sábado, 27 de abril de 2013

APRENDA A SER --> H.O.M.E.M


Ao assistir este programa eu parei para pensar no quão complexo é nossa sexualidade. Apesar de já nascermos com ela definida, também nascemos com o cérebro - órgão que vai ter que ser ensinado da forma correta para estar sempre em sintonia com todo o corpo, e é aonde as coisas começam a complicar. 

Eu penso que se fizerem uma estatística chegariam a conclusão de que nunca houve tantos homossexuais, bissexuais, etc., como em nossa geração. Por que eu penso isso? Porque vejo que a maioria das pessoas com problemas nas suas identidades sexuais foram frutos de relacionamentos irresponsáveis, frustrantes - pais separados, pais que traíram, pais ausentes, pais que transam na frente dos filhos, e não só pais, qualquer adolescente ou adulto que conviva com uma criança em formação que apresente a esse pequeno ser situações desse tipo. 

Situações como essas se tornaram rotineiras em nosso tempo, deixando para trás a tradicionalidade de casamentos duradouros, famílias unidas e crianças crescendo de forma saudável, ou seja, sem funk, sem novelas pornográficas, sem o conteúdo sexual massante que é produzido em nossos dias. 

Nesse programa eu ouvi uma grande verdade que diz que nós enquanto crianças, até os nossos 10 anos de idade não ligamos para nossa sexualidade, se somos meninos ou meninas, apenas queremos saber de brincar e ser felizes, é normal até ouvir crianças dizerem que nunca vão se casar ou ter filhos (porque o comum é elas não pensarem nisso). 

O comum, porém, virou para muitos "breguice". Hoje, qualquer um de nós sabe que as crianças tomam conhecimento do sexo muito cedo. Em primeira instância pela mídia. Depois na escola.  Agora bombardeadas por músicas pornográficas. O jornalismo evidencia como elas são violentadas, abusadas, com extrema facilidade. Algumas com "pseudo-consentimento". 

Pelo que acompanho nunca se produziu tanto material sexual como atualmente. As pessoas estão mais sexuais, mais "safadas". E tudo isso atinge os menores em maior ou menor grau - pense na confusão que toda essa informação sexual resulta numa mente em formação.

As pessoas nascem homens ou mulheres - predestinadas a viverem com os corpos que ganharam. Mas a mente, essa sim, é a que vai dizer qual é o comando do restante do corpo. 

Os ativistas gays podem dizer o que bem entenderem, podem alienar quem conseguirem, podem levantar diversas bandeiras, mas as pessoas que ainda desfrutam de um bom raciocínio sabem bem que assim como temos que aprender a ser homens e mulheres, se aprende também a ser gay, bi, trans, mesmo que de forma involuntária (como é a grande parte dos casos).

Os vídeos a seguir, só deixam um bom recado aos futuros pais: sejam responsáveis, sejam adultos de verdade, ser pai e ser mãe significa delegar aos filhos seus papéis como homens e mulheres - os únicos sexos que existem – o resto é pirataria. Se sair do padrão natural, a culpa não é de Deus, e sim dos próprios pais. 




5 comentários :

  1. Vale a pena ler e se possível repostar ;)

    http://www.closetfull.com.br/2013/01/como-lidar-com-atracoes-pelo-mesmo-sexo.html

    ResponderExcluir
  2. Oi irmão, beleza!! Não consegui comentar na pagina do seu testemunho e vou comentar aqui. Gostei muito do seu testemunho. Você foi muito ousado em abrir seu coração e sua vida daquela forma. Você passou um verdadeiro turbilhão de emoções não é? O que muitos levam um tempo pra passar, você passou de uma vez em pouco tempo. O seu testemunho é a prova de que Deus é o Deus do impossível!! Li seu testemunho ouvindo essa canção, eita Jesus..rss http://www.youtube.com/watch?v=h7EfVZ0m_h0 Bom, vou indicar sua pagina e seu testemunho na pagina do face ok. Me adiciona ou me manda seu e-mail pra conversarmos mais ok. O meu é tehilah2010@hotmail.com. Fica na paz, abraços, Shalom!!

    ResponderExcluir
  3. Oi irmã! Poxa, imensamente feliz por ter escrito para mim. A música é pura unção viu, muito obrigado. Me ajude mesmo a divulgar o blog, fora da internet o bicho pega, e falta tempo, rs. Tenho uma página no face, só digitar "ex-gays" em procurar. Não some, quando ver alguma coisa relacionada com o blog entre em contato, uso sempre o e-mail oexgay@gmail.com. Graça e paz.

    ResponderExcluir
  4. Poxa amo esse site, vou recomendá-lo ao meu pastor. Estávamos conversando sobre a homossexualidade nesse fim de semana e como nós, a igreja de Cristo devemos evangelizar essas pessoas, qual melhor forma? Será que a igreja está preparada para recebê-los? Qual a melhor forma de prevenir as crianças de hoje a não cair no pecado sexual? Esses e outros temas precisam continuar a ser exposto e discutido em nossas igrejas. Desejo que você continue espalhando que Cristo é o único que pode nos libertar do pecado.
    Você conhece o Eduardo Rocha? Mando o link: http://www.youtube.com/watch?v=1o7XB73haiw
    Deus nos guarde desse mundo tão cruel!
    Ju Dias
    Paz

    ResponderExcluir
  5. Oi Ju Dias! Obrigado pelo comentário! Para que os homossexuais conheçam Jesus como ele é, as pessoas que estão na igreja, a grande maioria, precisam se libertar do espírito de religiosidade. Paz!

    ResponderExcluir


Postagens populares

Contador de Visitas

VISITE TAMBÉM: