fala para amarmos nosso proximo como a nos mesmos e tenho certeza que vc n quer q ela sofra assim , quando estiver a cair em tentacao pense nela , ela e uma mulher que vem lhe honrrando a vida toda , n merece passar por isso e tenho certeza que deus ira fazer uma mudanca real na sua vida , tenho certeza , se precisar de apoio de mande um email , vamos nos apoiar , deus anda fazendo maravilhas na minha vida , e tenho certeza que deus ira me transformar e transformar a todos que o buscam sinceramente de coracao e alma meu email e esse joaocmartines@yahoo.com.br

      Excluir
  48. Olá, amigo dono do blog. Desde que comecei a trabalhar essa mudança em mim venho descobrindo muitas coisas e avançando na terapia. Já li diversos livros, artigos, casos de sucesso e tudo que se tem disponível na internet, e claro filtrei muita coisa, para que hoje eu tenha convicção de que é passível de mudança pois estamos sob uma condição anormal. Estou tendo avanços bons, e no meu caso não me considero totalmente homossexual, pois tenho atração por mulheres e nunca tive um caso pessoal de homossexualidade. Já consegui por exemplo largar a pornografia gay, não me faz falta e também não tenho pensamentos promíscuos com homens. Mas o que está me dando dúvidas é que percebi um aumento do "desejo" em certos casos, como se funcionassem como uma fantasia mesmo. Queria saber se isso faz parte do processo de reversão,esse aumento do desejo em certas situações, para que depois isso diminua. Se alguém puder responder fico grato.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você já leu o livro do Richard Cohen que está disponível na guia livros? Como você está buscando auxílio da Ciência o ideal é tentar entender os casos que optaram por ela também. Outro livro é o Relatos de Casos de Terapia Reparativa do Nicolose. Pelo que percebi no seu texto vc está tentando mudar sozinho sem ajuda de um profissional. Numa terapia o profissional poderia te fazer entender o porquê do aumento do desejo e superar isso. Há caminhos diferentes para mudança. Se não conseguir por um, tente por outro. Se não te faz bem, você já tem o combustível para mudar. Boa sorte!

      Excluir
  49. Estou largando o amor da minha vida para poder seguir a Cristo, após assistir uma palestra que falava do pecado do homossexualismo de um padre. Ando muito triste mas, o amor de Deus é maior. É melhor perder o amor nessa vida, do que perder o amor de Deus e a alma. Sou católica, mas estamos todos juntos nessa luta rumo à Jesus!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por favor... não faça nada por legalismo! Deixe as coisas acontecerem naturalmente, com espontaneidade. Deixe esse amor pelo Criador te tomar inteiramente, te completar. Não aja por vontade própria, deixe Ele agir na sua vida. Abra seu coração, diga a Ele que vc já sabe a vontade dEle e está disposta a deixar ela acontecer na sua vida. Vc vai ver que assim as coisas acontecem, desenrolam, naturalmente. Não faça nada com esforço próprio, legalismo, deixe Ele fazer. Quando Ele faz o resultado é impecável, quando é a gente sempre é possível haver erros, falhas. A graça é isso, vc entende, aceita ela na sua vida e ela se manifesta. Converse com Deus sobre como será o fim deste relacionamento, deixe Ele fazer isso.

      Excluir
  50. olá!
    continuarei com meus dias de confissão
    dia 11
    percebi que nos dias que eu fiquei sem confessar fiquei mais inclinado a desejar outros rapazes
    e cheguei ao ponto de cair novamente além de pensamentos
    fui em banheiro público e logo encontrei dois rapazes fazendo sexo explícito e sem pudor
    nem se assustaram com minha presença
    fiquei relutando entre ficar e sair
    sabia que era errado mas dei total lugar a minha cobiça sem sequer pensar no quanto isso iria me ferir e ao Criador
    foi ruim novamente mas pior fiquei durante o ato que só não terminei no meio por que estava obstinado a concluir o que comecei
    não posso mas passar por estes banheiros públicos pois estão me colocando em duas posições que eu não aceito, criminoso e inimigo de Deus
    recomecei com a esperança de agora ficar longe o suficiente para quando essas ocasiões acontecerem eu possa ter forças para fugir
    me perdoem por não dar um testemunho melhor aqui, sei que tem orado por mim e as vezes decepciono a mim mesmo e a Deus principalmente

    ResponderExcluir
  51. dia 12!
    estou lendo RM 06 que fala sobre pecado
    No versículo 06 ele fala sobre ser crucificado com cristo para que não sejamos mas escravos do pecado.
    não sei bem o que significa pois ainda preciso me libertar ao ponto de quando houver a tentação eu estar preparado
    para fugir(nem quero esperar para dizer o não) pois isso me trava atualmente.
    minha guerra de pensamento vive me constrangendo. Estou me pegando falando sozinho na rua, lutando para manter boas lembranças e as vezes
    mergulho em pensamentos, não sexuais, longe da realidade ou passados, vivo um mundo de fantasias em minha mente e comportamento,
    preciso da realidade de Cristo.
    Hoje pequei em minhas fantasias, em olhar rapazes com essas roupas apertadas da atualidade, acho que as vestes são feitas justamente para essa função, já que a maioria dos estilistas tem desejos homossexuais eles vestem a moda como lhe atraem e automaticamente enlaçam que esta fraco.
    ainda estou em meio a mudanças de hábito assim como não frequentar banheiros públicos, ontem eu quase entrei mas fiquei esperando o ônibus na rodoviária por coincidência ao lado do banheiro mas movimentado da cidade, escuro, cheio de jovens indo e voltando para a faculdade, em sua maioria não são afeminados e são másculos e isso me atrai muito, foi lá que eu caí semana passada mas estou tentando mudar a rotina e local. me ajudem em oração

    ResponderExcluir
  52. dia 13!
    chego um pouco cansado do meu dia de trabalho, mas feliz porque amanhã terei um dia de folga mas tomarei cuidado para não me aproveitar da solidão para maquinar o mal. hoje eu li que em romanos 6:6 fala sobre os que foram crucificados com Cristo e morreram para o pecado e percebi que verdadeiramente não tenho ideia do que isso significa, pois mesmo já tendo tanto tempo de evangelho(quase 10 anos) e sendo batizado e tendo aceitado a Cristo isso não fez diferença nas minhas práticas e desejos senão mudar a intensidade, além de ter tido meu primeiro relacionamento sexual distorcido aos 21 anos,quando já não aguentava mas ver a nudez de outros homens e depois me masturbar.aquela época em que eu servia no quartel era horrível e via outros militares nus era degradante para mim. me consumia, mais pela maldade dos meus pensamentos e pela depravação geral daquele ambiente.
    hoje enxergo a Cristo como minha salvação, futura, pois acho que meus pensamentos e tentativas são muito distantes da realidade do arrependimento expresso na bíblia, por já ter pedido perdão muitas vezes e ter feitos diversas promessas de parar e nunca ter cumprido minha palavra por mais de 4 meses.

    ResponderExcluir
  53. dia 13!
    compreendo que estou com dificuldades, as vezes acho que só deveria dizer a todos que tenho desejos distorcidos e que quero mudanças. Mas sinto que todos é muita gente para tentar me apoiar e tentando ser livre do oculto eu me lançarei num mundo de assédios que não estou preparado para suportar. preciso pensar bem sobre o que e como fazer pois por más decisões eu sei que estou caído em graça e sendo sustentado só pela misericórdia.

    ResponderExcluir
  54. dia 14!
    minha alma está cansada...ontem e hoje fui assediado por um homem de carro e por um rapaz bem mais jovem que eu, eu não sou afeminado e nem eles eram, mas eles me perceberam assim como eu os percebi. Mesmo eu não estando em lugar público, deixei o pecado se escapando como uma oportunidade despercebida e me sinto muito cansado pois isso me desgastou muito em resistir ainda que queresse muito o meu não querer me superou. De certa forma eu correspondi aos olhares e até me excitei com o fato, olhei para trás esperando uma iniciativa para que de alguma forma pudesse justificar minha queda mas não aconteceu, Glória ao Criador que mesmo percebendo a maldade do meu coração não me deu o pagamento devido, me entregando a mentalidade despresível por Ele. Hoje foi a primeira vez que vi que não depende de meu esforço o livramento e sim da vontade de Deus que sempre dá o escape.

    ResponderExcluir
  55. dia 14
    estou feliz por perceber que amigos antigos meus não me trataram estranho por eu ter 28 anos e não estar casado, isso me tirou muitos medos e a possibilidade de criar desculpas para justificar a minha solidão temporaria, hoje na igreja o pastor falou sobre desintoxicar o interior e purificar o exterior, ações que são capazes em Cristo.
    Meus pensamentos voaram um pouco hoje e me colocaram num lugar de batalha contra a distração pois tirei o dia para jejuar, orar e louvar ao Sr. foi bom mas percebo que necessito tranformar isso em hábito para continuar firme.

    ResponderExcluir
  56. dia 15
    ainda tenho encontrado difilculdades em me manter distantes dos locais onde a imoralidade acontece com facilidade, estou fraco ainda para resistir tentações e não posso ainda evitar lugares com banheiros públicos já que minha locomoção é feita totalmente de ônibus e as rodoviárias estão lotadas de lugares assim... o pior é que o banheiro fica ao lado do meu ponto de onibus, então eu fico distante vendo de longe se o onibus se aproxima. realmente minha mudança terá de vir do Sr. pois de mim mesmo não possuo força nem para me convenser. Peço orações meus irmãos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. irmao , se vc precisar de um apoio , quiser conversar, compartilhar e ter contato com outros que passao pela mesma tribulaçao que vc e eu passamos , me envie um email , temos um grupo no watzapp onde contamos nossas lutar e damos dicas uns para os outros de como passar pelas provaçoes , no ajudamos e nos apoiamos . meu email e joaocmartines@yahoo.com.br

      Excluir
  57. ola , me conheço como gay des de pequeno, tudo aconteceu muito naturalmente , quando pequeno eu n sentia atracao por meninas e sim por meninos ,aos 4 ou 5 anos de idade no jardim 2 eu ficava com um menino da mesma idade que eu , e chegava em casa e contava tudo pra minha mae com a maior naturalidade do mundo , ela tentou me trocar de escola ,conversou com diretores etc , mas sempre ficava na minha cabeca o pq minha mae me ensinava q isso era errado , enfim minha historia e longa , mas resumindo ,nunk fui estuprado nem molestado nem nada disso , porem sempre fui afeminado , e eu sempre tive uma boa convivencia com meus tios e sempre tive referecia masculina na familia , porem sempre fui afeminado , hj quero mudar isso na minha vida mas me sinto sozinho nessa luta , preciso de ajuda pois quase estou desistindo , ja faz um tempo que n fico com homens e nunk fumei , larguei a bebida mas nunk fui de me embriagar etc , mas a masturbacao e algo que estou em luta , precisava tanto de ajuda . poderiamos criar um grupo de watzapp pra podermos nos apoiar.

    ResponderExcluir
  58. Boa noite irmãos.

    Faz alguns anos que deixei o homossexualismo,e não senti mais atração por meninas, porém fazem quase 2 anos que acabei um noivado, acabei por incompatibilidade de sonhos, metas, e pela falta de compromisso dele com Deus..Estou sozinha durante todo esse período,e vez ou outra surgem pensamentos contrários de que eu não irei casar, que não irei ter filhos e que também nunca irei ter um companheiro que compreenda o meu testemunho. Bom poucas pessoas da minha família sabem sobre o meu passado, sobre o homossexualismo, meu ex noivo sabia e não foi dificil para ele encarar que tudo isso já havia passado, porém temo quando penso que quando o meu novo companheiro surgir eu tenha que passar por essa mesma situação,da aceitação, porque sempre vai surgir indagações do outro em relação ao passado de um ex homossexual,tenho trabalhado bastante isso em minha vida.
    Estar sozinha parece ser meio árduo,e as vezes da medo de que surja uma loucura e tudo desabe, mas estou convicta de que aquele que começou a boa obra há de terminar,não sinto mais desejo por meninas, hoje as minhas lutas são diferentes, estou em outras etapas..
    Meu testemunho está aqui no blog: http://www.oexgay.com/2013/09/historia-de-vida-ex-lesbica-conta-eu.html

    A paz de cristo..



    Quem esconde os seus pecados
    não prospera,
    mas quem os confessa e os abandona
    encontra misericórdia.
    Provérbios 28:13

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. amiga , gostaria de convidar voce para participar um do nosso grupo de watzapp , me envie um email com seu contato e te adiciono, Deus tem promessas para nos , pois quando fazemos oq ele diz ,Ele esta obrigado conosco , e tenho certeza que se formos homens e mulheres de fe e dignos de sua graca e misericordia ele nos madara comapnheiros e companheiras honestos e dignos.

      Excluir
  59. Bom.... Minha história é um pouco extensa, mas vou tentar resumi-lá ao máximo!
    Tenho 20 anos, e conheço a Palavra desde os 10 anos. Em minha adolescencia, por volta dos 15 anos, comecei a ver vídeos pornográficos, e sentir desejo por homens; porém eu também tinha atração por mulheres, chegando a namorar com duas garotas, até que quando completei 18 anos decidi me relacionar com um homem. Acabei encontrando um rapaz em uma sala de bate papo, e marcando um encontro, e assim tendo minha primeira relação sexual com um homem... Desse dia em diante, me relacionei com varios homens, e acabei me afastando dos caminhos do Senhor. No momento, renunciei tudo isso e voltei para a Casa do Pai, onde voltei a exercer meu ministério, porém ainda sinto atração por homens, e desejo por pornografia. Além disso, sofro muito, pois ninguém em minha familia ou amigos, sabe que passo por isso! Sinto desejo de desabafar...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. junior estamos criando um grupo no watzapp para nos apoiarmos e bem dizermos o nome de deus , e principalemnte para n desistirmos de nosso prposito , sermos livres , me envie um email joaocmartines@yahoo.com.br entre em contato e lhe add no grupo

      Excluir
  60. Olá, estou com um conflito. Namoro uma mulher a 1 ano, nosso relacionamento é bem estável e tenho até atração por ela. No meu passado eu ja fiz sexo com homem mais hj nao faço mais, porém, de umas semanas pra ca tem me dado uma vontade muito grande de fazer sexo com homem, mais nao quero trair minha namorada e tenho pensado em me separar dela pra poder satisfazer esse desejo. Não sei o q devo fazer, me ajude!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Conhecendo ela, você não pensa que seria ideal desabafar sobre essa sua dificuldade com ela?! Se é um relacionamento de amor, cumplicidade, confidência e que você não quer perder por aventuras passageiras, seria o melhor. Coloque na balança: uma relação bem estável e que funciona já que você até sente atração. E do outro lado apenas uma vontade de sexo... Se ela te amar e gostar de você verdadeiramente, esse seu ato corajoso e sincero de se abrir vai fortalecer vocês como casal. E se for, no momento, algo incontrolável, há outros meios para "alivio", que não necessite o envolvimento de um homem real. De um ser humano, que só vai ser usado como algo descartável. Pense nisso. Pense que essas pessoas também são vidas, devem ser valorizadas. Não machucadas e feridas! Se é para errar - tem como não errar tanto. E fica a dica de desabafo com ela!

      Excluir
  61. Boa tarde, me chamo fernando e gostaria de saber se vocês ainda respondem nesse espaço. Eu me considerava homossexual desde os 15 anos, apesar de nascer no berço evangelico, passei por uma experiencia nesse final de semana e aceitei jesus, confessando meus pecados. Ainda estou confuso de como será daqui pra frente e como esses desejos irão sair, ou se nao irão sair e eu terei que conviver com eles até o fim. Estou disposto a contar mais sobre mim, mas antes, vou aguardar a primeira resposta! Desde já agradeço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E ai Fernando! Você está dando apenas os primeiros passos de uma caminhada eterna e prazerosa e o mais importante: com sentido. Você acreditou na Palavra, agora vai iniciar o tempo de provações da sua fé. Você vai viver literalmente a parábola do semeador. É o momento que você mostra para o Criador que não importa o que aconteça vai continuar acreditando nas palavras dEle. Se conseguir passar por isso, os frutos surgem, e é quando o desejo vai desaparecer sim. Mas... só se conseguir sobreviver aos obstáculos! Leia a parábola do semeador e você vai ver que muitos não resistem, mas os verdadeiros sim, os de fé inabalável, alcançam as doideiras de Deus. Você tem tudo para conseguir. Esperar é caminhar! Espere por Deus, não o abandone.

      Excluir
  62. Olá, as vezes não acredito que possa mudar minha vida. Estou assim desde que me conheço por gente, mais nunca me senti bem comigo mesma, minha mente acusa cada vez que saio com alguma mulher, dos últimos tempos para cá, comecei a ir a igreja, pois sempre foi um lugar onde sempre me senti bem. aceitei Jesus há algum tempo, quando tentei de fato largar tudo, porém não aguentei, pois me sentia sozinha e isolada, sempre achei e na verdade acho que nenhum homem gostaria de se casar com uma 'EX-LÉSBICA' então isso me fez com que eu não continuasse a vida que estou. Mais a verdade que não consigo mais viver, pois penso... Se ficar com homens será que vou ser feliz? Será que conhecerei um homem que realmente vai me amar ao ponto de aceitar o que foi no meu passado? Será que realmente não estou me enganando com isso tudo e o que é melhor é viver essa vida, uma vez que todos dizem que não existe outro jeito? São tantas perguntas que passam na minha mente que as vezes nem sei o que pensar ou agir. Alguns amigos meus falam que estou louca é que preciso aceitar de fato, porém é algo que nunca vai ser. Tenho alguma coisas que me fazem crer que nunca vou me aceitar, não gosto de demonstrar carinho com outra mulher em público, não gosto de falar que estou namorando com uma mulher... Apesar de ser assumida para minha família toda e alguns conhecidos, tenho vergonha de ser quem sou. Sou muito respeitada no meu trabalho, ninguém me pergunta claramento, mesmo porque não dou muita liberdade para conhecerem minha intimidade. Alguns amigos falaram para procurar uma terapia, mais tenho medo de chegar lá e ser condicionada a me aceitar para ser comodismo a minha realidade. Esses últimos dias tenho procurado em internet, pessoas, enfim pesquisado sobre o que eles acham de ser ex- lésbica, a resposta é sempre a mesma. Não existe, como isso me deixa triste. Se alguém tiver uma dica ou algo que esteja vivendo, gostaria de saber. Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá anônima! Mudar é possível sim, e ainda bem né. Já pensou termos que viver de forma obrigada algo que detestamos? Seria injustiça da própria Criação. Sair não é tão fácil como entrar. Mas se for uma vontade sincera, um sonho, é possível! Só que algo tem que ficar bem claro nessa jornada: por que quero sair disso? É para agradar a família, a sociedade, terceiros? Ou porque é algo íntimo, particular? Tanto por meio da ciência quanto pela espiritualidade a pessoa não pode tentar de forma obrigada. Não funciona.

      Quanto a encontrar um homem é só uma consequência, acredito que não precise ficar focada nisso. Quando encontramos alguém que nos ama de verdade, a prova de que é realmente amor, é que a pessoa aceita a outra do jeito que ela é. Você eventualmente pode falar do seu passado, numa troca de confidências com seu futuro companheiro. No entanto, não precisa colocar seu passado no seu presente todo o tempo. Você vai viver apenas como mulher, essa é sua identidade.

      Você só vai precisar falar do seu passado com mais frequência se decidir ajudar, auxiliar outras pessoas que também sofrem. Se esse não for o propósito para sua vida, siga ela naturalmente como alguém que só experienciou algo que não deu certo.

      No mundo que vive sem Deus as coisas realmente são limitadas. Além de eles serem amantes de si mesmos e suas práticas. Por isso vão levantar a bandeira da não mudança. De que não existe. No entanto, são apenas pessoas passageiras que no fim não passam de pó e cinzas. Ouça Aquele que é Eterno. Que é imortal. E é nosso fabricante e diz ser possível TUDO para Ele. Deixe os pessimistas introduzirem pessimismos só na vida deles. Nem a ciência corrobora com o pessimismo deles.

      Mudar é possível, você realmente só precisa querer. Querer de verdade!!!

      Boa sorte nessa jornada.

      Excluir
    2. olá anonima!
      tenho um grupo no whats que faço contato com homens que estão em processo de libertação em varios lugares do Brasil, assim como eu.
      se quiser fazer parte teremos prazer em recebe-la. meu contato é liberdade20151@gmail.com
      abç e até

      Excluir
  63. Boa noite

    eu tenho 26 anos, e atualmente vivo nessa duvida cruel quanto a minha sexualidade. quando era criança de 4 a 6 anos, lembro me vagamente que nosso pai ficava pelado no quarto e nos colocava para brincar com o pênis dele ereto, ele fazia isso com todos os meus irmãos, porem só eu que desviei para esse caminho do homossexualismo, também nessa idade lembro de tentar penetrar no meu primo, como eu tinha fimose sangrou e eu corri pra casa e toda minha família ficou sabendo, cresci e assumi uma postura hetera, sou respeitado pela sociedade e todos me tem como hétero mesmo, nas festas fico com mulheres as vezes mais de uma só para me autoafirmar como hétero para a sociedade, porém sei que é uma mentira. tive muitos momentos homossexuais na infância, porem nunca gostei ou aceitei como normal, já transei com homens sempre sendo ativo, houve épocas que gostava, mas hoje tenho nojo e não me vejo com um homem, tendo um relacionamento, é tipo só sexo mesmo. já me apaixonei por mulheres, ja namorei mulheres, porem nunca transei com uma, pela minha idade rola um pouco de insegurança se realmente vou conseguir satisfaze-la sexualmente, as vezes penso em pagar uma garota de programa para fazer um teste, mas depois penso bem e acabo não chamando, sempre que fico com uma mulher ela me excita, eu acho q sou capaz de transar com uma, mas minha insegurança me impede, peço ajuda para conseguir driblar esse medo que sinto da relação com o sexo oposto,e também para me livrar do vicio da pornografia gay na internet. outra duvida que tenho é com relação aos ex-gays, como funciona isso? o ex gay realmente deixa de sentir atração por homem, ou ele apenas opta por seguir uma vida hetera? eu sei que poderia facilmente me casar e manter uma familia, mas eu fico pensando como seria com os meus sentimentos homossexuais, nao sei se conseguiria viver sem contar a ela, e se ela nao aceitar e talz, tudo isso me faz sofrer e me impedem se assumir um relacionamento serio com qualquer mulher, eu acho que meu problema passa muito mais pelo medo do sexo oposto, do que pelo fato de sentir atração pelo mesmo sexo.
    se alguem puder me ajudar de uma forma mais direta, seja por email seja por whatsapp eu agradeceria, gostaria muito de ter com alguém com quem contar, além de Deus claro, pois este tem sido minha fortaleza até hoje.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olá amigo!
      converso com outros amigos que buscam libertação assim como eu e vc e com outros que já são livres em grupo de whats app
      se quiser fazer parte meu contato é liberdade20151@gmail.com e lá conversamos melhor...abç e fé em Cristo

      Excluir
    2. Quando permito ser identificado por ex-gay quero passar a informação que a [ atração homossexual ] que tanto me fazia insatisfeito deixou de existir. O recado também é claro: nunca fui bissexual. Antes convivia com essa atração de forma obrigada. Não era uma escolha! Hoje não é mais uma imposição.

      Excluir
  64. bom , é um pouco difícil falar disso ,tive uma infância ótima ,nunca fui abusado sempre tive o amor dos meus pais ,mais desde de pequeno sentia atração por homens ,mais achava que isso ia passar , quando entrei na adolecencia comecei a me envolver com muitas meninas pra ver se consegui sair disso. mais nada acontecia sempre tive um porte bunito , isso começava a chamar a atenção de algumas meninas , mais eu era muito vazio , comecei a frequentar uma igreja nessa mesma época trabalhava como modelo aki na minha cidade onde conheci muitos homossexuais ,mais não tinha coragem de sair com homem nenhum , decidi sair dessa carreira e afirmar com Deus ,foi nesse período que conheci um linda moça começamos a sair sem compromisso nenhum ,ate que um dia ela ficou gravida de mim , nesse momento não estamos pronto pra assumir essa responsabilidade , mais sabia que teria ,porem ela abortou a criança , me senti pior ainda , terminamos em seguida , eu não sabia o que fazer comecei com as drogas bebidas ,sai de vez da igreja , conhecia muitos homossexuais devido a meu serviço antigo , ate que um dia sai com um homem , transamos, mais eu senti nojo de mim mesmo , e assim comecei a sair com outros e outros , achava q mulher nenhuma mais poderia me fazer feliz , mesmo assim sai com varias mulheres so pra manter as aparecias ate transava com elas mais me sentia um nada por dentro sem sentimentos,a seis meses estou na igreja de novo mais não consigo sair desses pensamentos malditos , não consigo falar com ninguém sobre isso ,tenho muito vergonha , ninguém nem imagina , o que eu faço me ajudem a mi libertar disso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. estamos juntos nessa caminhada, entre em contato liberdade20151@gmail.com
      abç e fé no Salvador

      Excluir
  65. boa noite , tarde ou dia pra quem estar ai ... sou cristão a 5 anos , nem parece o tempo passou tão rápido , lembro de quando me converti só tinha ficado com um garoto e tbm algo mt superficial , a famosa meeinha , mas por fim tudo acabou ... e dois anos depois me converti , ninguém me precisou dizer que era errado fui percebendo ao longo da minha conversão e resolvi lutar , eu queria dizer decidi por amor a deus mas acho que não foi só isso ... em fim 5 anos depois eu vejo que tive muitas viitorias , mesmo , mas tbm já cai tanto , não consigo ficar mais de uma semana sem pornografia , já fiquei com dois caras , não cheguei a fazer anal ou beijar só foi oral mesmo mas de fato isso é tão errado quanto ... agora em um periodo bom eu tive uma recaida estou em varios grupos gay no face e estou querendo sair mais estou sem forças , eu sei que não preciso de forças para isso , é só fazer mesmo que nao tenha vontade . mas toda vez que entro nesse meu face alternativo pra desfazer td eu acabo desitindo e o pior que estou me expondo ali , esperando igual uma cadela no sio por um macho ... eu acho que esqueci meu face aberto no nootebook do meu irmao , acho q ele viu td . pq hj ele disse assim " vc esqueceu de fechar seu face , e vc nem vai querer ouvir eu falar nada " e minha amoga tbm mandou eu vigiar hj no face ... e nao falou mais nada cmg ... ninguem acredita em mim , acho que nem eu msm :( to cansado e o pior que estou mais safado que antes mas a atração sexual é menos mas msm assim nao consigo dominar

    ResponderExcluir
  66. Graça e paz

    Nasci em um lar evangélico, com 9 anos de idade em um velório fui ao w.c e lá um homem me chamou para entrar dentro de um box, oferecendo pipoca, se eu pegasse em seu penis, não contei pra ninguem ,a partir passei a querer pegar e ver dos meus familiares,com 10 anos comecei a gostar de um garoto da minha igreja CCB, ele nunca soube, com 11 comecei a adquirir trejeitos meu pai falava; Anda direito engrosse essa voz, isso foi bom porque ,diminuiram os xingos e zuação dos outros, Com 15 anos resolvi me voltar totalmente pra Deus me batizei, fiquei firme sentia fortemente a presença de Deus na igreja e raramente sentia desejos por homens, isso durou por 1 ano, trabalhava como office boy, estava entregando um doc em cliente,em um centro empresarial, fui ao w,c encontri com um cara, o mesmo enfim se aproximou e como estava vazinho fez sexo oral em mim, desde então eu começei a me afastar da igreja,até o momento que tive a 1 relação sexual, na doutrina da Congregação Cristã quando isso acontece é pecado de morte, ou seja sem liberdade, sem saudações pelos menbros ,condenado ao inferno, entrei em depressão pensei em suicidio mas não tive coragem, enfim me recuperei e começei a frequentar as baladas e me prostituir nos w.cs parques qualquer lugar possivel,sentia falta de Deus fui para Espiritismo, Wicca,Budismo, mas nada preenchia , até conhecer as igrejas com Teologia inclusiva que foi ótimo porque , confesso que sentia a presença de Deus , só com tempo acabei entendo que não estava certo, E hoje me vejo preso ainda na prostituição não consegui encontrar uma igreja que me ajudasse, em Campinas SP, já tentei falar com alguns pastores para ajuda mas não deu certo, Hoje sei que Deus me ama, só que o pecado me afasta dele, agradeço a Deus e a vcs por toda ajuda, quem tive um grupo de apoio e puder me colocar, meu e mail é marceldalkia@gmail.com

    ResponderExcluir
  67. O conceito da Bíblia não é desarrazoado. Ela apenas orienta aqueles com desejos homossexuais a fazer a mesma coisa que se exige dos que sentem atração pelo sexo oposto: ‘fugir da fornicação’. (1 Coríntios 6:18) A verdade é que milhões de heterossexuais que querem seguir os padrões da Bíblia exercem autodomínio apesar de quaisquer tentações que talvez enfrentem. Aqueles que têm inclinações homossexuais podem fazer o mesmo se realmente quiserem agradar a Deus. — Deuteronômio 30:19.
    joaosssssssssss@gmail.com

    ResponderExcluir
  68. Eu sempre sofri muito por ser lésbica, fui molestada por algum tempo enquanto era criança e nunca tive coragem de falar sobre isso com ninguém talvez pela dor que me faz desabar na mesma hora, sempre acreditei em Jesus por muitas vezes ter sido livrada de tentações como as drogas por exemplo, a homossexualidade entrou como uma alternativa em defesa contra os abusos sofridos na infância, mas de fato eu não consigo ser feliz e já fiz muito esforço pra mudar e quando procuro uma igreja e tento levar a sério e me entregar a Deus as pessoas zombam de mim e dizem que não vai adiantar ou aparece um novo relacionamento e me promete o "céu" que sempre acaba muito mal, acabo me sentido mais culpada do que antes, eu realmente quero essa ajuda, mas não sei bem aonde ir no que acreditar.

    ResponderExcluir
  69. "Não consigo ser feliz". Anônima essa frase é sua. Você também consegue identificar bem as origens em sua vida. Dois reconhecimentos super importantes para fazer sentido acreditar numa mudança. Já tem uma base que te sustenta. Tudo indica que você se perde mesmo é no seu relacionamento com Deus. Você também disse: "as pessoas zombam de mim e dizem que não vai adiantar". Ei! O sentido da sua existência é estar feliz, realizada, ou agradando os outros?! Maninha... seu trato é com o seu Criador. Espera e confia apenas nEle. As outras pessoas não passam de meros mortais... Tudo isso aqui é passageiro. Tudo... até essa "alternativa", como vc bem descreveu. Você já experimentou, viveu isso na prática, sabe se faz ou não bem para você. Se você quer mudar por meio de Deus saiba que a única coisa que pode fazer é QUERER muito MESMO, tem que está cravado isso no seu coração. E se for uma mudança para agradar a Ele, ai não tem porque você não sentir o sabor disso, já que Ele garante disponibilizar para qualquer um. O indivíduo só tem que saber esperar. E só quem realmente quer mudar saberá esperar. Pressão social, legalismo religioso, tudo isso não faz parte da mudança divina. Ele não quer nada mecânico. Ele não te quer obrigada. Tudo tem que acontecer de forma espontânea. É um relacionamento... não uma religião! Esse relacionamento, te garanto, é o que pode mudar todo seu ser. Boa sorte na caminhada!

    ResponderExcluir
  70. Olá pessoal!

    Sinto desejos homossexuais , e estou na luta pela minha libertação em Deus!

    Está acontecendo comigo o seguinte:

    durante a noite, quando estou dormindo, eu acordo de madrugada e começo a me masturbar! Sinto atração pelo meu próprio corpo, e então começo a passar a mão em mim mesmo e logo fico excitado e me masturbo.

    Mas não quero fazer isso! Quero ser livre dessa prática que já acontece desde 2010.
    Quero ser liberto!

    Mas de noite, parece que fico inconsciente, minha mente fica confusa, parece que a tentação é mais forte e acabo me masturbando.

    Orem por mim, quero muito ser livre disso!!

    ResponderExcluir
  71. Oi, tenho 16 anos. Sou completamente gay. Não sei quando o homossexualismo entrou na minha vida, mas sei que isso está me matando, sinto vergonha, perdi a vontade de ir á escola, estou tentando me isolar. Fui alimentando esse mal, comecei só com masturbação, vendo vídeo gay, trocando mensagens com homens, mas nunca pratiquei. Agora sou evangélico, mas ainda me sinto um gay. Já tentei suicídio 2 vezes. Eu não sei se quero mudar é por causa dos preconceitos, ou de coração mesmo. Me ajudem eu estou ficando fraco, eu quero mudar, eu quero seguir o modelo bíblico de casamento. Eu servir ao senhor. Esse mal tá tirando minha juventude.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo só quem pode tirar esse desejo por completo de você é o Criador, Deus! O desejo de alguma forma foi parar no seu coração, biblicamente é lá que a sua homossexualidade está. E de lá só quem tira é DEUS. Não pense em suicídio, pense em liberdade! Tudo tem seu tempo determinado para acontecer ECLESIASTES 3:1. Mande um e-mail se quiser interagir com outras pessoas que experienciam o mesmo. Abraço.

      Excluir
  72. SOCORRO! Gente meu nome é Ezequiel,tenho 16 nos, e me descobri homossexual aos 11 anos,Gente por favor,eu preciso de ajuda sério, acho que a to ficando depressivo,me ajudem por favor, eu não aguento mais essa vida, eu to sofrendo muito, meus pais não sabem ainda,só uma irmã,tenho medo de contar e ele não confiarem mais em mim,me prenderem,eu quero que alguém me ajude se puder, quero me libertar,quem puder me ajudar,por favor me mande um E-mail ou me chame no whatzapp, e-mail(ezequiel.jesus.16@outlook.com)whatzapp(033999108348) ,se poderem orem por mim,estou desesperado porque não quero isso pra mim,me sinto muito mau,abraço,espero que me oução!

    ResponderExcluir
  73. Ola pessoal a Paz do Senhor,
    Tenho 22 anos, casado e cresci dentro de uma igreja evangélica.
    Desde q me lembro sempre fui muito safado desde pequeninho, gostava de mulheres mexia com todas q via e alem de td era uma bençao na igreja. Porém, com os 10 anos pelo fato de ter apenas irmas eu brincava e andava muito c elas, acabava ficando com as amigas delas, e meus pais muito conservadores começaram a me proibir de brincar com elas porque eu as agarrava, beijava, pegava na bunda delas e tal, então me diziam "Homem com homem e mulher com mulher, faca sem ponta e galinha sem pé", e então comecei a andar e brincar com os meninos da minha rua, foi entao que descobri que os meninos ficava entre si, imitando como se estivessem c mulheres namorando e tal, fazendo o famoso TROCA-TROCA. No início eu fiquei meio q arredio, na verdade nunca tinha visto esse tipo de coisa, td aquilo era muito novo p mim, embora um tio meu ficava me alisando e eu ficava incomodado mas nao era algo que me assustava. e por morar longe dos demais meninos da igreja meus pais nao deixavam eu ir pra casa deles, deixava eu brincar apenas na rua de casa, e convivendo com os meninos fazendo troca-troca eu fui me acostumando, no inicio ate recusava, mas com o passar dos tempos eu fui me envolvendo tbm, nisso eu ja tinha meus 11 pra 12 anos, foi onde comecei a ficar distante de Deus, muito menos tinha muito interesse pela igreja, embora nunca parei de ir. no inicio ficava com os meninos apenas nos alisando e pegando um ao outro, porem fomos descobrindo coisas novas ate chegarmos ao sexo completo, era muito constrangedor, mas me acostumei e passei a gostar muito, e nao podia mais ficar sozinho, sem algo p fazer que ja saia atras de algum dos meninos para fazermos sexo, ja estava um crente rebelde a esse ponto e chegava ao ponto de faltar de igreja pra ficar sozinho em casa pra ficar com alguem. Porem fazendo era super bom mas depois vinha o arrependimento, a tristeza, o nojo... Certa vez um professor me pediu para ajuda-lo com algumas malas ate sua casa, foi onde sofri um abuso, fiquei arrasado, porem com o tempo as coisas foram voltando ao "normal" , entao quando ja estava com 15 anos perguntaram se eu iria batizar na igreja , e por pressao de meus pais e tambem um pouco por vontade propria, e decidi que me batizaria. Entao me batizei e firmei na igreja, porem nesse periodo dos 15 aos 18 anos comecei a ter vergonha e medo das coisas que praticava, e medo de que alguem descobrisse pensei varias vezes em me suicidar, bater de moto, sair numa curva, e outras formas mas nunca tive coragem.... Em altos e baixos na igreja e na vida viciei me em videos porno, masturbaçao... e isso foi me enfraquecendo, ... e com dificuldades para ir a igreja ja estava quase parando, entao comecei a namorar com uma Menina da igreja, pois sempre tive o lado bisexual, ficava com meninos e meninas, porem o lado Homo sempre falou mais alto...e com essa menina , fiquei muitos dias sem vê-la, e muito carente com a fraqueza espiritual revi um dos colegas meu e novamente tive uma recaida fikei com ele... arrependido e decepcionado nao falei nada com ninguém pela vergonha. depois regressei para a igreja me firmei novamente retomei meu ministério, terminei com minha namorada, arrumei outra e me Casei, e estou feliz... porem embora ja pedi muito a Deus p esquecer tudo que já passei com esses desejos carnais, e desejo muito mesmo de coração esquecer tudo... ainda sei que nao sou curado, pois no momento de minhas fraquezas nao procuro meus colegas mais embora já desejei, mas entro em sites de pornografias em geral e chats, e me masturbo com isso...
    e em uma busca de socorro, de poder conhecer alguem que ja passou por isso alguma orientação piscológica algum Pastor, Encontrei esse site que tem sido uma benção na minha vida... PEÇO QUE TODOS OREM POR MIM, para que Deus me der forças, que eu nao caia mais em tentações e que transforme a minha vida... que tenha uma vida repleta de alegrias....

    Desde ja muito obrigado, que Deus nos Abençoe....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uau! Que desabafo em mano. Você se conhece bem. Esquecer? Nem eu esqueci. É o tal "espinho na carne". E você precisará de suas memórias para o Juízo Final (de antes e de depois) - não tem porque Ele apagar. Ele sara, mas dentro do processo dele né. Tem o tempo de espera até para você provar não só para Ele, mas principalmente para você, que é um desejo sincero de mudança e não um entusiasmo passageiro.

      Excluir
    2. Ola pessoal, é com muita tristeza q venho relatar a vcs q nao vigiei e cai em tentação, e PEQUEI NOVAMENTE, reencontrei um de meus colegas e durante a conversa ele me tocava então fracassei, porem no ato da relação ja me arrependi e parei tudo, sei q isso nao apaga o meu pecado mas fico alegre por nao ter prosseguido... Depois falei com ele q sentia nojo de mim e que nao achava aquilo certo, ele disse que era tudo normal que de 10 meninos, 8 praticam isso... Mas eu estava com a alma triste, penso que ADÃO E EVA se sentiam assim ao pecar... e eu tambem queria me esconder de Deus e de todos me senti o pior dos animais... E fui pedir a Deus perdão, não sei o que fazer pois nem mesmo eu me perdoo... E Deus Usou o Pastor em uma pregação na igreja parece que tava falando tudo pra mim e que alguem tinha contado tudo o q acontecera. Ele Disse "que muitas pessoas culpam o diabo pelas suas praticas pecaminosas, quando elas mesmas sao as culpadas por nao vigiarem, e alimentarem mais a carne do que o espirito,e que era possivel vencer o pecado basta alimentarmos nosso espirito das coisas que vem do ceu, da palavra de Deus, e disse mais; para atentarmos pra Deus enquanto temos oportunidade pq uma hora A CASA PODE CAIR e cairmos numa miseria, ainda sitou a parábola da casa na rocha e na areia"... Entao firmei um compromisso de me firmar em Deus, sei que nao vai ser fácil a Luta, mas é preciso lutar, nao vou mais pedir forças a DEUS , mas vou buscá-la na sua palavra... conto com as orações de todos vocês...

      Excluir
  74. Oi, meu nome é João, tenho 16 anos. Sou homossexual desde pequeno. Comecei apenas com desejos, masturbações, vídeo pornô, entretanto nunca tive uma experiência Homossexual. Mas agora estou sofrendo as consequências: depressão- não quero mais sair de casa, violento com minha mãe, pensamentos suicidas e preconceitos. Hoje quero mudar minha orientação sexual. Me converti, aceitei Jesus na minha vida, mas tudo está tão difícil.Faço jejum, vejo testemunho, faço oração.
    Eu não quero isso pra minha vida!
    Eu quero mudar!!!
    SOCORRO me ajudem
    SOCORRO!
    SOCORRO!!!
    EU sou a pessoa mais infeliz do mundo!!!

    ResponderExcluir
  75. Ola boa tarde!!

    Meu nome é Willian, tenho 22 anos e nasci em um lar cristão, onde desde pequeno fui ensinado a buscar a Deus em primeiro lugar preguei a primeira vez com apenas 7 anos de idade, nesta mesma idade sofri abuso sexual e descobri a sexualidade muito cedo e de uma forma errada, nunca conte isto a niguem porem apos este fato nunca mais consegui me olhar no mesmo jeito parece que perdi minha masculinidade comei a fazer os famos TROCA TROCA onde sabia que aquilo era errado mais nunca imaginei as consequências que isto iria me trazer. Abandonei a igreja as 15 anos para viver minha vida " sexo. drogas, bebidas, baladas etcc..." no meu aniversario de 18 anos tive uma overdose onde repensei na vida e voltei para os caminhos de Deus, namorei um menina da igreja durou um ano preguei novamente e logo me peguei com cometendo os velhos hábitos. Hoje estou namorado um rapaz que conheci na faculdade a pouco mais de 9 meses, porem não consigo ser feliz com o tipo de vida que tenho levado, ja orei e pedi para Deus diversas vezes a morte que não aceito viver desta maneira!!

    Preciso de ajuda de aconselhamento descobri este blog hoje e espero ter um retorno.

    Abraços que Deus abençoe.

    ResponderExcluir
  76. Sinceramente já lutei tanto ... to a beira de jogar td pro alto . Não quero levar uma vida homossexual mas n tenho mais forças vira as costas pro pecado tem sido um fardo pra mim ao invés de ser refligerio e esperança mas tbm desistir dói pra caramba não quero viver lonhe do meu senhor estou bastante confuso e incomodado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tente viver sem Ele... Se vc não conseguir, deixe-o fazer parte da sua existência mesmo assim. E te mudar no tempo e da forma que Ele achar melhor. Tem como prosseguir com Ele e sem Ele. Machucado, forte ou ferido, mas sempre com Ele. Vc e' quem escolhe.

      Excluir
  77. O sentimento de se sentir sujo é sem dúvida o pior, acho que sempre fui assim, é algo tão ruim, é um fardo, é pesado e te machuca muito. Eu sofro em silencio. Não sinto desejo de me relacionar amorosamente por um homem, nunca, mas eu tenho desejos sexuais, infelizmente. Nunca me relacionei com homens, só com mulheres mas eu não sinto atracão e isso me destrói! Preciso desabafar!!! orem por mim, não tem sido fácil... 21 96969-0487

    ResponderExcluir
  78. Pessoal, o que voces acham a respeito de a esposa fazer penetração no marido com objetos, durante sua relação sexual???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um nojo... Mas cada um com seu livre arbítrio né!!!

      Excluir
  79. Voltei aqui maninho para lhe agradecer pelas sabias palavras e conselhos, voltei a ir na igreja desde de novembro de 2015, e estou tão apaixonada por Jesus e pelas maravilhas que ele tem feito na minha vida, a batalha não é fácil se vive um dia de cada vez, cultivo a fé abaixo muitas vezes de lágrimas mas, a transformação é visível, estou muito feliz de verdade, estou empolgada quero me batizar logo e selar a minha vida para Jesus de vez! Maninho não abandone essa obra, você não faz ideia de quantas almas nesse instante você tem salvado para Jesus! E você tem toda razão as pessoas tem que aprenderem a ter um relacionamento com Jesus e por ele acima de toda vergonha e entregar seu coração sem medo, e contemplar as maravilhas que deus pode fazer, amigos jogue o seu fardo para Jesus e deixe ele trabalhar na sua vida. Coragem e atitude é tudo! A paz a todos!

    ResponderExcluir
  80. Meu nome é Fabiano, tenho 16 anos e a dois anos comecei o vício da masturbaçao juntamente com a pornografia. Desde pequeno não gostava de futebol, e coisas de menino, tenho uma família muito estruturada inclusive ativa na comunidada. Sempre fui muito discreto e tenho a impressão que as pessoas pensam que sou muito tímido e de fato sou, mas nunca falei sobre sexualidade / sexo com ninguém, minha família nunca parou para falar sobre o assunto. Meu pai ficava um bom tempo fora de casa devido ao trabalho e raramente eu o via, e quando o via parece que " não estava ali " ( creio eu ser um dos motivos para o meu comportamento homossexual ). Apesar da masturbaçao e pornografia, nunca tive relação sexual ou sequer um beijo com outro homem. Mas por ser criado sempre baseado nos valores, fico com a consciência pesada, e quero de verdade mudar de vida, sempre sonhei em ser hetero e poder ter uma família mas ao mesmo tempo esse sonho parece distante de mim. Gostaria muito da sua ajuda, se possível.

    ResponderExcluir
  81. na cela com as cheves nas maos..
    é assim que me sinto meu nome é ISRAEL criado na igreja,e gay não assumido,de premido e com muita vontade de dormir eternamente tenho 27 todos me perguntam por que eu nao namoro ja que certamente acharia quem me quisesse mas como eu poderia arruinar a vida de outra pessoa sinto que quero morrer todos os dias por ser assim eu vou pro inferno, do que me adianta viver se o final ja esta certo alguem pode me ajudar 54 99072113

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um bom começo é tirar essa ideia medieval da cabeça. O mal está te aterrorizando com ela. Afastando vc de Deus. E gerando essa vontade suicida. Ele veio para roubar, matar e destruir. Não dê essa legalidade para ele em sua vida.


      "Não estejais inquietos por coisa alguma; antes as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus pela oração e súplica, com ação de graças. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos pensamentos em Jesus Cristo. Quanto ao mais, irmãos, tudo que é verdadeiro, tudo que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se ha' alguma virtude, e se ha' algum louvor, NISSO PENSAI"

      Felipenses 4: 6-7-8.

      Vc tá pensando totalmente o contrário e desobedecendo o Eterno. Está deixando o mal tirar onda com sua existência.

      Excluir
  82. Olá, boa noite. Meu nome é Hanna, lendo o seu site percebi que você não deixou de ser gay apenas, deixou de ser promíscuo, e isso, é pecado sendo hétero ou gay, ou trans, ou bi... Deus não te permitiu viver essa vida para você se intitular "ex gay", ele deixou você viver a sua escolha, que foi aquela, e Ele é educado demais para te proibir de fazer qualquer coisa. Sou gay, sou cristã e por muito tempo eu tive medo de ser quem eu sou, fiz jejum e oração para deixar de amar minha esposa. Assistir pornô, dar todo dia para alguém diferente ou fazer qualquer coisa que você já fez é pecado, não importa sua opção ou identidade sexual. Tenho um relacionamento firme, abençoado e limpo. O Deus que eu sirvo é o mesmo que você serve, Ele nos ama como somos, se você deixou de ser promíscuo, isso é uma bênção. Ex gay é outra coisa que não tem nada a ver com o que sua história conta, uma pessoa é ex gay quando ela simplesmente deixa de se sentir atraída pelo mesmo sexo. Você escolheu viver sua vida (na fase da adolescência) de uma forma errada, não vi você procurar a Deus enquanto estava procurando saber o resultado da AIDS, em nenhum momento você deixou de ir a boates gays para achar uma igreja que te ajudasse de verdade, não buscou pautar o seu relacionamento em doutrinas cristãs. Respeito o seu título de ex gay, mas nem todo mundo precisa desse título, a sua história deve servir de exemplo para que outros promíscuos deixem a vida de promiscuidade. Deus não faz acepção de pessoas. Um abraço de sua irmã em Cristo Jesus.

    ResponderExcluir
  83. Você está tão fixada na sua história que leu "certinho" a minha em?!!! Sim... a atração ACABOU. O desejo se foi. E tudo que eu fiz eu tive FE' para fazer. Não venha com esse papinho de ser gay, fazer sexo com alguém do mesmo corpo e ao mesmo tempo ser cristã. Você vive uma apostasia. E agora o peso que te levará para o Lago de Fogo é bem maior. Que esteja nos planos de Deus sua conversão de verdade. Não esqueça que ao entrar no caixão: ja' era. Não vai poder fazer mais nada. Deus é claro em suas palavras. Quer continuar nessa fantasia melhor procurar outro deus. Apostasia é de lascar!!!

    ResponderExcluir
  84. Mateus 7:1-5. Você como cristão acabou de julgar, coisa que nem o próprio Deus faz, o dia do último julgamento será o mesmo para todos, até lá, não se deve julgar alguém pois você não tem autonomia para isso. Ore por essas pessoas e Deus lhes mostrará a verdade, não a condene ao inferno, você é humano e falho, assim como eu e assim como ela.

    ResponderExcluir
  85. "Que esteja nos planos de Deus sua conversão de VERDADE". --> O ser humano tem o mau costume de enxergar apenas o que quer! <-- Foi repassada apenas o que a Bíblia diz. Leia estudos sobre o "julgar" pois se cristãos não tivessem ordem, descencia e princípios para tal Fe' heresias como tal seriam aceitas livremente nas congregações. "Não julgueis segundo a aparência, mas julgai segundo a RETA JUSTIÇA" João 7:24. * A Biblia condena apenas o julgamento hipócrita e ñ o que resulta em salvação *

    ResponderExcluir
  86. Ola, irmãos amados. Tenho 41 anos e sofro demais com a condição homossexual. Só saí com um cara uma vez, isso há 13 anos e não foi uma relação completa. Deus tem me guardado, eu sei, mas o desejo é latente, e recorro à pornografia, o que já diminuiu muito nesses anos todos. De qualquer forma, eu gostaria de ter outra vida, livre, normal e dentro da Palavra. Estou firme na igreja, graças a Deus e sou referência lá dentro. Ensino a Palavra, prego e faço de coração, porque amo o Senhor. Por SUA graça nunca me desviei, apesar de já passar por frieza espiritual muito grave. Não sei mais o que dizer, não se mais o que fazer, tenho sentido mita atração e desejo por homens, mas sem que ninguém perceba. Já confessei isso a várias pessoas consagradas, que sempre me ajudaram, mas não é suficiente. E sinto que não amo o Senhor como deveria, eu queria amar mais e rejeitar esse mal de minha vida. Quero muito conhecer mais ao Senhor, se dEle inteiramente. Será que sou mesmo do Senhor? O sofrimento aumenta muito. Meus pais já são de idade e morro de medo de ficar só; a solidão é algo que me aterroriza e já desejei morrer, não tirar minha vida, mas morrer, porque me parece ser um alívio. Não sou efeminado, a maioria das pessoas nem imagina que sinto isso. Queria amar e ser amado, mas do jeito certo. Já namorei mulheres, mas não sinto nada. A última vez eu contei a uma namorada, também cristã, o que eu sentia, fiz isso no segundo dia de namoro. Ela foi muito legal e quis me ajudar e não terminou o namoro, mas não deu e não seria justo com ela. Aí eu a deixei. Enfim, essa é minha tragédia. Tenho medo de cair e ao mesmo tempo quero cair, apesar de não querer. Dá pra entender? Só JESUS na minha vida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh irmão. Provérbios 20:9 te impede de conseguir com suas próprias forças. Você tem que deixar essa vontade de mudar, principalmente pela vontade de viver a plenitude da Palavra. Tem que deixar essa vontade te invadir por inteiro. Todos pecaram. E esta foi a forma que o pecado manifestou-se em nós. Para vencer o mal você está no caminho certo. Continue apegado com as coisas de Deus e sendo SINCERO a todo instante com sua jornada. Não há característica mais importante que a sinceridade para lidar com o Criador. Com ela e focado em Deus vc vencerá todo mal.

      Excluir
    2. Oh irmão. Provérbios 20:9 te impede de conseguir com suas próprias forças. Você tem que deixar essa vontade de mudar, principalmente pela vontade de viver a plenitude da Palavra. Tem que deixar essa vontade te invadir por inteiro. Todos pecaram. E esta foi a forma que o pecado manifestou-se em nós. Para vencer o mal você está no caminho certo. Continue apegado com as coisas de Deus e sendo SINCERO a todo instante com sua jornada. Não há característica mais importante que a sinceridade para lidar com o Criador. Com ela e focado em Deus vc vencerá todo mal.

      Excluir
    3. Oi anonimo. Li sua historia de vida e, sendo sincero, considero vc um vencedor, por se manter reprimido todo esse tempo. Nesta nossa situação, a culpa é algo que corrói a alma. Só mesmo que vive este conflito pode compreender a dimensão da nossa angustia. Já me aconselharam de diversas maneiras: expulsando "demônios" ou apenas condenando meus atos, mas nenhuma solução eficiente e capaz de preencher esse vazio, essa culpa, essa angústia. Anônimo de 41 anos, gostaria de entrar em contato com vc, se possível. Tenho 34 anos, estou no último ano de medicina e, depois de formado, pretendo buscar ajudar na terapia reparativa, não somente pela homossexualidade, mas também pelos sentimentos que giram em torno disso tudo. Se vc puder me passar seu contato, estaremos conversando... Abraços.

      Excluir
  87. Tenho 17 anos e desde criança sinto esse desejo mor meninos, cresci na igreja, Deus ja usou muitas pessoas pra entregar profecias de que ele iria me levantar no meio da minha cidade com um grande homem de Deus, e me levara aos 4 cantos da terra.....mas essa angustia q sinto no meu coração tem acabado comigo, eu ainda estou na igreja, so quem sabe disso eh um amigo meu...mas ano passado conheci um menino na igreja, e estou apaixonado por ele, penso nele todos os dias, oro por ele, quando estou perto dele meu estomago fica frio, fico nervoso, fico com os olhos brilhando, ele me deixa muito feliz, eu o amo! mas sei que isso nao pode, tenho chorado muito, sinto muito ciume dele....ao sei o q faço, estou desesperado..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um coração voltado para homossexualidade só vai pulsar por homossexualidade! Ore por um novo coração! Tudo de bom.

      Excluir
  88. Boa noite, resolvi escrever porque nunca contei isso a ninguém, eu não sou gay, não quero ser gay, mas em envolvo com homens e morro a cada vez que faço isso, estou sendo mais sincero que já fui na vida. Poxa, Eu amo Deus, o sacrifício na Cruz do calvário, a Presença Dele em mim, o Toque do Espírito Santo em mim, O amor dele envolvendo todo o meu ser. Eu sou membro de um igreja, canto, mas canto porque é um forma de agradecimento a Deus por tudo que ele fez por mim, se tivesse um chance de não ser condenado ao inferno eu já teria posto um fim nesse sofrimento. Você já projetou 10 formas diferentes de como morrer? E todas elas achar que seria pouco pra você? Jogar o carro contra alguma coisa, tomar remédios, passar uma corda no pescoço, uma faca no peito, pular de um prédio, se jogar na frente de um ônibus. Todas essas eu já projetei, cheguei a separar uma corda um dia desses, outro dia peguei uma boa quantidade de remédio, mas sempre acontece algo que acaba fazendo que eu perca a coragem de fazer. Ninguém sabe dos meus envolvimentos, não tenho jeitos, nem nada, mas me olho no espelho e vejo algo nojento, digo de pena, de repulsa de vergonha. Eu não tenho como explicar tamanha dor. Eu já tive namoradas, e eu até amo ainda a minha ex-namorada, poxa eu amo ela, eu queria casar com ela, ter filhos com ela, ser uma benção na igreja, alcançar almas para Cristo, mas se as coisas continuarem assim só resta uma opção, eu não serei vergonha pra minha família, para meus amigos, para Deus. Como isso começou? Dois primos bem mais velhos, em diferentes ocasiões, abusaram de mim, não chegaram a consumar o fato, que droga eu não ia nem na escola ainda. Eu tinha uns 6 anos, e eu nunca contei isso para ninguém, meus pais não tem culpa alguma disso, eles são maravilhosos e em amam muito. Eu só queria não sentir mais essa necessidade. Eu juro que se eu pudesse escolher o que aconteceu comigo ou ter um cancer terminal, eu escolhia o cancer terminal sem duvida. Alguem com cancer lutra pra viver, do jeito que eu me sinto só espero a morte. Orem por mim, por favor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara, sei como se sente, meu irmão. Eu também amo a Cristo e me frustro com meu pecado. No meu caso sinto atração por homens e já tive envolvimentos em banheiros e tals. Já pensei em suicídio várias vezes, mas no fundo sei que não é isso que Deus quer. Se Ele nos quer aqui é por que Ele tem um plano para nós. Tenha força, cara. Eu sei como é se olhar no espelho e sentir nojo ao focar no próprio olhar. Eu sei como é se sentir um peixe fora d'água em todos os lugares q está. Só não posso dizer que sei como é ter passado por um abuso, pois nunca sofri isso. Imagino que tenha sido terrível para vc e de coração eu sinto muito. Mas tenho um grande amigo que foi abusado desde criança, se prostituiu na adolescência e hoje é um missionário, trabalha confrontando o tráfico humano. Ele já namorou, tbm amava a namorada dele, mas eles terminaram e até hoje ele luta contra tentações homossexuais. E a tentação dele não o impede de se relacionar com Deus.
      Sei como é desejar a morte, mas se Deus te mantém vivo é porque Ele tem algo para você aqui na Terra. Um propósito. Esses dias um amigo me confortou com a esperança do nosso galardão. Cara, nós negamos nosso desejo sexual e nosso desejo suicida todos os dias! Isso é carregar a nossa cruz. Deus está chorando cada uma de suas lágrimas e quando Ele decidir te levar, estará de braços abertos para te abraçar forte e te recompensar por cada vez que você negou ao pecado. E para as vezes que vc caiu, Ele lhe mostrará as cicatrizes em seus pulsos que provam que você foi comprado do inferno por Ele e para Ele! Vc é filho de Deus, meu irmão. Erga a cabeça contra o pecado e se lembre de uma coisa: Jesus morreu para que vc possa viver, chorou para que vc possa sorrir. Então viva, sorria. Como uma pizza, passeie pelo parque, veja o sorriso de um mendigo ao lhe dar um chocolate e em seguida fale do amor de Jesus. Ouse achar amigos que topem carregar sua cruz com vc e se divirta com eles, chore com eles por suas quedas, e se conforte através deles na lembrança de que seu pecado foi pago.
      Ao contrário do que nossa sociedade prega, sexo não é vida. A vida é muito mais do que isso. Os prazeres vão além do prazer sadio do sexo dentro do casamento e os desprazeres vão além das tentações e quedas nessa área.
      Enfim, cara. Jesus te ama tanto... Se ele morreu por você, para impedir que você fosse para o inferno... É porque Ele quer que você seja feliz! O céu nos aguarda com alegria. Mas Cristo quer que vc seja feliz aqui tbm. É o que eu tenho pensado esses dias. Minha vida por tantas vezes parece uma droga por causa do pecado. Mas por Ele, vale a pena tentar sorrir.
      Não sei se é contra a política do site, mas adoraria conversar mais com vc, meu irmão. Se quiser, me manda seu e-mail, a gente troca uma ideia, compartilha os testemunhos...
      E lembre-se: Mesmo quando vc está pecando, Jesus está ali do seu lado, segurando sua mão e esperando que você volte para Ele. Seu pecado não te afasta da salvação em Cristo, te afasta da intimidade com Ele. E o fato de você não querer quebrar essa intimidade já é prova de que você o aceitou em sua vida e que, portanto, é SALVO!
      Um forte abraço, meu irmão. Que você possa sentir o toque amoroso do Espírito Santo em você essa noite.
      Flavio.

      Excluir
  89. Tenho 18 anos, tenho desejo por homens desde criança... Por anos caí na pornografia hay, ninguém nunca soube, nem minha família nem meus amigos, apenas eu e Deus sabemos... Já sofri muito, comecei a ler a Bíblia em 2014 e pouco tempo depois aceitei Cristo com a esperança de que ele me libertasse dessa maldição, mas por mãos que eu ore eu não consigo entender porque ele não me libera... Sinto uma angústia muito grande, quando ando por vários lugares e vejo homens "bonitos" já penso em coisas imorais por causa da pornografia, eu não consigo vencer esse desejo, a masturbação virou algo rotineiro na minha vida e cada vez que eu me masturbo fantasiando aquelas imagens imorais eu me sinto pior ainda... Eu quero mudar de uma vez por todas, quero que Deus me cure e me faça um homem de verdade. Nunca namorei ninguém, sempre fui muito tímido, mas eu queria, um dia, me casar e ter filhos com uma mulher, mas não sinto nenhum tipo de atração por mulheres, somente por homens. Não quero perder a salvação, preciso de ajuda... Orem por mim, me indiquem algum livro, sei lá... Só quero ser um homem de verdade e não concordo com essa difusão toda da mídia em relação à homossexualidade, sei que é errado e tem libertação, mas preciso de ajuda... Obrigado pela atenção.

    ResponderExcluir
  90. Sou Cristã a nove anos, tive alguns envolvimentos durante a caminhada cristã com mulheres, e antes tbn ja tinha tido, sempre me apaixonei por mulheres, me considero homossexual por isso, mas luto diariamente contra meus desejos, e pra não me apaixonar por meninas da igreja que sao o meu unico ciclo de amisade, graças a Deus sei lidar com isso tranquilamente, tenho muitas amigas, e nao me sinto atraida por elas, apesar de achalas lindas, ja me senti atraidas por algumas, caminho com transparencia no aconcelhamento no discipulado, confessando minhas tentações, creio que Deus pode tira esse desejo de mim quando ele quizer ele é o todo poderoso, mais minha vitoria esta sendo de gloria em gloria, creio que se eu vigiar nao cairei mais nesse pecado, caminho com Deus e em comunhao com os irmaos,amo a vida da igreja, amo esta na casa de Deus,servir meus irmãos, amo meus pastores e lideres, nao desejo voltar as praticas homosexuais, desejo proseguir para o alvo, ser mãe de multidoes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. UAU! UAU!!! "caminho com transparência... creio que Deus pode tirar esse desejo de mim quando ele quiser ele é o todo poderoso".
      QUE SEMENTE! QUE SEMENTE!!! IMAGINA QUANDO FRUTIFICAR... UHUU \O/

      Excluir
  91. Boa tarde!!

    Sempre fui criado na igreja e conhecedor da palavra, mas teve um tempo que acabei me envolvendo com o homossexualismo, no final me sentia um lixo, vazio, arrependido, tentava de todas as formas sair dessa vida homossexual. hoje peço ajuda para me livrar de vez e seguir uma vida hétero.

    ResponderExcluir
  92. Ola irmaos! Meu nome e Rodrigo, tenho 17 anos e queria dar meu testemunho aqui pois quero muito ajuda! Eu nunca sofri abuso nem nada mas tive contato com a homossexualidade bem cedo. Meu pai sempre esteve perto mas nunca tive uma relacao muito proxima com ele por ele sempre estar muito ocupado com trabalho e eu sempre fui muito distante do meu irmao mais velho por ele ser mais machao e eu mais "sensivel". Tenho um meio-irmao uma semana mais novo que me maltratava e me obrigava a fazer o que ele queria. Mas as vezes a gente nos nossos 8/9 anos fazia brincadeiras de ser casal e simulavamos isso a ponto de nos beijarmos na cama (menos na boca por saber que era errado) e eu no meio disso tudo gostava e chegava a querer mais, porem so agora que fui me dar conta do prejuizo que essa brincadeira "inocente". A primeira vez que me deparei com o homossexualismo de frente foi no reveillon de 2008/2009 quando eu e meus irmaos e primos fomos parar no ponto gay de Copacabana por acidente e enquanto saiamos de la, eu rapidamente acabei vendo uma cena de dois caras se beijando e creio que foi ali que o diabo plantou essa semente maligna em mim que logo viria a crescer! Com uns 10/11 anos eu descobri a pornografia atraves daquele horario tardio do Multishow e acabei aprendendo a me masturbar tambem! A principio so olhava pras mulheres nesse ato, mas depois sem entender porque me pegava olhando mais para os homens do que para as mulheres e tentei ignorar isso! Ate que durante uma dessas visitas pornograficas acabei descobrindo meu primeiro video de porno gay! A principio achei bizarro, mas sabe como eh, uma vez que vc se depara com aquilo, te deixa tao intrigado que vc vai ver mais e logo isso se torna prazeroso! E desde entao, a pornografia gay se tornou o maior mal da minha vida! Porem um dia, meu irmao descobriu e me confrontou e desde entao eu fiquei um bom tempo sem ver! Nesse meio tempo, passei a fazer escoteiro por causa de um amigo e conheci um menino bonito chamado Roberto e quis ser amigo dele! So que enquanto a gente ia se aproximava, eu me peguei sentindo algo que eu nao queria! E quando me dei conta, tinha me apaixonado por ele! Nunca cheguei a falar isso pra ele, porem ja cheguei a fantasiar momentos com ele, mais amorosos do que sexuais e continuei amigo dele ate que o ano acabou e no ano seguinte nunca mais o vi! E em 2013, eu comecei a frequentar celulas da Igreja Batista Central de BH e em um culto de jovens em agosto, eu tomei minha decisao de entregar a vida pra Jesus, fiz a melhor escolha da minha vida! Nao foram faceis os primeiros dias, porque logo tive que receber uma propoata indecente de um amigo de anos do colegio que sempre teve tendencias homossexuais! E mais ou menos em novembro desse ano acabei voltando a ver a pornografia homossexual e meu irmao descobriu de novo, junto com minha irma tambem convertida que quase desmaiou na minha frente e me deixou desesperado! Numa conversa em seguida ela me disse que eu poderia ter blasfemado contra o Espirito Santo e fiquei ainda mais exasperado por pensar que poderia estar condenado ao inferno naquele momento e fiquei uma madrugada inteira orando e clamando desesperado por perdao e misericordia a Deus ate que eu nao tivesse mais forcas! E no final daquele ano eu fiz uma promessa a Deus pra ter mais intimidade com Ele e isso resultou em um 2014 que foi o melhor ano da minha vida, pois nao tive problemas com a pornografia, apenas com a masturbacao. Mas me aproximei mais de Deus e conheci amigos-irmaos incriveis nesses anos de 2014 e 2015 (ano passado ainda passei por alguns meses de depressao por outros motivos) e confessei pros meus melhores amigos e fiquei ainda mais leve e em 2015 me batizei nas aguas e no Espirito e me apaixonei ainda mais por Deus, que me revelou um chamado pra musica e disse que ainda tinha muitos grandes planos pra mim!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado por compartilhar esta rica experiência. Tão novo e já no caminho mais valioso que existe. Não importa o que aconteça, guarde esta fé, guarde estas experiências com Deus. Não importa o que aconteça... não adapte um deus às circunstancias que possam surgir, fique com o Deus revelado! Está sendo lembrado isso apenas porque sua juventude só começou!

      Excluir
  93. Preciso que alguém me ajude. Não aguento mais ver pornografia, sentir esses desejos bizarros

    ResponderExcluir
  94. Paz a todos...
    Prezados, vou contar um pouco da minha vida! Eu tenho atração por homens e mulheres, atualmente, estou na igreja e namorei durante 1 ano e 6 meses, nunca trai ela. Depois de terminarmos, eu caí com alguns homens, mas hj estou mudando de vida, mesmo tendo sido abusado quando criança, estou deixando totalmente o homossexualismo. Não sou nada afeminado, vou fechar todas as portas para o Diabo. Eu me arrependo das vezes que sai com homem, isso nunca mais irá acontecer, prometo a vcs e a Deus! Eu sinto que consigo, pq esse sentimento, vem de Deus.
    Fiquem com Deus, estarei orando pir vcs!

    Para Deus, não há impossíveis!!!

    ResponderExcluir
  95. Lendo os comentarios eu me identifiquei com muitos. A minha historia de vida é parecida com a de muitos irmãos que aqui escreveram, eu tenho 18 anos, sou católico praticante, e sofro com a bissexualidade desde cedo, eu tenho um pai também ausente, que se importava mais com o trabalho que comigo, não lembro de uma única vez que meu pai tenha brincado comigo quando criança, eu tenho uma mãe dominadora, ao ponto de querer instituir oque eu faço na vida intima mesmo com essa idade que eu tenho, ninguem da minha família sabe de meus problemas, eu sou bissexual, mas durante esse ano de 2015 e 2016 vi minha vida virar de maneira estrondosa, desde a infancia eu tenho tido muitas experiencias, brincadeiras com amigos, primos, mas sempre na minha cabeça havia a vontade de parar e o nojo daquilo, isso se prolongou durante a adolescencia e agora estava ficando mais que insuportavel, tive depressão, fiquei algumas semanas tomando remedios e ansioliticos porque cheguei a um ponto que nao queria na homossexualidade,eu encontrei a saida na autoterapia, procurem richard cohem, procurem nicolosi, procurem Van Ardweg, meus amados irmãos eles podem nos ajudar, eu caio muitas vezes no vicio da masturbaçao e pornografia, mas o importante não é não cair, o importante é levantar, não desistam, assim como eu não desistirei, a midia de hoje pode nos querer empurrar essa ideologia, mas a palavra de Deus é a ideologia, ela é inabalável, e atemporal, eu não acreditava nisso, eu era distante de Deus, eu me julgava superior a tudo, e hoje vejo que não sou nada, irmãos não desistam,levantem a luta, Deus dá as armas, vamos lutar. Tenho fé que não resolverei apenas os meus problemas sexuais, resolverei tudo em minha vida, porque a homossexualidade, o desejo, é como uma febre, é apenas um sintoma de algo que está podre dentro de nós, algo que está errado e precisamos concertar, eu creio assim como eu posso, todos que buscam ajuda nesse site podem, procurem ajuda já que o estado brasileiro nos proibe ate mesmo de buscar tratamento, vão em uma igreja,independente qual seja, uma que pregue a palavra assim como Deus manda, eles te ajudarão assim como me ajudaram, eu estou em processo, mas irei conseguir, sim irei, procurem de tudo, mesmo que seja dificil, Deus dará a recompensa, procurem livros para se instruir, existem pdf na internet, ngm consegue sair disso só, tenha fé em Deus, você conseguirá, nós conseguiremos.

    ResponderExcluir
  96. queria por favor se alguem souber do livro em portugues do richard cohen compreender e curar a homoxessualidade preciso muito me compreender e ser curado(a) não aguento mais! chega!! por favor se alguem souber preciso ler esse livro so encontrei no espanhol e nao sei espanhol

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Há muitos livros bons em Português, tente ver os de van den aardweg,o livro batalha pela normalidade sexual pode te ajudar

      Excluir
  97. Olá pessoal, eu sou evangélico desde que me entendo por gente, fui abusado com uns 10 anos por um amigo de meu pai, na verdade ele só se esfregava em mim... Mas enfim, hoje tenho 25 anos, entre minhas idas e vindas dá casa de Deus eu tive alguns poucos relacionamentos, só agora no dia 18 fez um mês que decidi deixar essa vida e me batizei, já vai fazer um ano que não me relaciono com homens graças a Deus, porém, a masturbação as vezes me faz tropeçar, não consigo deixar... Não é frequente, tipo, é uma vez no mês quando acontece, mês passado não participei do que seria minha primeira santa ceia porque tinha caído na masturbação, agora ontem aconteceu de novo, me sinto muito mal, acredito que Deus sabe que desejo mudar mas é mais forte do que eu... Alguém já passou por isso?

    Orem por mim

    Luiz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Luis, quedas são necessarias comuns, mas de mil quedas, levante-se 1001 vezes, o cair é humano o levantar é divino, lute consigo mesmo, lute com todas as forças, lembre-se do que Tiago disse: Deus não tenta ninguem, dele só vem o bem, o tentador ja se apresenta com o nome específico, fique firme irmão, fique firme pois nessa mesma leitura de tiago,nos é mostrado a nossa reconpensa ao nao cairmos em tentação, cuidado meu amigo, o mundo engana, mas a verdade está com Deus e com a Sua Palavra, seu propósito estará em minhas orações, assim como o de todos desta pagina, irmão, Deus nos da instrumentos, procure a ciência para o seu auxilio, leia os livros disponiveis nessa pagina e busque outros também. Paz

      Excluir
  98. Ontem eu fui na casa da irmã (bia ),do menino que mora cmg (william ) com a noiva dele( vitória) .ai ela me tratou como um amigo gay falou um monte de coisa ,tipo ela ficou semi nua na minha frente ai falou pra mim não olhar pras partes delas ai eu disse que tinha lugares melhores pra olhar ai ela falou tipo uma rola né .eu calei . A vitória quando estavamos indo pra casa ela brigou cmg pq deixei ela me tratar assim devia ter dito que to evitando essas coisas . Eu meio que tentei argumenta ai o William disse um monte de coisas dizendo que eu não ia conseguir mudar falou muita coisa que sou viado msm machucou mt . Foi mt ruim ai ele acabou deixando o celular no meu quarto /sala ai eu fui ler a conversa dele com a noiva tava picante tinha nudes dele ao invés de ficar triste com a história eu fiquei lendo e relendo a conversa e vendo as fotos dele . Mas eu quase consegui reseti mas cai o pior de td que o corpo dele n me atrai é muito estranho isso . Resumindo to fraco triste n quero ir trabalhar . Minha vida com Deus tava até melhorando

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Irmao nao fique triste, nao deixe ngm dizer oq vc vai ser ou deixar de ser, isso é um misterio de Deus e vc, Deus faz o homem e o homem se faz, vá na fé irmão, eu acredito em vc, nao desista nunca da sua liberdade. Procure ajuda da palavra de Deus e de livros de auto ajuda vc ira se fortalecer

      Excluir
  99. Boa tarde meu nome é Lázaro tenho 17 anos e desde que eu tinha mais ou menos um 11 anos que comecei a me descobrir que eu era homossexual qnd meu amigo que íamos juntos pra escola todos os dias começou a namorar um garota aquilo me deu um ódio e eu fiquei com muito ciúmes é TLS dos de um tempo isso passou soh que eu tinha a convicção de que eu era gay pq sempre me masturbava pensando nele e criando fantasias com ele e sempre vendo vídeos pornográfico gay na internet sem ninguém saber depois de um tempo mudei de escola e ele foi pra escola diferente aí nos destanciamos fiz novas amizades e uma amiga minha de tanta incoerência dela foi para a célula jah ia na igreja desde de novo mais dps de um tempo eu parei de ir e fui pra célula com essa amiga de curiosidade lá aceitei de Jesus e comecei a congregar na igreja na qual eu tinha ido na célula soh que desce o começo meu líder me cobrava as coisas como por exemplo está mais próximo dele e TLS e aí eu comecei a gosta dele de verdade é nunca tive coragem de falar nd ele aprende me perguntaava pq eu tratava ele com indiferença mais sempre qnd ele andava de mãos dadas com a namorada dele aquilo me emcomodo a e eu ficava com muita raiva dele a ponto de nem olhar na cara dele é isso tem 2 anos e essa mesma coisa ele me cobrando estar mais próximo dele soh que eu não consegui nem se quer falar com ele direito qnd estavamos com muitas pessoas q d estávamos sozinhos no descipulado e tls era bem. Te aqui pq eu tinha a atenção dele soh pra mim é até hj eu tenho ciúmes dele no mês de fevereiro ele se casou e tls e nesse dia pra mim foi o pior dias dá minha vida eu ajudei a arrumar a cerimônia a organizar e TLS ajudei com a roupa dele não tudo mais com o cabelo e fui levando assim, mais nesse dia do casamento eu me senti a pior pessoa e como ele casou no sítio e TLS e dormimos lá eu imaginei muitas coisas e no outro dia eu não consiguia nem olhar na cara dele pelo fato de que eu sabia que ele tinha se casando e antes eu criava esperanças e um tanto de fantasia ai dps do casamento eu decidir não mais sentir essas coisas por ele até atentei mais não conseguie ele sempre me cobrando pra estar mais próximo por ser o líder em treinamento dele soh q eu não consegui pelo fato de gosta muito muito dele é toda vez que eu via algo ou que acontecia algo que envolvia ele é a esposa dele eu ficava com muita raiva dele e não conseguia me controlar e nem olhava na cara dele chorava me masturbava pensando nele e isso nunca passou e até hj eu senti que gosto e tenho muita atração por ele e não consigo falar isso pra ninguém. É preciso muito de ajuda pois não quero mais sentir essas coisas e toda vez que eu me relacionava com os garotos dá igreja e TLS eu começava a sentir prazer por eles soh que não quero mais isso pra minha vida e não quero mais me sinto assim me ajude por favor me ajude não sei mais oq fazer é peço encarecidamente a ajuda pra vencer isso a homossexualidade é a masturbação pois sozinho eu não consigo.....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lazaro vc precisa primeiramente analizar seu desenvolvimento, analize o que levou vc a sentir isso, sua infancia, seus pais, sua aceitação perante aos outros meninos na infancia e a aceitação da familia, logo depois veja o que te atrai nesse cara que é seu amigo, veja se essa atração nao é mais uma admiração implícita do mesmo sexo, algo que vc ve nele e queria que tivesse em vc,busque ajuda da literatura para isso, tem livros bons sobre o desenvolvimento, qie te ajudarão a entender como tudo chegou a esse ponto, procure "a batalha pela normalidade sexual", ele com certeza te ajudara, é uma obra de um psicanalista mt renomado que ha anos ajuda pessoas a entenderem e se quiser sanarem sua homossexualidade, como você mesmo viu nos comentarios abaixo a sua transformação é uma batalha, contra sua propria carne, seus desejos e contra tambem as opnioes externas, mas não desanime. Tenha Fé e tudo fluirá em sua vida.

      Excluir
    2. Amém, muito obrigado vou procurar o livro é vou analisar isso....

      Excluir
  100. Respostas
    1. Caro amigo, sei como você se sente, realmente não é fácil viver assim, se quiser uma orientação ou um conselho, 21 98917-7103 é meu numero.

      Excluir
    2. Mantenho, leia os comentários. NINGUÉM deixou de sentir atração pelo mesmo sexo. Seja um pouco honesto consigo mesmo, autor. Você está pregando que todos podem controlar por quem sentem tesão ou que os deuses vão ajudar e quando, obviamente, não funciona você está culpando os comentaristas por não se esforçarem o bastante e que se eles continuarem nesse caminho de negação e auto-ódio tudo vai dar certo.
      Quanto de sofrimento e autoflagelo vc precisa trazer na vida desses adolescentes pra entender o deserviço que está fazendo?

      Excluir
    3. Vamos às acusações:

      1º) "NINGUÉM deixou de sentir atração pelo mesmo sexo". Resposta: Além de mim, conheço vários. Graças a Deus o mundo não foi você quem criou. Yes por isso, as leis que regem toda existência não depende do seu achar. Uhuu 0/

      2º) "Seja um pouco honesto consigo mesmo, autor". Resposta: Até o momento estou sendo, acredite (ops... vc é incrédulo deixa pra lá, rs).

      3º) "Você está pregando que todos podem controlar por quem sentem tesão ou que os deuses vão ajudar e quando, obviamente, não funciona você está culpando os comentaristas por não se esforçarem o bastante e que se eles continuarem nesse caminho de negação e auto-ódio tudo vai dar certo". Resposta: O que se prega aqui, para quem tem a capacidade de enxergar o que se escreve é nada mais que: a liberdade proporcionada por meio da fé em Cristo documentada na Bíblia Sagrada, você deve conhecer. Além disso é exposta a Ciência Autêntica que reconhece a Egodistonia Sexual estabelecida nas definições da própria Classificação Internacional de Doenças (CID). Pois esta [sem manipulação] expressamente reconhece a mudança da orientação sexual quando diz: "pode buscar tratamento para alterá-la" e "descobre que sua orientação sexual está mudando”. (Cf. CIDs: F66.1 e F66.0). Pra ficar fácil pra você: nem todo mundo gosta de ser gay como você tanto queria.

      Esse comentário é d+ : "você está culpando os comentaristas por não se esforçarem o bastante e que se eles continuarem nesse caminho de negação e auto-ódio". Resposta: Graças a Deus este meio de comunicação não é de culpa, mas de comunhão, de irmandade, de forma SADIA. Outra coisa muito importante de lembrar é que nem todos que existem são incrédulos como você, então respeite a fé alheia. Isso faz parte do bom convívio em sociedade... rum!

      Carinha... você entrou no blog errado... Só isso que resume tudo que tinha pra te dizer. E tenho andado meio "rebelde" espero que me perdoe (acho que também conhece isso) se em algum momento pareci grosso, rs... Tudo de bom na sua vida 0/

      Excluir
  101. Olá, boa noite!

    A algum tempo tenho freguentado esse blog como intenção de encontrar esperança e força pra caminha. Pela primeira vez tenho a coragem de confessar algo aqui. Tenho tendencias homossexuais a mais de 15 anos e não consigo me livrar dela. Tive um encontro com o Senhor a mais de 15 anos muita coisa não mudou. Sirvo no ministério de louvor, vejo o tempo passar, meus amigos namorar, casar, seguir a vida e eu parece que estou estaguinado. Reconheço que outras areas da vida até cresci um pouco mas na afetiva... Tenho muitas quedas. Passa um mes e meio e tenho quedas terriveis na masturbação e na pornografia gay. Me sinto um lixo e um posso de tristeza. Como posso trair o meu Jesus? Nunca tive relações sexuais com outro homem, mas acreditei num dado momento que não tinha mais jeito e que ia curtir esse prazer, acho que foi isso... Tô cansado da luta, das cobranças, da indecisão... as vezes me sinto desesperado... sem fé... sem vida.... sem sonhos... sem vontade de trabalhar... só com vontade de dormir... mas Deus tem vindo ao meu encontro e me reanimado com seu amor. Tive quedas terriveis agora em janeiro e fevereiro, mas em março melhorei. Tô partilhado aqui porque não tenho com quem partilhar... só Jesus... mesmo Ele tenho vergonha de falar certas coisas. Sei que só Deus pode mudar minha sorte, mas vim aqui pedir ajuda, uma orientação pratica de como posso tentar trilhar um caminho de superação, para que no futuro eu possa dizer: "fiz o que estava ao meu alcance Senhor, agora tudo está em tuas mãos e seja feita tua vontade na minha vida". Só peço a Ele que me dê um coração manso para aceitar Sua vontade.
    Obrigado pela atenção e Deus abençoe a todos.

    ResponderExcluir
  102. A pessoa consegue mesmo sair da homossexualidade?virar homem?mudar um sentimento que sempre teve?passar a gostar somente do sexo oposto?eu por exemplo tenho 27 anos e me relaciono com o mesmo sexo desde 6 anos de idade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim! Caso contrário esse blog não existiria. Eu fui mais precoce que você, comecei aos 5. Leia minha caminhada na guia O Ex-Gay. Qualquer dúvida podemos conversar por e-mail. Obrigado pela visita. ✋

      Excluir
  103. Eu sou um jovem solteiro, tenho 26 anos. Conheço a Cristo desde os meus 12 anos, e a partir dos 13 comecei a sentir atração por pessoas do mesmo sexo. E nesta idade, comecei a me masturbar muito, o que sempre foi um problema para mim. Me masturbei compulsivamente por muito tempo, mas até então não havia cedido a prática homossexual.
    Aos 15 anos, durante um período de férias, eu dormi na mesma cama do meu primo, e a noite, quando ele estava dormindo, eu o penetrei. Me senti um lixo após isso, mas demorei muito tempo para confessar este pecado.
    Depois disso, lutei muito contra todas as fantasias sexuais com meus amigos, colegas, com homens mais velhos, mais novos, enfim, onde eu ia o meu pensamento era perturbado com estas fantasias. E sempre tive um conhecimento muito grande do evangelho, da Palavra, cheguei a pregar e exercer posições ministeriais importantes. Aos 17, comecei a ter problemas com a compulsão pela Pornografia. Isso me consumiu por muito tempo, e ainda tenho problemas com isso. Confessei meu problema a pastores e líderes, mas sempre parcialmente, nunca totalmente, porque sentia muita vergonha de ter atração por pessoas do mesmo sexo e não sabia como iria falar isso para alguém que me conhece profundamente. Dos 16 para os 17, fui dormir na casa de um amigo, e ele no meio da noite me tocou. Não chegamos a consumar o ato, mas aquilo que aconteceu ficou marcado na minha memória.
    Depois disso, fui escravo da pornografia. O máximo de tempo que consegui ficar afastado da prática foi 115 dias. Mesmo confessando, pedindo perdão, me reconciliando, eu voltava a cair, voltava a praticar o que eu não queria praticar.
    Eu confessei o que eu fiz totalmente apenas em agosto de 2015, daí foi completo, não falei apenas sobre a atração homossexual que eu sentia, falei de tudo, falei da experiência com o meu primo, com este amigo da escola, dos sites que eu visitava, de tudo, fui totalmente sincero.
    E foi muito bom isso. Mas ainda lutava, caindo, mas cada vez menos, e me levantando cada vez mais rápido. Até que, após uma série de frustrações e me sentindo decepcionado com Deus, decidi no penúltimo dia de 2016 me entregar a prática homossexual. Usei para isso aplicativos de encontros gays, que permitem o anonimato e sair com diversos homens, que eu jamais imaginava serem homossexuais.
    E estou nisso até o dia de hoje. Houve ocasiões que eu transei com dois caras diferentes no mesmo dia e em diferentes horários. Eu agia como um cafajeste, chegava a ter 3 a 4 relações sexuais com homens durante a semana. Mas depois de realizar minhas fantasias sexuais, a única coisa que sobrava era a culpa, o medo de ser descoberto, de ter contraído alguma DST, e o rompimento com a presença de Deus, que é o mais importante.
    E hoje foi a gota d'água. Saí com um cara que é muito atraente, e durante o ato, na casa dele, fomos surpreendidos por um rapaz que entrou na casa e disse estar envolvido com este rapaz. Quase fui pra agressão física contra este rapaz que agiu com um ciume possessivo. E depois de sair de lá, eu pensei no quão longe eu havia chegado por causa do desejo homossexual e da minha compulsão em sair e conquistar os homens das minhas fantasias eróticas.
    Decidi excluir todas as contas de aplicativos e sites de encontros que eu tinha. Removi tudo do meu celular e do meu computador. E encontrei este site no desespero de achar um espaço onde pudesse atirar este fardo.
    Sei que não estou liberto só porque excluí as contas. Isso foi apenas o minimo que eu precisava fazer caso quisesse ser liberto. Mas preciso de orações. De apoio de pessoas que sabem o que é este desejo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela confiança anônimo! De todo seu texto a parte mais intensa relatada por você é essa aqui: "o rompimento com a presença de Deus, que é o mais importante". Não tem jeito né! Ao soltar a mão dEle, ao optar em não confiar nEle, só resta lama. Só resta morte! Sabe... o mais importante é você saber quem é Ele e isso você já sabe! Todas essas experiências ai servem apenas para você escolher se quer permanecer nelas [ sem sentido, passageiras, dolorosas e vazias ] ou Ele. Todas estas exclusões vc sabe que vão durar pouco tempo se você não voltar a se EXPOR ao poder curador e transformador dEle. A espera até ser moldado por completo é chatinha [ mas pelo menos não nos corrói como esse desejo ]. É bemm suave lidar com Deus comparando com o fel que é viver semanalmente assim como você relatou. É bem amargo lidar com tudo isso ai. Onde você acreditar que há Deus, se exponha! Não são homens que vão te suprir. O vazio de Deus é tão grande que parece que você se tornou um buraco negro que suga homens para dentro dele. Já aconteceu comigo! Mas... fica com DEUS vai 👆 Não tem outra. Siga a lógica! Boa sorte nesta jornada e qualquer coisa sempre por e-mail.

      Excluir
    2. Estou na mesma situação que você amigo, tomara que conseguimos sair dessa.
      Oro por você.

      Excluir
  104. Sou jovem, tenho 23 anos e desde pequeno sinto atrações por homens, mas sentia também por mulheres.
    Aos 12 comecei a ficar com meninas e eu gostava, nada era forçado, havia ereção e tudo, com 16 anos comecei a namorar firme com uma mulher mais velha, que tinha 18 anos, nos gostávamos muito, porém na hora H sempre falhava. Tentei ter relações com outras mulheres e também ocorreu a mesma coisa. Fiquei com isso guardado a muito tempo, e a minha atração por homens desde então sempre veio sendo maiores.
    O detalhe é que a minha atração sempre foram homens mais velhos (30 anos mais velhos), com os ocorridos anteriormente tive medo de ter mais qualquer relação heterossexual, e tive algumas relações homossexuais escondidas, com homens maduros e discretos, mas sempre na amizade sem envolver qualquer sentimento, sempre que acabava nao tinha mais nenhuma intimidade e ia para casa, isso nunca me completou.
    Minha vontade nunca foi de querer ser homossexual, sinto somente atração física. Meu desejo é ter uma relação hetero, sadia, eu gosto disso e me vejo assim, o problema foi que a minha atração por mulheres diminuiu e hoje tenho problemas com isso. A pouco tempo conheci uma mulher, ainda não consegui ter relação com ela por causa disso, nós conversamos muito, gosto dela, sinto isso dela também, porém essa vontade vem me judiando e não sei mais como prosseguir, minhas ações iniciais foram apagar tudo que eu tinha no celular de aplicativos, parar com as pornografias homo, isso já me ajudou a diminuir minha vontade de ter relações homo, agora falta crescer minha vontade de ter relações heteras.
    Oro muito por isso acontecer, sinto que a minha vontade e meu destino é continuar com essa mulher, porém está sendo difícil. Nunca consegui conversar isso com ninguem, buscando uma solução acabei encontrando esse site que parece ter ótimos conteúdos.

    ResponderExcluir
  105. Socorro! Tenho 35 anos e desde os 5 tenho esses desejos homossexuais, pelo que me lembro nunca fui abusado. Não consigo controlar. Já passei por igrejas evangélicas, até me batizei e não consigo a libertação. Estou perdendo as esperanças, não tenho forças para orar e nem ânimo, to com medo de entrar em depressão, pois sou másculo e nunca assumi esta condição para ninguém. Meu sonho ter esposa e filhos. Estou com pensamentos suicidas. Por favor me ajudem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E há quem vá dizer que um homem de 35 anos, entendido, está sendo influenciado. E há quem vá dizer que um cara de 35 anos que SONHA em casar com uma pessoa do sexo oposto está sendo pressionado pela sociedade. É fácil botar a culpa em alguém, mas esta mesma facilidade não existe para compreender um pedido de socorro né! Mais fácil ainda quando este pedido de socorro bate de frente com interesses próprios. Eu espero poder te ajudar com palavras, torcendo por seu sonho ser realizado, e que você possa conseguir a ajuda necessária. Podemos trocar ideia por e-mail leitor. O desabafo foi minha reflexão no momento que me angustiei por sua dor. Obrigado por comentar.

      Excluir
  106. Olá, sou seminarista tenho 27 anos e namoro uma moça linda. Desde muito cedo tenho atração por garotos, na adolecencia fiz de tudo com colegas homens e quase tudo com garotas, aos 16 entrei na igreja e mesmo depois de ter entrado na igreja no começo ainda fiz coisas com os mesmo rapazes... o tempo passou deixei de viver a prática. Mas os desejos nunca cessaram. Tenho plena convicção do ensino bíblico mas tenho enormes desejos e impulsos. passei dez anos guardando isso em segredo. Ano passado confessei a um grande amigo do seminário afim de que me ajude pois eu ja estava sofrendo de ansiedade e depressão por esconder esse meu desejo. Hoje me sinto apaixonado por esse amigo que é casado e que tem me aconselhado. Não se trata de apenas um desejo físico, sinto que há amor, sentimento eu o amo mesmo mas de um jeito pecaminoso por favor me ajudem.
    mauricio.junior896@gmail.com

    ResponderExcluir
  107. É bom encontrar esse espaço para desabafar. Estou vivendo desde outubro do ano passado dos piores dias da minha vida. Minha esposa me largou e não quer mais saber de mim. Nosso relacionamento se tornou frio e depois de dezoito anos de relacionamento ela se foi e depois arrumou outro homem. Desde o namoro ela sabia de minhas tendências homossexuais. Porém assegurei a ela que nunca iria abraçar esse lado meu. Na verdade quando eu vi que podia fazer sexo com ela eu pensei que estava sendo curado por Deus. Mas os desencontros vieram e eu sempre estive envolvido com pornografia homossexual via Internet e masturbação. Passei a sentir que transar com minha esposa não me satisfazia e depois do sexo com ela eu ia me masturbar vendo videos com homens fazendo sexo. Esso é uma compulsão. É como uma droga. Tenho procurado terapia com psicoterapeuta mas isso só me mostra como a homossexualidade se desenvolveu e não como desconstruir essa compulsão. Vejo que também o pastor da minha igreja não tem muita experiência em tratar com homossexuais. Ele me disse que eu iria viver com essa luta por todo o resto de minha vida. Eu não creio que Deus vá me condenar a viver com isso para sempre! Tem que haver um modo de ser completamente liberto!

    ResponderExcluir


Postagens populares

Contador de Visitas

VISITE TAMBÉM: